fbpx
7.4 C
Tomar

Leões de Tomar chegaram a ter uma vantagem de três golos, mas, desgastados fisicamente, permitiram o empate!

Relacionadas

Turismo Náutico é âncora para o desenvolvimento dos territórios do interior

O Turismo Náutico é uma âncora para o desenvolvimento dos territórios de interior e um atrativo para a fixação da população jovem na...

Fernando Daniel na Festa dos Tabuleiros

Depois de “Os Quatro e Meia” e de Bárbara Bandeira, a Comissão da Festa dos Tabuleiros anunciou mais um artista que...

Ferreira do Zêzere vai a Lisboa promover o concelho

A Casa Regional e o Município de Ferreira do Zêzere assumiram o compromisso conjunto de dinamizar um...

Concelhia do PS promove almoço de ano novo depois de dois anos de interregno devido à pandemia

A Concelhia de Tomar do PS promoveu, no passado dia 28 de janeiro, o seu habitual almoço...

Exposição de aluna da Escola Profissional de Tomar patente no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha

Foi inaugurada, no passado dia 1 de fevereiro, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, a...

Ainda não foi desta! De entre as equipas que, atualmente, disputam o principal campeonato nacional de hóquei em patins, a do Sporting era a única que, nestes últimos anos, não tinha perdido pontos na deslocação a Tomar. Faltou pouco no passado domingo, no encontro que fechou a jornada 11 do agora designado Campeonato Placard. Ou seja, o empate final, a quatro golos, sabe a pouco… aos leões de Tomar!

Com a lição bem estudada, o Sp. Tomar/IPT mostrou-se bem defensivamente, conseguindo impedir o adversário de impor o seu forte jogo coletivo. A partir dos 10 minutos, e ainda sem golos, o desafio subiu de ritmo… mas, contra a corrente, o golo inaugural pertenceu ao Sporting! Franco ‘Tato’ Ferruccio viu o cartão azul, por protestos, no minuto 13: chamado a cobrar o livre direto, Ferrant Font rematou ao lado da baliza; na insistência, numa rotação perfeita, o espanhol conseguiu surpreender o guardião António Marante (a bola entrou, rasteira, junto do poste direito) e abrir o marcador.

Mas a equipa tomarense não se perdeu… e, a seis minutos e meio do intervalo, numa rápida transição, Tomás Moreira rematou forte da zona frontal… e bateu Ângelo Girão, restabelecendo o empate.

Volvidos dois minutos, os autores dos golos, Tomás e Ferran, viam o cartão azul… Tomás cumpriu o castigo e regressou à pista para cobrar o livre direto resultante da 10.ª falta do Sporting: o número 7 voltou a atirar forte… e a bater Girão, consumando a reviravolta no marcador: 2-1. Ao intervalo, os leões de Tomar justificavam a vantagem.

Um segundo azul a Ferran Font, por travar Ivo Silva, logo no terceiro minuto da segunda parte, voltou a levar Tomás Moreira para a marca de livre direto: e o avançado leonino, com o seu forte remate, aumentou para 3-1.

As tentativas do Sporting esbarravam… no pouco acerto na finalização e na atenção e qualidade do jovem Marante. O guarda-redes tomarense, no minuto 33, num livre direto, negou o golo a Gonzalo Romero… e em outras ações decisivas, nos dois minutos de superioridade numérica do Sporting, consequência do segundo cartão azul a ‘Tato’ Ferruccio.

Mas o Sp. Tomar/IPT continuava a levar perigo junto da baliza de Girão. E chegou mesmo ao quarto golo (4-1), por Guilherme Silva, numa finalização da zona frontal, a cerca de 13 minutos e meio do final. A equipa tomarense parecia estar perto de um triunfo… que escapa desde 1994!

Na corrida contra o tempo, o Sporting reduziu passados dois minutos: Toni Pérez serviu Henrique Magalhães, que, também de primeira, reduziu para 4-2.

Lucas Honório ‘arrancou’ a 15.ª falta à equipa da capital: Girão, à terceira, levou a melhor no frente a frente com Moreira. Logo de seguida, ainda no minuto 42, Marante travou o remate de Henrique Magalhães, em mais uma grande penalidade.

Alejandro Domínguez apostava abertamente no ataque… e, à entrada dos cinco minutos finais, Ferran Font rematou de meia distância e repôs a diferença mínima: 4-3.

A equipa tomarense, apesar de visivelmente desgastada, não deixava de responder… e, a pouco mais de dois minutos do fim, ganhou uma grande penalidade: ‘Tato’ Ferruccio atirou ao poste! O ‘castigo’ surgiu poucos segundos volvidos: Toni Pérez, expedito na área tomarense, depois de um remate frontal de Romero, fixou o resultado em 4-4.

Um empate que acaba por ser penalizador para o Sp. Tomar/IPT… mas que colocou um ponto final numa série de 11 vitórias consecutivas do Sporting! Ou seja, é preciso recuar até 2013 para encontrar outro desfecho, também um empate, a cinco, no confronto entre as duas equipas leoninas.

Arbitragem de sinal positivo… apesar de algumas decisões controversas!

No domingo, 15, pelas 15.30 horas, haverá reencontro entre leões de Tomar e leões da Embra, nos 16 avos de final da Taça de Portugal.

A jornada 13 do principal competição nacional de hóquei em patins também está agendada para uma quarta feira, dia 18, e inclui o embate entre Sp. Tomar/IPT e o rival Valongo (21h00).

Foto: JMFS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Turismo Náutico é âncora para o desenvolvimento dos territórios do interior

O Turismo Náutico é uma âncora para o desenvolvimento dos territórios de interior e um atrativo para a fixação da população jovem na...

Fernando Daniel na Festa dos Tabuleiros

Depois de “Os Quatro e Meia” e de Bárbara Bandeira, a Comissão da Festa dos Tabuleiros anunciou mais um artista que...

Ferreira do Zêzere vai a Lisboa promover o concelho

A Casa Regional e o Município de Ferreira do Zêzere assumiram o compromisso conjunto de dinamizar um dia deste concelho na capital...

Concelhia do PS promove almoço de ano novo depois de dois anos de interregno devido à pandemia

A Concelhia de Tomar do PS promoveu, no passado dia 28 de janeiro, o seu habitual almoço de ano novo, regressando assim...

Exposição de aluna da Escola Profissional de Tomar patente no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha

Foi inaugurada, no passado dia 1 de fevereiro, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, a exposição de ilustrações “Animais do...

Ministra Ana Mendes Godinho: “A Pedreira está a fazer história para o país”

A Pedreira recebeu, esta tarde, a Ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, que presidiu à assinatura do contrato de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -