fbpx
21.8 C
Tomar

Aberto procedimento para classificação da Anta 1 do Vale da Lage

Relacionadas

PS apresenta listas à câmara e assembleia municipais para que “Tomar continue no caminho certo”

O Partido Socialista de Tomar apresentou, esta manhã, no auditório do Instituto Politécnico de Tomar, as listas...

Tomar: Miradouro do Baloiço junto à Cadeira d’El Rei

Tomar conta desde hoje com um baloiço panorâmico, no local a partir de agora designado como Miradouro...

Dez anos de Bibliotecando transformados em livro

Foi apresentado, ontem, dia 22 de julho, no auditório da Biblioteca Municipal de Tomar, o livro "Da...

Ginásio Clube de Tomar novamente em dose dupla no mesmo fim de semana!

Estamos em plena época alta nas competições das modalidades gímnicas. Atletas e demais envolvidos já não estavam...

Castelo de Ourém reabre ao público a 27 de julho

O Castelo de Ourém vai abrir novamente as suas portas ao público no dia 27 de julho,...

Foi publicado no Diário da República, 2.ª Série, n.º 137 de 16 de julho de 2021, o Anúncio n.º 157/2021 de 18 de junho de 2021, referente a abertura do procedimento de classificação da Anta 1 do Vale da Laje, em Vale da Lage, União das Freguesias da Serra e Junceira, concelho de Tomar.

O anúncio da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), que decorre de uma proposta do Departamento dos Bens Culturais, surge após conflitos em 2019 e 2020 com a população local e após manifestações de preocupação devido à construção de um empreendimento turístico nas imediações e do risco de o monumento vir a ser afetado pelos trabalhos em curso.

Um grupo informal de cidadãos, o Grupo de Amigos da Anta do Vale da Lage, que tinha entre os seus membros uma das arqueólogas que participaram nas intervenções arqueológicas realizadas no monumento, insurgiu-se, na altura, contra a falta de intervenção das entidades responsáveis no sentido da classificação e salvaguarda da anta, questionando o facto de não estar, pelo menos, em vias de classificação.

Na data, a câmara alegou que o empreendimento foi licenciado “nos termos da lei e que foram seguidas as recomendações da DGPC para acautelar a salvaguarda do monumento, nomeadamente com a realização de fiscalização regular”.

Recorde-se que a anta remonta a um período entre 6.000 e 7.500 anos e está inventariada como sítio arqueológico na base de dados Endovélico, sob a designação “Casalinho 1/Vale da Laje 1”, tendo sido alvo de quatro campanhas de investigação e escavação entre 1989 e 1992, que culminaram com a vedação para proteção do seu núcleo integral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

PS apresenta listas à câmara e assembleia municipais para que “Tomar continue no caminho certo”

O Partido Socialista de Tomar apresentou, esta manhã, no auditório do Instituto Politécnico de Tomar, as listas...

Tomar: Miradouro do Baloiço junto à Cadeira d’El Rei

Tomar conta desde hoje com um baloiço panorâmico, no local a partir de agora designado como Miradouro...

Dez anos de Bibliotecando transformados em livro

Foi apresentado, ontem, dia 22 de julho, no auditório da Biblioteca Municipal de Tomar, o livro "Da construção de uma viagem partilhada...

Ginásio Clube de Tomar novamente em dose dupla no mesmo fim de semana!

Estamos em plena época alta nas competições das modalidades gímnicas. Atletas e demais envolvidos já não estavam habituados a este ritmo tão...

Castelo de Ourém reabre ao público a 27 de julho

O Castelo de Ourém vai abrir novamente as suas portas ao público no dia 27 de julho, após um investimento superior a...

Tomar prolonga oferta de vouchers até 40 € a quem use unidades hoteleiras do concelho até final de setembro

Campanha Tomar Check in é mais uma medida do município para apoiar a economia local afetada pela pandemia, envolvendo unidades hoteleiras, mas...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -