fbpx
12.3 C
Tomar

U. Tomar sofreu na parte final mas conseguiu conquistar três pontos merecidos em Salvaterra de Magos

Relacionadas

Casais que fizerem compras no Mercado Municipal habilitam-se a jantares para o Dia dos namorados

O Município de Tomar encontra-se a promover uma campanha, no âmbito do seu...

Candidatos do PS visitam Complexo Cultural da Levada

Os candidatos do PS pelo círculo de Santarém às Legislativas de 30 de janeiro estiveram, no passado...

Posto de Turismo encerrado devido a casos de Covid-19

O posto municipal de Turismo, na Avenida Cândido Madureira, vai estar encerrado até ao dia 21 de...

Regresso do campeonato nacional: encontro de leões resultou… numa goleada!

Quase um mês depois do último jogo (triunfo por expressivo 0-23, na ilha de São Miguel, Açores,...

CDU em campanha por Tomar

A CDU decidiu que ao longo da pré-campanha devia estabelecer contactos com várias entidades do distrito de...

Mais um sofrimento… que valeu três pontos! Apesar da forte pressão do adversário, sobretudo nos últimos minutos, o U. Tomar conseguiu arrancar uma vitória, por 1-2, na visita a Salvaterra de Magos, em jogo a contar para a jornada 11 do principal campeonato de futebol da Associação de Futebol de Santarém.

A equipa unionista adiantou-se e permitiu o empate na primeira parte, mas ainda teve a eficácia necessária para voltar ao comando do marcador, mantendo, assim, a liderança isolada do campeonato distrital (tem mais um ponto que o Rio Maior e mais oito que o Mação).

Foi um embate com duas partes bem distintas. Na primeira mandou o U. Tomar… O costa-marfinense Siaka Bamba foi o protagonista dos primeiros minutos, em três ocasiões que não tiveram a melhor finalização: três remates, um deles de cabeça, ao lado da baliza salvaterrense.  

Henrique Matos e Pedro Pires, nos minutos seguintes, não tiveram melhor sorte na conclusão dos lances de ataque… porque a bola chegou às mãos do guardião David Lourenço.

Mas o U. Tomar marcou mesmo, no minuto 25: Tiago Vieira colocou a bola nas costas da defesa e Wemerson Silva tocou-a por cima do guarda-redes… abrindo assim o marcador (0-1).

Na outra baliza, logo no minuto imediato, o guardião Ivo Cristo evitou o golo do empate… por três vezes: primeiro num remate frontal, de longe, e depois nas duas recargas, da direita, de Pedro Duarte.

Com paciência, a equipa unionista tentava circular a bola… preparando o ataque e retirando a iniciativa ao adversário. Contudo, uma perda de bola na sua zona defensiva, no minuto 37, esteve na origem do golo do empate: cruzamento imediato e, em velocidade pela esquerda, surgiu Pedro Duarte a finalizar sem hipóteses para Ivo Cristo (1-1).

Voltou o U. Tomar ao ataque, embora, mais uma vez, sem a melhor finalização: o remate de Tiago Vieira foi bloqueado por um adversário… e, numa sequência de cantos, o guarda-redes David Lourenço evitou o golo ao desviar a bola por cima da trave!

O segundo tempo começou com um grande susto para a baliza tomarense: cruzamento da esquerda, falhanço de um defesa… e a bola passou rente ao poste esquerdo!

Perante a maior pressão do adversário, a equipa de Filipe Pinto apostava em rápidas transições… e criou três ou quatro situações onde só faltou melhor finalização! Mas, no minuto 59, Chrystian Pedroso (que seis minutos tinha entrado para o lugar do lesionado Wemerson Silva), na zona frontal, ganhou na luta pela bola com um adversário e rematou certeiro, para a direita de David Lourenço: 1-2.

A partir daqui, com um futebol mais direto, o Salvaterrense colocou à prova a coesão, entreajuda e capacidade de sofrimento dos unionistas.

Ainda assim, sempre que podia, o U. Tomar voltava ao ataque, mas Chrystian Pedroso não conseguiu acertar na baliza e Anderson Nascimento, também em duas ocasiões, rematou fraco… e, no minuto 84, acertou no poste direito!

Já em período de descontos, a equipa da casa criou duas boas oportunidades: num canto, na direita, o suplente Quaresma finalizou, de cabeça, à trave da baliza tomarense; na sequência de um livre, na esquerda, surgiu o remate frontal e uma tentativa de desvio… e a bola acabou nas mãos de Ivo Cristo!

Triunfo muito suado do U. Tomar… Contudo, equipa unionista podia ter amealhado uma vantagem confortável na primeira parte, para enfrentar a previsível reação do adversário.

Na próxima jornada do campeonato, agendada para dia 5 de dezembro, o U. Tomar recebe o U. Almeirim (15h00).

Antes, na quarta feira (1 de dezembro, feriado, 15h00), visita Ferreira do Zêzere, para a pré-eliminatória da Taça do Ribatejo.

Outros resultados desta jornada 11: Benavente-Samora Correia, 0-1; Amiense-Fazendense, 1-1; Abrantes e Benfica-Alcanenense, 0-1; Cartaxo-Rio Maior, 1-2; U. Almeirim-Atl. Ouriense, 0-1; Ferreira do Zêzere-Torres Novas, 1-2; Glória do Ribatejo-Mação, 1-1.

Resultado da jornada 21 (realizado no dia 24): U. Almeirim-Mação, 0-1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Casais que fizerem compras no Mercado Municipal habilitam-se a jantares para o Dia dos namorados

O Município de Tomar encontra-se a promover uma campanha, no âmbito do seu...

Candidatos do PS visitam Complexo Cultural da Levada

Os candidatos do PS pelo círculo de Santarém às Legislativas de 30 de janeiro estiveram, no passado...

Posto de Turismo encerrado devido a casos de Covid-19

O posto municipal de Turismo, na Avenida Cândido Madureira, vai estar encerrado até ao dia 21 de janeiro, inclusive.

Regresso do campeonato nacional: encontro de leões resultou… numa goleada!

Quase um mês depois do último jogo (triunfo por expressivo 0-23, na ilha de São Miguel, Açores, frente ao Caldeiras, para os...

CDU em campanha por Tomar

A CDU decidiu que ao longo da pré-campanha devia estabelecer contactos com várias entidades do distrito de Santarém, e em Tomar considerou-se...

Catarina Martins em Torres Novas no comício do Bloco

Catarina Martins, coordenadora nacional do Bloco de Esquerda, vai estar em Torres Novas, na próxima quarta-feira, dia 19 de janeiro, para participar...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -