fbpx
22.4 C
Tomar

Novo leilão da fábrica de papel do Prado marcado para 12 de março

Relacionadas

Concurso “Dá-me uma tampa!” recolhe 1067 garrafões de tampinhas

A turma A do 11.º ano da ESSMO dinamizou um projeto ao longo do ano letivo que...

13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo

A 13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo, dia 26 de junho, numa organização...

Marco Marques continua no comando da equipa principal do U. Tomar

Marco Marques vai manter-se como treinador principal da equipa sénior de futebol do U. Tomar!

José Pedro e João Tarana: “Nós queremos é que os sócios, simpatizantes, conhecidos e desconhecidos venham à Gualdim Pais”

No próximo dia 9 de julho, sábado, pelas 22h00, na Praça de Touros, vai ter lugar um...

Município de Tomar recebe distinção “Turismo Militar Português 2021”

O Município de Tomar, a par de outros municípios nacionais, foi distinguido no passado dia 18 de...

Já há data para o novo leilão da Fábrica do Prado: dia 12 de março depois de o anterior – tal como noticiámos – ter sido suspenso devido a uma guerra entre leiloeiras. Vai ser a leiloeira LeiloSeabra a avançar novamente com o leilão, mantendo o valor base de 2
milhões e 750 mil euros, um valor mais baixo do que na primeira tentativa de venda, através da leiloeira Domus Legis, que era de 3 milhões e 60 mil euros. Até agora a proposta mais alta é
de 1 milhão e 770 mil euros.

O leilão, que abrange os bens imóveis e móveis distribuídos por 194 lotes, realiza-se pelas 15 horas na própria fábrica, situada a cerca de seis quilómetros de Tomar.

Os bens imóveis são compostos por uma parte urbana – edifícios destinados a fabricação, oficinas, armazéns, arrecadações, escritórios, refeitório, posto médico, capela, com área

coberta de 25.465,00 m2, e logradouro com área de 31.215 m2 – e a parte rústica composta por terra de pastagem, oliveiras, cultura arvense de regadio de terreno estéril, mato, mata,
pinhal, eucaliptal, cultura arvense, construções rurais, leito de curso de água, com área de 54.910 m2.


A fábrica de papel do Prado parou de laborar no dia 30 de junho de 2017, depois de mais de 200 anos de funcionamento. Deixou no desemprego mais de 70 trabalhadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Concurso “Dá-me uma tampa!” recolhe 1067 garrafões de tampinhas

A turma A do 11.º ano da ESSMO dinamizou um projeto ao longo do ano letivo que...

13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo

A 13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo, dia 26 de junho, numa organização...

Marco Marques continua no comando da equipa principal do U. Tomar

Marco Marques vai manter-se como treinador principal da equipa sénior de futebol do U. Tomar! Confirmada a continuidade do...

José Pedro e João Tarana: “Nós queremos é que os sócios, simpatizantes, conhecidos e desconhecidos venham à Gualdim Pais”

No próximo dia 9 de julho, sábado, pelas 22h00, na Praça de Touros, vai ter lugar um espetáculo de Herman José com...

Município de Tomar recebe distinção “Turismo Militar Português 2021”

O Município de Tomar, a par de outros municípios nacionais, foi distinguido no passado dia 18 de junho, em Porto de Mós,...

CaminHaTA para os tomarenses

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de mil milhões de pessoas sofrem de Hipertensão Arterial (HTA), que é um dos...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -