fbpx
20.3 C
Tomar

1910 Halley e a República de Tânia dos Santos Martinho

Relacionadas

Livro de João Peixoto celebra devidamente centenário da Casa Vieira Guimarães e memória do seu patrono

Com o lançamento de um livro alusivo ao tema, comemorou-se, no dia 13 de agosto, o centenário...

Intervenção de conservação e restauro limita o acesso à Janela Manuelina

No âmbito da intervenção de conservação e restauro da Janela Manuelina e das fachadas da Igreja, que...

Festa em Honra da Padroeira Nossa Senhora do Leite com procissão assinala Feriado da Assunção

Com a presença do Bispo de Santarém, D. José Traquina, a Paróquia de Tomar (São João Batista...

Portela da Vila homenageia padre Mário Duarte

Na próxima sexta feira, dia 19 de agosto, pelas 19h00, na eucaristia presidida pelo Bispo da Diocese de...

Ceyceyra Medieval está de regresso nos dias 1 e 2 de outubro e tem inscrições abertas

Os dias 1 e 2 de outubro vão marcar o regresso à aldeia de Asseiceira, sede de...

Inaugura, no dia 14 de outubro, pelas 18h00, a exposição de ilustrações 1910 Halley e a República, de Tânia dos Santos Martinho, na Galeria Maria de Lourdes de Mello e Castro, na Escola Secundária Jácome Ratton, sede do Agrupamento de Escolas Templários. Esta exposição vai estar patente até dezembro de 2021 e pode ser visitada por todos aqueles que se dirigirem à sede do Agrupamento. A inauguração vai contar com a presença do diretor do Agrupamento de Escolas Templários, Paulo Macedo, da autora, Tânia dos Santos Martinho, representantes do Plano Nacional das Artes e da Câmara Municipal de Tomar e convidados.

No âmbito do Plano Nacional das Artes, o Agrupamento de Escolas Templários inicia um programa ambicioso para o ano letivo de 2021/22 que pretende envolver todas as turmas, professores, pais/encarregados de educação, instituições regionais e nacionais numa série de atividades cujo objetivo é desenvolver a imaginação, criatividade, espírito crítico que vão desde a fruição de manifestações das várias linguagens artísticas, dança, teatro, cinema, música, artes plásticas à criação de espaços onde os alunos possam desenvolver os seus projetos e encontrar a sua voz.

A ilustradora Tânia dos Santos Martinho é licenciada em Artes Plásticas – Pintura, pelo Instituto Politécnico de Tomar, está a terminar uma Pós-graduação em Património Cultural Imaterial, na Universidade Lusófona e iniciou o mestrado em Ciências da Educação. A viver em Tomar há 20 anos, trabalha como animadora sociocultural na Junta de Freguesia de São João Baptista e Santa Maria dos Olivais. Ilustrou, em 2016, o livro Aqui e Agora, a descoberta de Kiko, de Cláudia Fidalgo e Maria João Branco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Livro de João Peixoto celebra devidamente centenário da Casa Vieira Guimarães e memória do seu patrono

Com o lançamento de um livro alusivo ao tema, comemorou-se, no dia 13 de agosto, o centenário...

Intervenção de conservação e restauro limita o acesso à Janela Manuelina

No âmbito da intervenção de conservação e restauro da Janela Manuelina e das fachadas da Igreja, que...

Festa em Honra da Padroeira Nossa Senhora do Leite com procissão assinala Feriado da Assunção

Com a presença do Bispo de Santarém, D. José Traquina, a Paróquia de Tomar (São João Batista e Santa Maria do Olival),...

Portela da Vila homenageia padre Mário Duarte

Na próxima sexta feira, dia 19 de agosto, pelas 19h00, na eucaristia presidida pelo Bispo da Diocese de Santarém, D. José Traquina, será descerrada uma...

Ceyceyra Medieval está de regresso nos dias 1 e 2 de outubro e tem inscrições abertas

Os dias 1 e 2 de outubro vão marcar o regresso à aldeia de Asseiceira, sede de freguesia no concelho de Tomar, daquele...

Grupo de Forcados Amadores de Tomar entrega cachet da última corrida às vítimas dos incêndios

Ontem, na arena da Praça de Toiros de Abiul, durante o intervalo da Corrida de Toiros de domingo, 14 de agosto 2022,...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -