fbpx
25.8 C
Tomar

Francisco Sousa em 11.º lugar na primeira prova da Taça de Portugal de Downhill 2021

Relacionadas

Direção-Geral da Saúde reconhece ser inevitável a presença de público no Rali de Portugal

A edição de 2021 do Rali de Portugal vai poder realizar-se com a presença de público. A...

Creactivity Bus em Tomar de 10 a 14 de maio

O Creactivity Bus é uma iniciativa da Educaixa (parceria do BPI e Fundação "la Caixa") e vai...

Lurdes Ferromau Fernandes: “Sinto necessidade de dar o meu contributo para mudar o paradigma do que se quer para Tomar”

Esta semana, o Jornal e Rádio "Cidade de Tomar" falaram com a candidata do PSD à Câmara...

Reativada a recolha de papel e cartão no concelho

Já foi reativada a recolha de papel e cartão em todos os restaurantes, hotelaria e comércio do...

Francisco Sousa (Team Ribeirense DH) classificou-se em 11.º lugar na primeira prova pontuável para a Taça de Portugal de Downhill 2021 – vertente mais radical do BTT -, realizada no Algarve, concretamente em São Brás de Alportel, no passado fim de semana, marcando o regresso das grandes competições desportivas após a paragem devido à pandemia de Covid-19.

O atleta tomarense, que na corrida final averbou o tempo de 02’53’’346 (mais 08’’934 do que o vencedor), foi o sétimo classificado entre os portugueses, numa prova que, no escalão Elite Masculino, teve a participação de muitos estrangeiros, nomeadamente espanhóis.

Neste início da época desportiva, “com muitas limitações (para treinar) devido à pandemia”, Francisco Sousa tinha avançado que o seu objetivo, além de “ajudar a equipa a somar pontos”, passava, a nível individual, por “um lugar nos 10 primeiros”. Falhou por pouco esse seu desejo!

Gonçalo Bandeira, campeão nacional de downhill (DHI), entrou da melhor forma na nova época, impondo-se nesta prova em São Brás de Alportel.

O corredor natural da Lousã puxou dos galões e não deu hipóteses à concorrência: na final, com o tempo de 02’44”412, bateu Tiago Ladeira (Miranda Factory Team), segundo classificado a 687 milésimos de Gonçalo Bandeira. O britânico Brett Wheeler (MCF/XDream/Município de São Brás) fechou o pódio, a 2,859 segundos do vencedor.

A família Bandeira destacou-se também na categoria feminina de elite. Margarida imitou o irmão Gonçalo e suplantou a concorrência ao cumprir a descida final em 03’36”503, menos 49,731 segundos do que Joana Nunes (Casa do Povo de Abrunheira).

Devido ao contexto da pandemia, esta primeira prova da época realizou-se sem a presença de público.

A segunda prova da Taça de Portugal de DHI está agendada para o dia 16 de maio, em Boticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Direção-Geral da Saúde reconhece ser inevitável a presença de público no Rali de Portugal

A edição de 2021 do Rali de Portugal vai poder realizar-se com a presença de público. A...

Creactivity Bus em Tomar de 10 a 14 de maio

O Creactivity Bus é uma iniciativa da Educaixa (parceria do BPI e Fundação "la Caixa") e vai...

Tuna Templária apresenta “20 anos de história” em mostra fotográfica na Casa Vieira Guimarães

A Casa Vieira Guimarães, à entrada da Corredoura, em Tomar está a receber uma...

Lurdes Ferromau Fernandes: “Sinto necessidade de dar o meu contributo para mudar o paradigma do que se quer para Tomar”

Esta semana, o Jornal e Rádio "Cidade de Tomar" falaram com a candidata do PSD à Câmara Municipal de Tomar, Lurdes Ferromau...

Reativada a recolha de papel e cartão no concelho

Já foi reativada a recolha de papel e cartão em todos os restaurantes, hotelaria e comércio do concelho, por parte da RSTJ.

Ténis Clube de Tomar concluiu as competições na fase regional de Interclubes

O Ténis Clube de Tomar realizou, no passado fim de semana, três encontros com as suas equipas de Interclubes. Na sexta feira,...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -