fbpx
17.7 C
Tomar

Sabacheira: Charca do Vale das Rodas permitirá promover a biodiversidade local e criar um ponto de água

Relacionadas

Centro de Vacinação vai ser desativado e vacinação passa para o 1.º andar do pavilhão municipal

O Centro de Vacinação contra a Covid-19, instalado no Pavilhão Jácome Ratton, em Tomar, está a ser...

Livro de Nuno Garcia Lopes sobre lidar com a perda já está disponível em 2.ª edição

Já está disponível a segunda edição do livro “Os balões que me ensinaram a voar”, com textos...

Autárquicas 2021: Anabela Freitas reeleita presidente da câmara

Autárquicas 2021: Anabela Freitas reeleita presidente da câmara Anabela Freitas foi reeleita presidente da...

Autárquicas 2021: acompanhe a emissão especial da Rádio Cidade de Tomar

O Jornal e Rádio "Cidade de Tomar" vai ter uma equipa de correspondentes na rua, na noite...

Leões de Tomar alcançaram, na Embra, a primeira vitória no campeonato

Primeira vitória em jogos oficiais, esta época! Depois de três derrotas na Elite Cup e de um...

No domingo, dia 13 de junho, teve lugar, na freguesia da Sabacheira, a inauguração simbólica da charca do Vale das Rodas. Esta armazena água das chuvas de inverno para o verão. É uma técnica que poderá e deverá ser extrapolada para toda a área do maciço calcário que ocupa uma vasta extensão desde a Serra de Alvaiázere à Serra de Aire. Tem uma área de 1200 m2 com capacidade de armazenamento 2500 m3 de água de escorrência natural, sem qualquer custo energético.

Este projeto, desenvolvido pela ZIF de Seiça/Sabacheira, na propriedade de José Soares, na freguesia da Sabacheira, em Vale das Rodas, na Quinta D. Álvaro, foi apoiado pelo Fundo Ambiental.

No caso concreto do Vale das Rodas, durante o verão não existe água superficial num raio de mais de dois quilómetros, o que constitui um fator limitante tanto para a biodiversidade faunística como para a questão da defesa contra incêndios que assumem na sua envolvência uma dimensão preocupante dado tratar-se da zona do Ribatejo Norte mais crítica em termos de perigosidade de incêndio.

Assim a construção desta charca, neste contexto territorial, tem associada uma elevada importância estratégica decorrente do seu duplo objetivo de promover a biodiversidade local e de criar um ponto de água que permita nomeadamente o abastecimento de helicópteros para combate a incêndios florestais na freguesia e não só.

Notícia completa na edição impressa de 25 de junho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Centro de Vacinação vai ser desativado e vacinação passa para o 1.º andar do pavilhão municipal

O Centro de Vacinação contra a Covid-19, instalado no Pavilhão Jácome Ratton, em Tomar, está a ser...

Livro de Nuno Garcia Lopes sobre lidar com a perda já está disponível em 2.ª edição

Já está disponível a segunda edição do livro “Os balões que me ensinaram a voar”, com textos...

Autárquicas 2021: Anabela Freitas reeleita presidente da câmara

Autárquicas 2021: Anabela Freitas reeleita presidente da câmara Anabela Freitas foi reeleita presidente da Câmara de Tomar e Hugo...

Autárquicas 2021: acompanhe a emissão especial da Rádio Cidade de Tomar

O Jornal e Rádio "Cidade de Tomar" vai ter uma equipa de correspondentes na rua, na noite deste domingo, 26 de setembro,...

Leões de Tomar alcançaram, na Embra, a primeira vitória no campeonato

Primeira vitória em jogos oficiais, esta época! Depois de três derrotas na Elite Cup e de um empate caseiro (3-3), diante do...

U. Tomar manteve registo vitorioso com triunfo suado em Glória do Ribatejo

Sofrida… mas inteiramente merecida! Mais uma vitória tangencial (1-2), desta vez na visita a Glória do Ribatejo, permitiu ao U. Tomar manter...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -