fbpx
21.6 C
Tomar

Lanternas flutuantes encantaram nas águas do rio Nabão

Relacionadas

Idoso desaparecido localizado com vida pela GNR

O Comando Territorial de Santarém, através do Destacamento Territorial de Tomar, localizou, no dia 25 de junho, um homem...

Jorge Gaspar assume candidatura à Comissão Política da Distrital de Santarém do PSD

Consciente de que “há muito para mudar no PSD para que o Partido volte a merecer a...

Casa do Pessoal do IPT assinala Dia das Nações Unidas para o Serviço Público com ação de voluntariado no CIRE

A Casa do Pessoal do Instituto Politécnico de Tomar (IPT) assinalou o Dia das Nações Unidas para...

10.ª “Gala Vinhos do Tejo 2022” distingue excelência da região

Realizou-se na noite de sábado, 25 de junho, a “10.ª Gala Vinhos do Tejo 2022”, que juntou...

Urgência de Ginecologia-Obstetrícia do CHMT em situação de contingência

A urgência de Ginecologia-Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), localizada na Unidade de Abrantes, vai...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.

O Rio Nabão, em Tomar, vestiu-se com mais encanto nas noites de 9 e 10 de junho, com toda a luz que emanou da 2.ª edição do Festival Lanternas Flutuantes. Na primeira noite, o Nabão iluminou-se com nenúfares de várias cores e na segunda foram lançadas cerca de 1000 lanternas feitas com uma base de cortiça, quatro paus de espetada, papel vegetal uma vela artesanal.

Na sexta-feira, 10 de junho, os alunos do 6 º ano do Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria, concentram-se junto à ponte velha, para lançar as lanternas, sendo que já eram muitas as pessoas que estavam na rua e se preparavam para assistir ao espetáculo, a partir da ponte velha e da ponte do Flecheiro tentando captar o melhor ângulo com o telemóvel ou máquina fotográfica.

No Complexo Cultural da Levada, junto ao rio, foi dado o pontapé de saída com algumas palavras emocionadas, uma vez que para trás ficaram muitos meses de trabalho, que envolveu alunos, pais, professores e demais elementos da comunidade escolar. A construção das lanternas “atravessou todas as salas de aula”, sendo este um projeto inédito em Portugal e pioneiro na Europa.

  • Notícia desenvolvida na edição semanal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Idoso desaparecido localizado com vida pela GNR

O Comando Territorial de Santarém, através do Destacamento Territorial de Tomar, localizou, no dia 25 de junho, um homem...

Jorge Gaspar assume candidatura à Comissão Política da Distrital de Santarém do PSD

Consciente de que “há muito para mudar no PSD para que o Partido volte a merecer a...

Casa do Pessoal do IPT assinala Dia das Nações Unidas para o Serviço Público com ação de voluntariado no CIRE

A Casa do Pessoal do Instituto Politécnico de Tomar (IPT) assinalou o Dia das Nações Unidas para o Serviço Público, dia 29...

10.ª “Gala Vinhos do Tejo 2022” distingue excelência da região

Realizou-se na noite de sábado, 25 de junho, a “10.ª Gala Vinhos do Tejo 2022”, que juntou mais de 300 pessoas numa...

Urgência de Ginecologia-Obstetrícia do CHMT em situação de contingência

A urgência de Ginecologia-Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), localizada na Unidade de Abrantes, vai estar em situação de contingência...

Associação de Dadores Benévolos de Sangue do Hospital de Tomar celebra o 28.º aniversário e reforça apelo à dádiva

Foi com um almoço convívio onde foram homenageados muitos dadores, que a Associação de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -