fbpx
13 C
Tomar

Agência de Publicidade “Produtiva” aumenta equipa para uma resposta com mais eficácia

Relacionadas

PJ emite comunicado sobre caso de agressão ocorrido na freguesia de Madalena/Beselga em Tomar

A Polícia Judiciária de Leiria emitiu, na tarde desta quarta-feira, 7 de dezembro, um comunicado relativo à...

PJ e GNR de Tomar procuram fugitivo que atacou mulher com violência

A PJ e GNR de Tomar encontram-se a tentar localizar um homem que, na sequência de uma...

Um livro que foge aos estereótipos para que haja sempre Natal

“O ratinho que encontrou um tesouro e outros contos de Natal” tem textos de Nuno Garcia Lopes,...

IPT promove sessão sobre o Programa Horizonte Europa direcionada a empresas da região

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do Gabinete de Apoio a Atividades de I&D, convidou, no...

Orçamento da Câmara de Tomar cresce para 51,6 milhões

A Câmara de Tomar aprovou na quarta-feira, 30 de novembro, um orçamento de 51,6 milhões de...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.


Criada em Ourém em 2017, a Agência de Publicidade “Produtiva” oferece soluções de publicidade a nível do têxtil promocional, impressão digital, brindes personalizados, artes gráficas, sinalética e decoração de viaturas, entre outros.

Deste modo, e para alavancar a sua atividade, a empresa aumentou a sua equipa em 2 postos de trabalho, após ter submetido uma candidatura ao Programa +CO3SO Emprego Urbano, gerido localmente pela ADIRN – Associação do Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Norte. Este programa é
financiado pelo FSE através do CENTRO2020, destinado a apoiar a criação e expansão de empresas e novos postos de trabalho, associados a projetos de investimento.

João Silva é o fundador e sócio gerente da “Produtiva – Agência de
Publicidade, Unipessoal, Lda”, detentora das Marca “Produtiva – Comunicação Visual” e “Eficácia – Publicidade Outdoor”. O empresário conta que veio para este ramo uma vez que já trabalhava na área, desde o tempo de estudante e
da Associação de Estudantes, onde trabalhava com têxtil personalizado, brindes e comunicação.


Deste modo, agarrando na sua experiência e rede de contactos, João Silva criou a empresa Produtiva em 2017, mas inicialmente com a vertente de organização de eventos e sua comunicação. “Nesse sentido, a Produtiva surgiu como organização de eventos e agência de publicidade, porque também vendemos muito a comunicação dos eventos como, por exemplo, t-shirts ou
pulseiras de acesso”, explicou. João Silva começou, no entanto, a aperceber- se da concorrência existente no mercado da produção dos eventos, pelo que cada vez se foi tornando mais evidente a necessidade de apostar na publicidade.


“A Produtiva oferece serviços na criação de imagem e do estacionário gráfico, ou seja, criamos logotipos, fazemos a decoração do espaço, tratamos da imagem e da identidade visual, decoramos os espaços e as viaturas, produzimos reclames luminosos ou a sinalética para o estabelecimento, tratamos dos brindes, do têxtil promocional, fardamento e impressão digital”,
exemplifica. Em 2021, surgiu uma ideia de negócio nova, patente na marca Eficácia, que passa pelo aluguer de espaços publicitários em estruturas publicitárias de grande dimensão (outdoors) em sítios estratégicos”, conta.


“A Eficácia representa, atualmente, 48% do total da Produtiva, e a Produtiva 52%. E esta candidatura do Programa Mais Coeso veio-nos dar as ferramentas base para conseguirmos dar o salto”, explica. A candidatura foi submetida em 2020, quando João Silva sentiu as dificuldades de quem trabalha sozinho.

“Com o volume de faturação, comecei a ter necessidade de ter alguém para as montagens, para a produção, para imprimir… No fundo, de fazer a equipa vir a crescer”, conta, referindo que um dia, no espaço de co-work onde trabalhava, ouviu falar deste Programa e contou com a ajuda de Manuela Dias para avançar. A aprovação da candidatura, em 2020, possibilitou que a Produtiva criasse dois novos postos de trabalho, um designer e outro na área da produção, sendo a equipa atualmente constituída por três colaboradores.


“É difícil na área de publicidade darmos o salto, pela concorrência que existe. Só para se ter uma ideia, apenas no concelho de Ourém, há cerca de 16 agências de publicidade. Sem dúvida que o Programa +CO3SO Emprego Urbano, me trouxe competitividade e, de certa forma, possibilitou-me realizar alguns sonhos que tínhamos”, refere, salientando a importância de Grupos de
Ação Local como a ADIRN para facilitar o acesso a estas candidaturas e fomentar a coesão do território.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

PJ emite comunicado sobre caso de agressão ocorrido na freguesia de Madalena/Beselga em Tomar

A Polícia Judiciária de Leiria emitiu, na tarde desta quarta-feira, 7 de dezembro, um comunicado relativo à...

PJ e GNR de Tomar procuram fugitivo que atacou mulher com violência

A PJ e GNR de Tomar encontram-se a tentar localizar um homem que, na sequência de uma...

Um livro que foge aos estereótipos para que haja sempre Natal

“O ratinho que encontrou um tesouro e outros contos de Natal” tem textos de Nuno Garcia Lopes, ilustrações de Daniela Homem e...

IPT promove sessão sobre o Programa Horizonte Europa direcionada a empresas da região

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do Gabinete de Apoio a Atividades de I&D, convidou, no dia 5 de dezembro, as...

Orçamento da Câmara de Tomar cresce para 51,6 milhões

A Câmara de Tomar aprovou na quarta-feira, 30 de novembro, um orçamento de 51,6 milhões de euros para 2023, “bastante acima...

Lar da Serra cria centro de fisioterapia para servir população

O Centro Social Paroquial Lar Nossa Senhora da Purificação, na Serra, está a divulgar o seu mais recente projeto, um centro de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -