fbpx
17.5 C
Tomar

IPT cria e oferece viseiras de proteção a profissionais de saúde e instituições

Relacionadas

U. Tomar sentiu dificuldades diante dos abrantinos… mas acabou por se impor devido à melhor condição física!

Ainda a digerir a eliminação da Taça de Portugal, em Pombal (no desempate por grandes penalidades), o...

Leões mostraram ambição e qualidade… e trouxeram um ponto de Oliveira de Azeméis!

Os leões de Tomar deram luta no recinto da Oliveirense… e entraram no principal campeonato de hóquei...

Convento de Cristo mostra antigos sistemas de captação e armazenamento de água (c/vídeo)

Decorrem, hoje, dia 23 de setembro, visitas guiadas gratuitas, ao Convento de Cristo, através das quais são...

Edifício do IPT na av. Cândido Madureira será uma Residência para Estudantes

No âmbito do Plano Social para o Alojamento no Ensino Superior, o Politécnico de Tomar (IPT) assinou,...

Comissão Social da União de Freguesia de Casais/Alviobeira organiza 5.ª caminhada solidária 

Com saída da Venda Nova, junto do Centro de Dia, pelas 9h30, do...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do seu laboratório VITA.ipt, está a produzir viseiras de proteção, através de impressão 3D, para serem oferecidas aos hospitais da nossa região e outros que delas precisem. O Jornal “Cidade de Tomar” falou com o Eng. Pedro Neves (LEE-Lab.ipt), para ficar a conhecer mais sobre este projeto solidário em tempos de pandemia.

Elsa Ribeiro Gonçalves

1 – Em que consiste o projeto APT3D e como surge o IPT ligado ao mesmo?
Pedro Neves – Quando começaram a surgir os primeiros casos de Covid-19 e foi noticiada a falta de equipamento de proteção individual (EPI) para os profissionais de saúde, incluindo viseiras de proteção, iniciei a pesquisa de uma forma de as produzir usando as impressoras 3D que o Instituto Politécnico
de Tomar (IPT) possui nos seus laboratórios, nomeadamente no laboratório VITA.IPT. Nessas pesquisas surgiu com algum destaque o projeto APT3D, que consistia numa rede nacional de voluntários das mais diversas áreas do conhecimento, que se juntaram com o objetivo de partilhar com os seus conhecimentos relacionados com a impressão 3D de viseiras.
Decidi então juntar-me a esta rede de voluntários, tendo a ideia sido imediatamente bem acolhida e apoiada pela Presidência do Instituto Politécnico de Tomar. Deste modo, o IPT conseguiu uma forma de integrar a sua produção de viseiras numa estrutura de nível nacional ajudando a dar resposta aos muitos dos pedidos que iam surgindo de todo o país à APT3D. De momento a APT3D, que surgiu de um movimento de voluntários, já se encontra instituída como associação sem fins lucrativos para futuramente continuar a abraçar novas causas em que a impressão 3D possa ser um aliado.

2 – Quais os objetivos gerais do projeto e o que os motivou a aderir ao mesmo como voluntários?
A iniciativa APT3D surgiu no âmbito da iniciativa global “ProjectOpenAir”, de desenvolvimento de equipamentos de auxílio às equipas médicas da linha da frente no combate ao Covid-19, após se constatar a enorme falta de EPI’s. Para além das viseiras a rede da APT3D está de momento também a produzir pentes de suporte de máscaras, estando já à procura de outros equipamentos que sejam necessários e em que exista falta no mercado e possam ser impressos em 3D.

  • Leia a entrevista completa na edição que vai amanhã para as bancas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

U. Tomar sentiu dificuldades diante dos abrantinos… mas acabou por se impor devido à melhor condição física!

Ainda a digerir a eliminação da Taça de Portugal, em Pombal (no desempate por grandes penalidades), o...

Leões mostraram ambição e qualidade… e trouxeram um ponto de Oliveira de Azeméis!

Os leões de Tomar deram luta no recinto da Oliveirense… e entraram no principal campeonato de hóquei...

Convento de Cristo mostra antigos sistemas de captação e armazenamento de água (c/vídeo)

Decorrem, hoje, dia 23 de setembro, visitas guiadas gratuitas, ao Convento de Cristo, através das quais são mostrados os sistemas de captação...

Edifício do IPT na av. Cândido Madureira será uma Residência para Estudantes

No âmbito do Plano Social para o Alojamento no Ensino Superior, o Politécnico de Tomar (IPT) assinou, no passado dia 15 de...

Comissão Social da União de Freguesia de Casais/Alviobeira organiza 5.ª caminhada solidária 

Com saída da Venda Nova, junto do Centro de Dia, pelas 9h30, do dia 9 de outubro (domingo),...

Angelina Macedo: entrou para a escola em criança e nunca mais de lá saiu

Angelina Macedo esteve no programa Tomarlugar, da Rádio Cidade Tomar, onde conversou sobre o que sente e pensa do seu espaço social,...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -