fbpx
15.2 C
Tomar

“Rio, Uma Geografia Sentimental” na Casa dos Cubos

Relacionadas

Tomar Game Festival traz o mundo dos videojogos a Tomar

O Complexo Cultural da Levada vai ser palco, entre 27 e 29 de janeiro, do Tomar Game...

TomarIniciativas anuncia programa do Carnaval 2023

A TomarIniciativas já divulgou o programa do Carnaval 2023 em Tomar, evento que decorre entre 17 e...

Câmara perde vários recursos no processo judicial que envolve o edifício do antigo SMAS

Questionada pelo vereador Tiago Carrão (PSD), na reunião de câmara, na segunda feira, sobre a possibilidade de...

Torres Novas: dois detidos por caça em área de proteção

O Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo da Proteção Ambiental (NPA) de Torres Novas, deteve, no...

Nova Nut2 da Lezíria do Tejo, Médio Tejo e Oeste aprovada em Bruxelas

A Comissão Europeia aprovou a constituição de uma nova NUT2 que vai unir Médio Tejo, Lezíria do Tejo...

Inaugurará, no CEFT- Casa dos Cubos a exposição, “Rio, Uma Geografia Sentimental” de João Henriques, no dia 19 de novembro, pelas 15h30.

É uma exposição sobre projecto fotográfico efectuado no território onde corre o rio Nabão, cuja “geografia sentimental” se desenha num percurso entre a nascente, em Ansião, e a foz, a Sudeste de Tomar, ao longo do qual nasceu João Henriques e a sua família.  

O título, de pendor afectivo e simbólico, alude ao conhecer, ao percorrer e ao sentir, dos sentimentos ou dos sentidos, onde as imagens procuram, todavia, exceder o sentimentalismo visual e as conexões autobiográficas, antes desdobrando-se em possibilidades de exploração estética, territorial e sensorial. 

“O primeiro álibi que usei para faltar às aulas foi o rio Nabão.  

Era Junho, andava no sexto ano, o calor e a aborrecida disciplina de Trabalhos Manuais impulsionaram o desejo de aventuras em águas mais refrescantes.  

Passados 30 anos retornei ao rio e a Tomar, donde saíra para prosseguir a vida, desta feita para estudar no Mestrado em Fotografia no IPT.   O mergulho físico nas águas foi substituído pelo visual, e intelectual, reencontrando um território ao longo do qual nasci eu, os meus pais, e a maioria da minha família, um lugar porventura próximo, mas paradoxalmente desconhecido.”  João Henriques

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Tomar Game Festival traz o mundo dos videojogos a Tomar

O Complexo Cultural da Levada vai ser palco, entre 27 e 29 de janeiro, do Tomar Game...

TomarIniciativas anuncia programa do Carnaval 2023

A TomarIniciativas já divulgou o programa do Carnaval 2023 em Tomar, evento que decorre entre 17 e...

Câmara perde vários recursos no processo judicial que envolve o edifício do antigo SMAS

Questionada pelo vereador Tiago Carrão (PSD), na reunião de câmara, na segunda feira, sobre a possibilidade de desistir do processo judicial que...

Torres Novas: dois detidos por caça em área de proteção

O Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo da Proteção Ambiental (NPA) de Torres Novas, deteve, no dia 22 de janeiro, dois...

Nova Nut2 da Lezíria do Tejo, Médio Tejo e Oeste aprovada em Bruxelas

A Comissão Europeia aprovou a constituição de uma nova NUT2 que vai unir Médio Tejo, Lezíria do Tejo e Oeste.

Encontro Nacional LEADER 2023 com lançamento do Plano Nacional da Alimentação equilibrada e sustentável

Teve lugar, entre 10 e 12 de janeiro, em Arouca, o Encontro Nacional LEADER 2023. A iniciativa foi...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -