fbpx
16.9 C
Tomar

Tomar presta homenagem a José-Augusto França atribuindo o seu nome ao Centro de Documentação na rua Gil Avô

Relacionadas

Centro de Natureza da Póvoa inaugura este sábado

Este sábado, dia 2 de julho, inaugura pelas 11h00 nas instalações da antiga escola primária da Póvoa...

Voluntários das Paróquias de Tomar festejaram S. João com a comunidade

Um grupo de voluntários e amigos da Paróquia de Santa Maria promoveram, no passado domingo, dia 26...

Obras de conservação e restauro do Convento de Cristo inibem acesso ao monumento

As obras de conservação e restauro das fachadas e coberturas da Nave Manuelina e Charola irão inibir...
Ana Isabel Felício
Comecei a trabalhar no Jornal Cidade de Tomar em 1999. Já lá vão uns anitos. Depois de sair da Universidade e de todas as dúvidas e dificuldades que surgem, foi-se construindo um caminho de experiência, com muitas situações, muitas pessoas, muitas aventuras e, claro, muito trabalho. Ao fim de todos estes anos, apesar de todos os percalços que a vida nos vai dando, cá estou, todos os dias a fazer o meu trabalho o melhor que sei, aprendendo com os que me rodeiam e também ensinando alguma coisa.

O Município de Tomar evocou, na passada terça feira, José-Augusto França, historiador, sociólogo e crítico de arte que faleceu em setembro último, aos 98 anos. No dia em que completaria 99 anos, dia 16 de novembro, a câmara prestou homenagem com a inauguração do Centro de Documentação Professor José-Augusto França, no edifício da Museologia, sito na rua Gil Avô, Centro que contém documentação doada por José-Augusto França, além do espólio que doou e se encontra no Núcleo de Arte Contemporânea (NAC), inaugurado em 2004. Nesta sessão foi também apresentado o programa do Centenário do aniversário do Professor, programa que culminará a 16 de novembro de 2022.

Segundo a vereadora da Cultura, Filipa Fernandes, a iniciativa pretende evocar uma figura importante da cultura portuguesa, mas que “para os tomarenses tem um valor especial, uma vez que somos os fiéis depositários da sua obra de arte e agora neste Centro, estão disponíveis manuscritos e documentos importantes que podem ser apreciados por alunos e professores”.

Foi ainda avançado pela vereadora que, no âmbito das comemorações do Centenário do nascimento de José-Augusto França, será aberto o Núcleo de Arte Contemporânea 2, na Silva Magalhães, que será um Centro de Exposições Temporárias. Será também lançado o site do NAC e, durante o próximo ano, serão realizadas diversas atividades e concertos alusivos a José-Augusto França.

Notícia completa na edição impressa de 19 de novembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Centro de Natureza da Póvoa inaugura este sábado

Este sábado, dia 2 de julho, inaugura pelas 11h00 nas instalações da antiga escola primária da Póvoa...

Voluntários das Paróquias de Tomar festejaram S. João com a comunidade

Um grupo de voluntários e amigos da Paróquia de Santa Maria promoveram, no passado domingo, dia 26 de junho, junto da igreja...

Obras de conservação e restauro do Convento de Cristo inibem acesso ao monumento

As obras de conservação e restauro das fachadas e coberturas da Nave Manuelina e Charola irão inibir o acesso ao Convento de...

“Gala Vinhos do Tejo 2022” distingue Rosé da “Herdade dos Templários” e dinamismo da “Encosta do Sobral”

Realizou-se na noite de sábado, 25 de junho, a “10.ª Gala Vinhos do Tejo 2022”, que juntou mais...

Igreja de S. João Baptista: conclusão das obras adiada para o final de 2022

Foi aprovada, por unanimidade, na reunião de câmara, na segunda feira, a prorrogação do prazo para a conclusão das obras de requalificação...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -