fbpx
20.3 C
Tomar

Aumento do número de casos de Covid-19 poderá obrigar a reduzir programa da Festa Templária

Relacionadas

Livro de João Peixoto celebra devidamente centenário da Casa Vieira Guimarães e memória do seu patrono

Com o lançamento de um livro alusivo ao tema, comemorou-se, no dia 13 de agosto, o centenário...

Intervenção de conservação e restauro limita o acesso à Janela Manuelina

No âmbito da intervenção de conservação e restauro da Janela Manuelina e das fachadas da Igreja, que...

Festa em Honra da Padroeira Nossa Senhora do Leite com procissão assinala Feriado da Assunção

Com a presença do Bispo de Santarém, D. José Traquina, a Paróquia de Tomar (São João Batista...

Portela da Vila homenageia padre Mário Duarte

Na próxima sexta feira, dia 19 de agosto, pelas 19h00, na eucaristia presidida pelo Bispo da Diocese de...

Ceyceyra Medieval está de regresso nos dias 1 e 2 de outubro e tem inscrições abertas

Os dias 1 e 2 de outubro vão marcar o regresso à aldeia de Asseiceira, sede de...
Ana Isabel Felício
Comecei a trabalhar no Jornal Cidade de Tomar em 1999. Já lá vão uns anitos. Depois de sair da Universidade e de todas as dúvidas e dificuldades que surgem, foi-se construindo um caminho de experiência, com muitas situações, muitas pessoas, muitas aventuras e, claro, muito trabalho. Ao fim de todos estes anos, apesar de todos os percalços que a vida nos vai dando, cá estou, todos os dias a fazer o meu trabalho o melhor que sei, aprendendo com os que me rodeiam e também ensinando alguma coisa.

Apesar do aumento de casos de Covid-19 em Tomar estar associado a um surto num lar na freguesia de Serra/Junceira e, portanto, esses casos estarem confinados num espaço específico, a câmara pondera reduzir o programa da Festa Templária que acontece já este fim de semana, ou seja, cancelar a venda de artesanato que tinha lugar marcado na rua Serpa Pinto (Corredoura).

Segundo a presidente da câmara, Anabela Freitas, na reunião de câmara, na segunda feira, a recriação do cerco ao castelo vai ocorrer num espaço delimitado e com controlo de entradas, assim como o acampamento templário, no Mouchão, mas na venda de artesanato na Corredoura não há controlo do número de entradas, pelo que terá de ser tomada uma decisão.

Segundo a mesma, “não queremos ver os números a subir, nem queremos que o nosso concelho passe a alerta, o que teria impactos na economia e nas famílias”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Livro de João Peixoto celebra devidamente centenário da Casa Vieira Guimarães e memória do seu patrono

Com o lançamento de um livro alusivo ao tema, comemorou-se, no dia 13 de agosto, o centenário...

Intervenção de conservação e restauro limita o acesso à Janela Manuelina

No âmbito da intervenção de conservação e restauro da Janela Manuelina e das fachadas da Igreja, que...

Festa em Honra da Padroeira Nossa Senhora do Leite com procissão assinala Feriado da Assunção

Com a presença do Bispo de Santarém, D. José Traquina, a Paróquia de Tomar (São João Batista e Santa Maria do Olival),...

Portela da Vila homenageia padre Mário Duarte

Na próxima sexta feira, dia 19 de agosto, pelas 19h00, na eucaristia presidida pelo Bispo da Diocese de Santarém, D. José Traquina, será descerrada uma...

Ceyceyra Medieval está de regresso nos dias 1 e 2 de outubro e tem inscrições abertas

Os dias 1 e 2 de outubro vão marcar o regresso à aldeia de Asseiceira, sede de freguesia no concelho de Tomar, daquele...

Grupo de Forcados Amadores de Tomar entrega cachet da última corrida às vítimas dos incêndios

Ontem, na arena da Praça de Toiros de Abiul, durante o intervalo da Corrida de Toiros de domingo, 14 de agosto 2022,...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -