fbpx
6.4 C
Tomar

Duarte Marques: “Vou deixar de ser deputado, mas continuar ligado às causas que sempre defendi”

Relacionadas

Turismo Náutico é âncora para o desenvolvimento dos territórios do interior

O Turismo Náutico é uma âncora para o desenvolvimento dos territórios de interior e um atrativo para a fixação da população jovem na...

Fernando Daniel na Festa dos Tabuleiros

Depois de “Os Quatro e Meia” e de Bárbara Bandeira, a Comissão da Festa dos Tabuleiros anunciou mais um artista que...

Ferreira do Zêzere vai a Lisboa promover o concelho

A Casa Regional e o Município de Ferreira do Zêzere assumiram o compromisso conjunto de dinamizar um...

Concelhia do PS promove almoço de ano novo depois de dois anos de interregno devido à pandemia

A Concelhia de Tomar do PS promoveu, no passado dia 28 de janeiro, o seu habitual almoço...

Exposição de aluna da Escola Profissional de Tomar patente no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha

Foi inaugurada, no passado dia 1 de fevereiro, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, a...

Duarte Marques, 40 anos, duas filhas, natural de Mação, foi deputado do PSD pelo distrito de Santarém na Assembleia da República durante dois mandatos e meio, ou seja, nos últimos 10 anos. Nesta entrevista fazemos um balanço da sua atividade no momento em que deixa de exercer funções, uma vez que não integra a próxima lista de candidatos pelo PSD às legislativas. O futuro passa por abraçar o setor privado.

Jornal Cidade de Tomar – Quando é que a política entrou na sua vida?
Duarte Marques –
Estou na política desde que nasci, porque o meu pai era dirigente do PSD em Mação. Sempre andei nas campanhas desde muito pequeno. Por isso digo, deixarei agora de ser deputado, mas irei sempre andar nas campanhas, ter sido deputado é que é uma coisa anormal no percurso de um militante do PSD. Fui para o PSD por “clubismo” e família, mas depois, quando comecei a pensar pela minha própria cabeça, senti-me bem onde estava e revejo-me na ideologia do PSD.

Vai deixar de ser deputado na Assembleia da República. Que balanço faz destes 10 anos a representar o distrito?

Quem gosta de fazer política e tem um dever de missão, não há coisa mais nobre do que ser deputado, pois estamos a representar as pessoas. Quase que posso dizer que eu pagaria para fazer isso, mas se ainda por cima me pagam…. Por isso é que eu digo, vou deixar de ser deputado, mas vou continuar ligado às causas que sempre defendi, procurando resolver os problemas das pessoas… faço um balanço muito gratificante. Não há melhor pagamento para o esforço de uma pessoa do que sentir que alguém melhorou a sua qualidade de vida por causa do nosso trabalho.

É gratificante ver os resultados…

Sim, por exemplo, hoje ver o Tejo mais limpo. Sempre adorei ver o rio Tejo, mas agora vou com um sorriso nos lábios, porque eu sei que foi graças ao meu esforço e ao de outras pessoas, que a situação melhorou. E, nesta minha saída, há muita gente que tem pena, lamenta, mas que agradece o meu trabalho e isso é muito gratificante. (…)

Uma entrevista para ler na íntegra na edição impressa de 28 de janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Turismo Náutico é âncora para o desenvolvimento dos territórios do interior

O Turismo Náutico é uma âncora para o desenvolvimento dos territórios de interior e um atrativo para a fixação da população jovem na...

Fernando Daniel na Festa dos Tabuleiros

Depois de “Os Quatro e Meia” e de Bárbara Bandeira, a Comissão da Festa dos Tabuleiros anunciou mais um artista que...

Ferreira do Zêzere vai a Lisboa promover o concelho

A Casa Regional e o Município de Ferreira do Zêzere assumiram o compromisso conjunto de dinamizar um dia deste concelho na capital...

Concelhia do PS promove almoço de ano novo depois de dois anos de interregno devido à pandemia

A Concelhia de Tomar do PS promoveu, no passado dia 28 de janeiro, o seu habitual almoço de ano novo, regressando assim...

Exposição de aluna da Escola Profissional de Tomar patente no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha

Foi inaugurada, no passado dia 1 de fevereiro, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, a exposição de ilustrações “Animais do...

Ministra Ana Mendes Godinho: “A Pedreira está a fazer história para o país”

A Pedreira recebeu, esta tarde, a Ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, que presidiu à assinatura do contrato de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -