fbpx
18 C
Tomar

Vereador José Delgado considera que sessão de apresentação do PDM “foi um desastre”

Relacionadas

Detenção para cumprimento de pena de prisão efetiva

O Comando Distrital de Santarém da PSP, através da Esquadra Destacada de Abrantes da Divisão Policial de...

A Moagem – Fábrica das Artes é inaugurada esta quarta feira

Com a inauguração do espaço “A Moagem - Fábrica das Artes”, que ocorrerá amanhã, dia 16 de...

1.ª edição do Desenvolvimento de Ideias de Cocriação de Inovação do Politécnico de Tomar

Realiza-se, no próximo dia 16 de junho, quarta feira, pelas 15h00, no Auditório Doutor José Bayolo Pacheco...

CHMT: serviço de cardiologia implanta pela primeira vez micro-dispositivos para monitorização cardíaca e inicia consulta de Insuficiência Cardíaca Avançada

Foram já implantados quatro micro dispositivos para monitorização cardíaca pelo Serviço de Cardiologia, do Centro Hospitalar do...

Susana Alves é a candidata do PSD à Junta de Freguesia de Sabacheira

Susana Alves é a candidata do PSD à Junta de Freguesia de Sabacheira. No vídeo de apresentação...

O vereador José Delgado (PSD) teceu, na reunião de câmara, na segunda feira, várias críticas às sessões de apresentação do PDM realizadas no passado sábado, dia 10 de outubro. Disse mesmo que a sessão de sábado de manhã “foi um desastre, a equipa quase brincou connosco, esperava-se muito mais, esperava-se uma sessão esclarecedora e não uma aula teórica de ordenamento do território”, considerou.

Disse o vereador que os técnicos nada falaram sobre as mais valias e o que é importante para o concelho. “Saímos dali igualzinhos e ainda por cima irritados”, disse. Em relação à sessão da tarde, considerou o vereador social democrata que “houve alguma contenção de algumas asneiras que disseram de manhã”.

Referiu ainda que a monitorização do plano está fora da realidade, além de que “vai ser difícil às pessoas submeterem as propostas nas plataformas”, disse, referindo ainda que “faltou um sistema de informação mais eficaz”.

Na resposta Anabela Freitas disse que as sessões se destinaram aos eleitos e tudo teve de obedecer a uma linha estratégica e a princípios. Para a autarca, “questões relacionadas com os locais onde se pode ou não construir é que são para os privados. O que foi apresentado foi para os eleitos. A sessão não era para aquilo que o senhor pensava”, disse.

Anabela Freitas lembrou que a proposta de PDM apresentada está fechada desde 2016, pelo que não pode refletir os investimentos que foram feitos após 2016. “O que vai para discussão pública era a realidade em 2016. Os cidadãos é que têm de perceber as vantagens e desvantagens deste PDM”, sublinhou. A presidente da câmara lembrou ainda que o anterior plano era mais penalizador naquilo que é o desenvolvimento do concelho.

Notícia completa na edição impressa desta semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Detenção para cumprimento de pena de prisão efetiva

O Comando Distrital de Santarém da PSP, através da Esquadra Destacada de Abrantes da Divisão Policial de...

A Moagem – Fábrica das Artes é inaugurada esta quarta feira

Com a inauguração do espaço “A Moagem - Fábrica das Artes”, que ocorrerá amanhã, dia 16 de...

1.ª edição do Desenvolvimento de Ideias de Cocriação de Inovação do Politécnico de Tomar

Realiza-se, no próximo dia 16 de junho, quarta feira, pelas 15h00, no Auditório Doutor José Bayolo Pacheco de Amorim, no Politécnico de...

CHMT: serviço de cardiologia implanta pela primeira vez micro-dispositivos para monitorização cardíaca e inicia consulta de Insuficiência Cardíaca Avançada

Foram já implantados quatro micro dispositivos para monitorização cardíaca pelo Serviço de Cardiologia, do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT). Uma técnica...

Susana Alves é a candidata do PSD à Junta de Freguesia de Sabacheira

Susana Alves é a candidata do PSD à Junta de Freguesia de Sabacheira. No vídeo de apresentação diz que “desde sempre procurou...

Covid-19: onze concelhos do Médio Tejo com 83 casos ativos

Os 11 concelhos que integram o agrupamento de centros de saúde do ACES Médio Tejo totalizam 83 casos ativos de infeções por...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -