fbpx
16.5 C
Tomar

Exposição “Na terra dos nossos avós” de João Costa Rosa no Complexo da Levada

Relacionadas

OMIRI no próximo dia 9 de outubro em Tomar

Omiri é um dos mais originais projetos de reinvenção da música tradicional portuguesa. Para reinventar a tradição,...

Autárquicas 2021: Comissão Nacional de Eleições avançou com “procedimento contra-ordenacional” contra presidente da câmara

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) avançou com um “procedimento contra-ordenacional” contra Anabela Freitas, presidente da Câmara...

Autárquicas: são sete as escolhas em Tomar

A cidade templária conta para as Eleições Autárquicas do próximo domingo, dia 26 de setembro, com 33...

Sertã: apreensão de mais de três mil plantas de canábis

O Comando Territorial de Castelo Branco, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Sertã, deteve, no...

Ação de desratização e desbaratização: condicionamento do estacionamento na rua Jácome Ratton no próximo dia 1 outubro

Tendo em conta a realização dos trabalhos de desratização e desbaratização, o estacionamento na rua Jácome Ratton...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.

Foi inaugurada a 23 de abril, no Complexo Cultural da Levada, em Tomar, a exposição “Na terra dos nossos avós”, do tomarense João Lourenço Costa Rosa que confessou que, “com a pandemia nós todos nos sentimos com os movimentos condicionados e eu vejo-me a pintar com movimento, música e cor”.

Anabela Freitas, presidente da Câmara Municipal, referiu na inauguração desta mostra de pintura que “estamos a começar a desconfinar muito bem” referindo que parte desta exposição já esteve na Escola Jácome Ratton, “o que é importante também para que os jovens e adolescentes comecem também a apreciar arte, que não existe só fora de Tomar”. A autarca refere que esta mostra é “um diálogo” entre as várias pinturas, algumas criadas antes da pandemia e outras durante. “É importante vermos este diálogo, entre as várias fases na arte do João, sobre as suas memórias, das terras dos seus avós seja de Tomar ou do Alentejo”, disse.

Fotos: Anabela César

– Leia o desenvolvimento desta notícia na próxima edição do Jornal Cidade de Tomar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

OMIRI no próximo dia 9 de outubro em Tomar

Omiri é um dos mais originais projetos de reinvenção da música tradicional portuguesa. Para reinventar a tradição,...

Autárquicas 2021: Comissão Nacional de Eleições avançou com “procedimento contra-ordenacional” contra presidente da câmara

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) avançou com um “procedimento contra-ordenacional” contra Anabela Freitas, presidente da Câmara...

Autárquicas: são sete as escolhas em Tomar

A cidade templária conta para as Eleições Autárquicas do próximo domingo, dia 26 de setembro, com 33 895 eleitores e são sete...

Sertã: apreensão de mais de três mil plantas de canábis

O Comando Territorial de Castelo Branco, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Sertã, deteve, no dia 23 de setembro, um...

Ação de desratização e desbaratização: condicionamento do estacionamento na rua Jácome Ratton no próximo dia 1 outubro

Tendo em conta a realização dos trabalhos de desratização e desbaratização, o estacionamento na rua Jácome Ratton será restringido na área sinalizada...

Rotary Clube de Tomar-Cidade recebe visita do governador e apresenta plano de ação

O Rotary Clube de Tomar-Cidade recebeu, no passado dia 22 de setembro, o Governador do D1960 - 2021/2022, Paulo Martins, que esteve...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -