fbpx
13 C
Tomar

1910 Halley e a República de Tânia dos Santos Martinho

Relacionadas

PJ emite comunicado sobre caso de agressão ocorrido na freguesia de Madalena/Beselga em Tomar

A Polícia Judiciária de Leiria emitiu, na tarde desta quarta-feira, 7 de dezembro, um comunicado relativo à...

PJ e GNR de Tomar procuram fugitivo que atacou mulher com violência

A PJ e GNR de Tomar encontram-se a tentar localizar um homem que, na sequência de uma...

Um livro que foge aos estereótipos para que haja sempre Natal

“O ratinho que encontrou um tesouro e outros contos de Natal” tem textos de Nuno Garcia Lopes,...

IPT promove sessão sobre o Programa Horizonte Europa direcionada a empresas da região

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do Gabinete de Apoio a Atividades de I&D, convidou, no...

Orçamento da Câmara de Tomar cresce para 51,6 milhões

A Câmara de Tomar aprovou na quarta-feira, 30 de novembro, um orçamento de 51,6 milhões de...

Inaugura, no dia 14 de outubro, pelas 18h00, a exposição de ilustrações 1910 Halley e a República, de Tânia dos Santos Martinho, na Galeria Maria de Lourdes de Mello e Castro, na Escola Secundária Jácome Ratton, sede do Agrupamento de Escolas Templários. Esta exposição vai estar patente até dezembro de 2021 e pode ser visitada por todos aqueles que se dirigirem à sede do Agrupamento. A inauguração vai contar com a presença do diretor do Agrupamento de Escolas Templários, Paulo Macedo, da autora, Tânia dos Santos Martinho, representantes do Plano Nacional das Artes e da Câmara Municipal de Tomar e convidados.

No âmbito do Plano Nacional das Artes, o Agrupamento de Escolas Templários inicia um programa ambicioso para o ano letivo de 2021/22 que pretende envolver todas as turmas, professores, pais/encarregados de educação, instituições regionais e nacionais numa série de atividades cujo objetivo é desenvolver a imaginação, criatividade, espírito crítico que vão desde a fruição de manifestações das várias linguagens artísticas, dança, teatro, cinema, música, artes plásticas à criação de espaços onde os alunos possam desenvolver os seus projetos e encontrar a sua voz.

A ilustradora Tânia dos Santos Martinho é licenciada em Artes Plásticas – Pintura, pelo Instituto Politécnico de Tomar, está a terminar uma Pós-graduação em Património Cultural Imaterial, na Universidade Lusófona e iniciou o mestrado em Ciências da Educação. A viver em Tomar há 20 anos, trabalha como animadora sociocultural na Junta de Freguesia de São João Baptista e Santa Maria dos Olivais. Ilustrou, em 2016, o livro Aqui e Agora, a descoberta de Kiko, de Cláudia Fidalgo e Maria João Branco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

PJ emite comunicado sobre caso de agressão ocorrido na freguesia de Madalena/Beselga em Tomar

A Polícia Judiciária de Leiria emitiu, na tarde desta quarta-feira, 7 de dezembro, um comunicado relativo à...

PJ e GNR de Tomar procuram fugitivo que atacou mulher com violência

A PJ e GNR de Tomar encontram-se a tentar localizar um homem que, na sequência de uma...

Um livro que foge aos estereótipos para que haja sempre Natal

“O ratinho que encontrou um tesouro e outros contos de Natal” tem textos de Nuno Garcia Lopes, ilustrações de Daniela Homem e...

IPT promove sessão sobre o Programa Horizonte Europa direcionada a empresas da região

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do Gabinete de Apoio a Atividades de I&D, convidou, no dia 5 de dezembro, as...

Orçamento da Câmara de Tomar cresce para 51,6 milhões

A Câmara de Tomar aprovou na quarta-feira, 30 de novembro, um orçamento de 51,6 milhões de euros para 2023, “bastante acima...

Lar da Serra cria centro de fisioterapia para servir população

O Centro Social Paroquial Lar Nossa Senhora da Purificação, na Serra, está a divulgar o seu mais recente projeto, um centro de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -