fbpx
17.6 C
Tomar

Aberto procedimento para classificação da Anta 1 do Vale da Lage

Relacionadas

Novo PDM já entrou em vigor

Foi publicado, na segunda feira, dia 24 de janeiro, no Diário da República, o Plano Diretor Municipal...

Duarte Marques: “Vou deixar de ser deputado, mas continuar ligado às causas que sempre defendi”

Duarte Marques, 40 anos, duas filhas, natural de Mação, foi deputado do PSD pelo distrito de Santarém...

Luísa Henriques: “A minha maneira de estar na vida é tentar ajudar o próximo através do diálogo”

Luísa Henriques é a nova presidente de junta da Freguesia de Madalena/Beselga, tarefa que não lhe é...

Governo atribui medalha aos Bombeiros de Tomar no 100.º aniversário

O Governo vai condecorar os Bombeiros do Município de Tomar com a Medalha de Mérito de Proteção...

Câmara entregou medalhas aos homenageados do 1 de Março de 2021

Os homenageados do 1 de Março de 2021 foram recebidos, no Salão Nobre dos Paços do Concelho,...

Foi publicado no Diário da República, 2.ª Série, n.º 137 de 16 de julho de 2021, o Anúncio n.º 157/2021 de 18 de junho de 2021, referente a abertura do procedimento de classificação da Anta 1 do Vale da Laje, em Vale da Lage, União das Freguesias da Serra e Junceira, concelho de Tomar.

O anúncio da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), que decorre de uma proposta do Departamento dos Bens Culturais, surge após conflitos em 2019 e 2020 com a população local e após manifestações de preocupação devido à construção de um empreendimento turístico nas imediações e do risco de o monumento vir a ser afetado pelos trabalhos em curso.

Um grupo informal de cidadãos, o Grupo de Amigos da Anta do Vale da Lage, que tinha entre os seus membros uma das arqueólogas que participaram nas intervenções arqueológicas realizadas no monumento, insurgiu-se, na altura, contra a falta de intervenção das entidades responsáveis no sentido da classificação e salvaguarda da anta, questionando o facto de não estar, pelo menos, em vias de classificação.

Na data, a câmara alegou que o empreendimento foi licenciado “nos termos da lei e que foram seguidas as recomendações da DGPC para acautelar a salvaguarda do monumento, nomeadamente com a realização de fiscalização regular”.

Recorde-se que a anta remonta a um período entre 6.000 e 7.500 anos e está inventariada como sítio arqueológico na base de dados Endovélico, sob a designação “Casalinho 1/Vale da Laje 1”, tendo sido alvo de quatro campanhas de investigação e escavação entre 1989 e 1992, que culminaram com a vedação para proteção do seu núcleo integral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Novo PDM já entrou em vigor

Foi publicado, na segunda feira, dia 24 de janeiro, no Diário da República, o Plano Diretor Municipal...

Duarte Marques: “Vou deixar de ser deputado, mas continuar ligado às causas que sempre defendi”

Duarte Marques, 40 anos, duas filhas, natural de Mação, foi deputado do PSD pelo distrito de Santarém...

Luísa Henriques: “A minha maneira de estar na vida é tentar ajudar o próximo através do diálogo”

Luísa Henriques é a nova presidente de junta da Freguesia de Madalena/Beselga, tarefa que não lhe é desconhecida, pois já exerceu vários...

Governo atribui medalha aos Bombeiros de Tomar no 100.º aniversário

O Governo vai condecorar os Bombeiros do Município de Tomar com a Medalha de Mérito de Proteção e Socorro, grau ouro e...

Câmara entregou medalhas aos homenageados do 1 de Março de 2021

Os homenageados do 1 de Março de 2021 foram recebidos, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, na segunda feira, dia 24...

Praia Fluvial do Alqueidão com requalificação em curso

O Município de Tomar encontra-se a desenvolver os trabalhos de requalificação da Praia Fluvial do Alqueidão, localizada na Albufeira do Castelo do...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -