fbpx
28.7 C
Tomar

Câmara mantém suspensão da Feira Semanal de Tomar

Relacionadas

Pronta ação da patrulha da GNR de Tomar evita tragédia

Uma mulher de 54 anos tentou colocar termo à vida, na madrugada de...

Despedimento coletivo na IFM/Platex preocupa eleitos de Tomar

A IFM/Platex - Indústria de Fibras de Madeira, S.A. em Tomar avançou, na...

Protocolos da Secretaria de Estado das Comunidades formalizam gabinetes de apoio ao emigrante no Médio Tejo

Dezoito anos depois de terem sido criados pelo Secretário de Estado das Comunidades...

Chumbada na assembleia municipal moção “Tomar não é racista”

O tema do racismo foi recorrente na última sessão de assembleia municipal de Tomar, realizada a 31...

Eleitos de Tomar aprovam criação de um Conselho Municipal do Ambiente

Foi aprovada por maioria, na sessão de assembleia municipal de Tomar de 31...

Ao contrário de outros municípios, a Câmara de Tomar persiste em manter os mercados diário e grossista a funcionar. A feira semanal de Tomar, contudo, que se realiza às sextas feiras, encontra-se suspensa por força das medidas de contenção da Covid-19, assim como a venda de artigos e produtos que se fazia na área envolvente do edifício do mercado municipal. Aqui poderíamos encontrar roupas e artigos do lar, sapatos, peças de ourivesaria, ferramentas e alfaias agrícolas, plásticos, animais vivos, plantas hortícolas, sementes e flores, utensílios de cozinha e cutelaria, mobiliário, alimentos confecionados.

Sabe-se que este é o período de excelência para as culturas de primavera e verão em que os pequenos agricultores e particulares efetuam as suas sementeiras e plantações como ajuda à economia doméstica ou como ocupação lúdica. Reconhece a câmara que a ausência da oferta de plantas e sementes para a agricultura causa grande transtorno, nesta altura, a quem vende e a quem compra.

Tendo presentes as medidas do estado de emergência nacional, a suspensão da feira semanal é total e para manter, não podendo haver dualidade de tratamento, permitindo-se que um agente económico que venda plantas e sementes esteja a operar no mercado e que outros não o façam. Até porque, como efeito colateral, às sementeiras e plantações estão associadas as alfaias agrícolas, os utensílios de rega, e outros acessórios que também se vendem na nossa feira semanal. Por outro lado, não está a ser prejudicado nenhum viveirista ou vendedor de sementes de Tomar, uma vez que todos os que operam aqui semanalmente provém de outros territórios. A câmara entende que se deve promover e dar ênfase aos vendedores do concelho de modo a ajudar quem tem cá o seu negócio e assim também limitar as deslocações desnecessárias entre concelhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Pronta ação da patrulha da GNR de Tomar evita tragédia

Uma mulher de 54 anos tentou colocar termo à vida, na madrugada de...

Despedimento coletivo na IFM/Platex preocupa eleitos de Tomar

A IFM/Platex - Indústria de Fibras de Madeira, S.A. em Tomar avançou, na...

Protocolos da Secretaria de Estado das Comunidades formalizam gabinetes de apoio ao emigrante no Médio Tejo

Dezoito anos depois de terem sido criados pelo Secretário de Estado das Comunidades do PSD e agora deputado...

Chumbada na assembleia municipal moção “Tomar não é racista”

O tema do racismo foi recorrente na última sessão de assembleia municipal de Tomar, realizada a 31 de julho. Evocando as afirmações...

Eleitos de Tomar aprovam criação de um Conselho Municipal do Ambiente

Foi aprovada por maioria, na sessão de assembleia municipal de Tomar de 31 de julho, a moção do...

Assembleia municipal de Tomar: voto de pesar por Alda Faria

Reunida na tarde de sexta-feira, 31 de julho, no auditório da Biblioteca Municipal, a assembleia municipal de Tomar iniciou os trabalhos com...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -