fbpx
15.2 C
Tomar

Tomar recorda com exposição travessia aérea épica do Atlântico Sul

Relacionadas

Tomar Game Festival traz o mundo dos videojogos a Tomar

O Complexo Cultural da Levada vai ser palco, entre 27 e 29 de janeiro, do Tomar Game...

TomarIniciativas anuncia programa do Carnaval 2023

A TomarIniciativas já divulgou o programa do Carnaval 2023 em Tomar, evento que decorre entre 17 e...

Câmara perde vários recursos no processo judicial que envolve o edifício do antigo SMAS

Questionada pelo vereador Tiago Carrão (PSD), na reunião de câmara, na segunda feira, sobre a possibilidade de...

Torres Novas: dois detidos por caça em área de proteção

O Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo da Proteção Ambiental (NPA) de Torres Novas, deteve, no...

Nova Nut2 da Lezíria do Tejo, Médio Tejo e Oeste aprovada em Bruxelas

A Comissão Europeia aprovou a constituição de uma nova NUT2 que vai unir Médio Tejo, Lezíria do Tejo...

Foi inaugurada, na quinta feira, na Biblioteca Municipal de Tomar, onde vai estar patente até dia 27 de março, a exposição itinerante “1.ª Travessia Aérea do Atlântico Sul”, que celebra o centenário da viagem de Gago Coutinho e Sacadura Cabral entre Portugal e o Brasil.

A inauguração contou com a presença dos diretores do Museu da Marinha, comodoro José António Favinha, e do Museu do Ar, coronel Carlos Raposo, representantes das entidades responsáveis pela criação desta exposição e que fizeram uma visita guiada à mesma. A câmara municipal esteve representada pelo vereador Hélder Henriques, qua salientou a importância deste acontecimento histórico e de o relembrar às novas gerações. A Assembleia Municipal fez-se também representar pelo seu presidente, Hugo Costa, além da presença de vários outros autarcas do concelho.

Na ocasião esteve também presente um grupo de alunos da Escola Básica Templários, que se mostraram muito curiosos em relação a esta aventura, a primeira vez que o oceano Atlântico foi atravessado apenas com recurso a sistemas de navegação próprios, uma vez que o feito norte-americano a norte, algum tempo antes, contara com o apoio de meia centena de navios para se guiar. Para que tal fosse possível, uma vez que no meio do mar não havia pontos de referência para se guiarem, foi determinante a utilização do sextante com um horizonte artificial, criado pelo almirante Gago Coutinho, e do corretor de rumos, que desenvolveu em colaboração com o comandante Sacadura Cabral.

Uma exposição a não perder até ao final da próxima semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Tomar Game Festival traz o mundo dos videojogos a Tomar

O Complexo Cultural da Levada vai ser palco, entre 27 e 29 de janeiro, do Tomar Game...

TomarIniciativas anuncia programa do Carnaval 2023

A TomarIniciativas já divulgou o programa do Carnaval 2023 em Tomar, evento que decorre entre 17 e...

Câmara perde vários recursos no processo judicial que envolve o edifício do antigo SMAS

Questionada pelo vereador Tiago Carrão (PSD), na reunião de câmara, na segunda feira, sobre a possibilidade de desistir do processo judicial que...

Torres Novas: dois detidos por caça em área de proteção

O Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo da Proteção Ambiental (NPA) de Torres Novas, deteve, no dia 22 de janeiro, dois...

Nova Nut2 da Lezíria do Tejo, Médio Tejo e Oeste aprovada em Bruxelas

A Comissão Europeia aprovou a constituição de uma nova NUT2 que vai unir Médio Tejo, Lezíria do Tejo e Oeste.

Encontro Nacional LEADER 2023 com lançamento do Plano Nacional da Alimentação equilibrada e sustentável

Teve lugar, entre 10 e 12 de janeiro, em Arouca, o Encontro Nacional LEADER 2023. A iniciativa foi...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -