fbpx
6.4 C
Tomar

Eficácia maçaense travou as expetativas unionistas: U. Tomar batido em três lances de bola parada!

Relacionadas

Turismo Náutico é âncora para o desenvolvimento dos territórios do interior

O Turismo Náutico é uma âncora para o desenvolvimento dos territórios de interior e um atrativo para a fixação da população jovem na...

Fernando Daniel na Festa dos Tabuleiros

Depois de “Os Quatro e Meia” e de Bárbara Bandeira, a Comissão da Festa dos Tabuleiros anunciou mais um artista que...

Ferreira do Zêzere vai a Lisboa promover o concelho

A Casa Regional e o Município de Ferreira do Zêzere assumiram o compromisso conjunto de dinamizar um...

Concelhia do PS promove almoço de ano novo depois de dois anos de interregno devido à pandemia

A Concelhia de Tomar do PS promoveu, no passado dia 28 de janeiro, o seu habitual almoço...

Exposição de aluna da Escola Profissional de Tomar patente no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha

Foi inaugurada, no passado dia 1 de fevereiro, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, a...

Eficácia nas bolas paradas! Foi este o ‘segredo’ do Mação para impor ao líder U. Tomar a quarta derrota no principal campeonato de futebol da Associação de Futebol de Santarém, esta época (concretamente na jornada que fechou a primeira volta)!

Tarde de chuva (embora pouco intensa) em Mação para este embate entre a equipa da casa e o líder U. Tomar. Ainda assim, apesar do mau tempo, a bancada esteve razoavelmente composta de adeptos no apoio às duas equipas.

Começou melhor a equipa de Francisco Correia… ao abrir o marcador logo no minuto 7: canto no lado direito, confusão na área e finalização de Hélio Ocante… para o fundo da baliza de Ivo Cristo.

A resposta da equipa tomarense surgiu no minuto 15: Anderson Nascimento recuperou a bola no ataque e, depois de um cruzamento do José Charles (da direita), o possante Wemerson Silva, já dentro da área, atirou forte da zona frontal… fazendo estremecer a trave da baliza de Francisco Sousa!

No outro lado, volvidos dois minutos, Diogo Rosa tentou um chapéu a Ivo Cristo, mas o guardião unionista conseguiu desviar a bola para canto.

Uma falta de Siaka Bamba (muito contestada a decisão do árbitro…), mesmo à entrada da área, motivou um livre para a equipa do Mação, à passagem do minuto 24: Miguel Luz, chamado para a cobrança, atirou forte e colocado (a bola bateu na malha lateral…), ampliando a vantagem no marcador: 2-0. Ivo Cristo podia ter feito mais, pois a bola entrou do seu lado da baliza (a barreira, como é habitual, cobriu o outro lado). Ou seja, o Mação aproveitava da melhor maneira os lances de bola parada!

Mas a equipa de Marco Marques não se entregou… e, passados três minutos, criou mais uma excelente oportunidade: José Charles, após iniciativa de Anderson na esquerda, entrou na área e rematou forte… para defesa portentosa de Francisco Sousa!

Com o lateral Kiko e o extremo Pedro Pires em campo, a equipa unionista começou a segunda parte disposta a tentar reduzir a desvantagem: criou algumas situações prometedoras, mas faltou melhor discernimento… e, sobretudo, finalização para conseguir abanar a coesa defensiva do adversário.

Leandro Filipe, já no minuto 61, rematou da direita… Francisco Sousa desviou a bola por cima da trave! Quim Zé e Henrique Matos também tentaram… mas não acertaram na baliza!

E então, quando estavam decorridos 22 minutos da segunda parte, surge o terceiro golo da equipa da casa, novamente na sequência de um lance de bola parada. Livre, no lado direito, cobrado por Bruno Lemos para a zona frontal… e remate rasteiro do suplente João António, sem qualquer oposição, para o fundo da baliza de Ivo Cristo.

Ainda faltavam cerca de 30 minutos para o apito final, mas, a perder por claro 3-0, o U. Tomar sentiu que dificilmente conseguiria dar a volta à situação… O ânimo unionista quebrou… e, mais com o coração do que com a cabeça, raramente conseguiu criar perigo evidente para a baliza contrária. A equipa de Mação também soube gerir a situação… não permitindo mais perigo junto da sua baliza. Nesta fase, a única grande oportunidade da equipa tomarense aconteceu já no quarto minuto da compensação: Pedro Pires, em remate de fora da área, proporcionou mais uma grande defesa ao guardião Sousa!

Triunfo justo do Mação… embora por números exagerados face à também boa prestação da equipa unionista, que, apesar do percalço, continua líder da tabela classificativa, com dois pontos de vantagem sobre os segundos classificados.

Arbitragem muito insegura…

No próximo domingo, 15, o U. Tomar terá mais um duro teste, em Abrantes.


Foto: Luís Ribeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Turismo Náutico é âncora para o desenvolvimento dos territórios do interior

O Turismo Náutico é uma âncora para o desenvolvimento dos territórios de interior e um atrativo para a fixação da população jovem na...

Fernando Daniel na Festa dos Tabuleiros

Depois de “Os Quatro e Meia” e de Bárbara Bandeira, a Comissão da Festa dos Tabuleiros anunciou mais um artista que...

Ferreira do Zêzere vai a Lisboa promover o concelho

A Casa Regional e o Município de Ferreira do Zêzere assumiram o compromisso conjunto de dinamizar um dia deste concelho na capital...

Concelhia do PS promove almoço de ano novo depois de dois anos de interregno devido à pandemia

A Concelhia de Tomar do PS promoveu, no passado dia 28 de janeiro, o seu habitual almoço de ano novo, regressando assim...

Exposição de aluna da Escola Profissional de Tomar patente no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha

Foi inaugurada, no passado dia 1 de fevereiro, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, a exposição de ilustrações “Animais do...

Ministra Ana Mendes Godinho: “A Pedreira está a fazer história para o país”

A Pedreira recebeu, esta tarde, a Ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, que presidiu à assinatura do contrato de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -