fbpx
11.9 C
Tomar

BE quer mais médicos de família no Ribatejo e reforço da saúde mental

Relacionadas

Agrupamento de Escolas de Ferreira do Zêzere cria corrente solidária para ajudar Ingrid

Uma colisão entre três carros na Estrada Nacional 3, na zona do Gaio, Cartaxo, matou, no dia...

Torres Novas: Utentes reclamam por cuidados de saúde

A pretexto de uma reportagem da SIC sobre a falta de médicos nas três extensões de saúde...

Violência doméstica: este ano a PSP já registou 13 285 denúncias pelo crime de violência doméstica

Assinala-se hoje o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, consagrado pela ONU em...

CDU promove sessão “contra o aumento dos tarifários da Tejo Ambiente”

Numa iniciativa da CDU de Tomar, tem lugar, este sábado, dia 26 de novembro, pelas 15h00, na...

Junta de Freguesia de Carregueiros promove incentivo à natalidade

A Junta de Freguesia de Carregueiros vai promover um incentivo à natalidade aos bebés nascidos desde 18...

Fabíola Cardoso, candidata à Assembleia da República do Bloco de Esquerda pelo círculo eleitoral de Santarém, reuniu com o Conselho de Administração do Hospital Distrital de Santarém, no passado dia 20 de janeiro. A bloquista fez-se acompanhar por Bruno Vieira, eleito do BE na Assembleia Municipal de Cartaxo, e Teresa Nascimento, eleita do BE na União de Freguesias da cidade de Santarém.

No final da reunião, Fabíola Cardoso mostrou-se satisfeita pela oportunidade de debater o estado do SNS no distrito e garantiu que “só o Bloco de Esquerda tem capacidade e vontade suficientes para defender serviços de Saúde de qualidade para todos”.

Fabíola Cardoso classificou como “urgente a necessidade de aprovar e implementar as políticas que há muito o Bloco vem defendendo e apresentando”. No entanto, continuou Fabíola, “o governo do PS mantém os lucros dos operadores privados da Saúde, que parasitam o SNS e desviam uma verba significativa do serviço público”.

Para a bloquista é importante “garantir um médico de família para todas as pessoas, eliminar as taxas moderadoras, contratar profissionais onde as listas de espera são longas, assegurar carreiras dignas para os profissionais de saúde, aumentar o número de vagas para formação em Medicina Geral e Familiar e reforçar a autonomia da gestão hospitalar”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Agrupamento de Escolas de Ferreira do Zêzere cria corrente solidária para ajudar Ingrid

Uma colisão entre três carros na Estrada Nacional 3, na zona do Gaio, Cartaxo, matou, no dia...

Torres Novas: Utentes reclamam por cuidados de saúde

A pretexto de uma reportagem da SIC sobre a falta de médicos nas três extensões de saúde...

Violência doméstica: este ano a PSP já registou 13 285 denúncias pelo crime de violência doméstica

Assinala-se hoje o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, consagrado pela ONU em 1999 como alerta à sociedade...

CDU promove sessão “contra o aumento dos tarifários da Tejo Ambiente”

Numa iniciativa da CDU de Tomar, tem lugar, este sábado, dia 26 de novembro, pelas 15h00, na Junta de S. João, uma...

Junta de Freguesia de Carregueiros promove incentivo à natalidade

A Junta de Freguesia de Carregueiros vai promover um incentivo à natalidade aos bebés nascidos desde 18 de outubro de 2021.

Descubra a Charola do Convento de Cristo através de uma visita virtual

Está disponível no âmbito de uma parceria entre a ATMPT, a OPCTJ, a VIRTUAL TWIN e a DGPC/Convento de Cristo uma visita...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -