fbpx
21.3 C
Tomar

Maternidade do CHMT com 834 partos em 2020

Relacionadas

Vereadora Filipa Fernandes: “Tanto nos partidos como nas instituições, o importante são as equipas e as pessoas que as constituem”

Cidade Tomar - Em tempos de pandemia, quais têm sido as maiores dificuldades durante este mandato em...

Carta Arqueológica do Concelho é lançada domingo em Tomar

A Carta Arqueológica do Concelho, “As origens de Tomar”, da autoria de Carlos Batata e com edição...

CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar apresenta Ciclo de Exposições em Fotografia e Território

O CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar que resulta de uma parceria entre o...

Alunos do Agrupamento Nuno de Santa Maria agem hoje pelo futuro

“Agir Hoje… É Preparar o Futuro!” é o nome da iniciativa que o Agrupamento de Escolas Nuno...

RI15 promove Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército

O Regimento de Infantaria 15 promove o Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de...

O ano de 2020 ficou marcado, na Maternidade do Centro Hospitalar do Médio Tejo, como o ano em que se ultrapassou os 800 partos. Este número já não era alcançado desde 2014, ano em que se registaram com 801 partos.

No total, em 2020, ocorreram no CHMT 834 nascimentos, sendo o mês de outubro o que registou maior número de nascimentos, com 89. Relativamente ao total do ano de 2019 há um acréscimo de 36 bebés no ano de 2020.

Mesmo em ano de pandemia, o esforço realizado para adequar a Maternidade do Centro Hospitalar do Médio Tejo ao contexto Covid-19 contribuiu, muito fortemente, para que o Serviço de Obstetrícia do CHMT, fosse procurado por parturientes vindas de outras áreas geográficas, para além da área de influência do Médio Tejo.

De sublinhar que, durante os meses em que a Maternidade esteve temporariamente na Unidade Hospitalar de Torres Novas, as obras de adequação ao contexto Covid-19 executadas na Maternidade e na Unidade de Cuidados Neonatais, na Unidade Hospitalar de Abrantes, reuniram as condições que, desde logo, permitiram que os partos se realizassem com a presença de um acompanhante. Com um circuito diferenciado e estanque é, desta forma, possível que os pais possam acompanhar a grávida nos momentos de trabalho de parto e de nascimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Vereadora Filipa Fernandes: “Tanto nos partidos como nas instituições, o importante são as equipas e as pessoas que as constituem”

Cidade Tomar - Em tempos de pandemia, quais têm sido as maiores dificuldades durante este mandato em...

Carta Arqueológica do Concelho é lançada domingo em Tomar

A Carta Arqueológica do Concelho, “As origens de Tomar”, da autoria de Carlos Batata e com edição...

CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar apresenta Ciclo de Exposições em Fotografia e Território

O CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar que resulta de uma parceria entre o Instituto Politécnico de Tomar (IPT)...

Alunos do Agrupamento Nuno de Santa Maria agem hoje pelo futuro

“Agir Hoje… É Preparar o Futuro!” é o nome da iniciativa que o Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria vai desenvolver...

RI15 promove Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército

O Regimento de Infantaria 15 promove o Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército na área...

Francisco Sousa em 11.º lugar na primeira prova da Taça de Portugal de Downhill 2021

Francisco Sousa (Team Ribeirense DH) classificou-se em 11.º lugar na primeira prova pontuável para a Taça de Portugal de Downhill 2021 -...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -