fbpx
13 C
Tomar

Fernando Hilário: o homem que internacionalizou os forcados através do Grupo Lusitanos

Relacionadas

PJ emite comunicado sobre caso de agressão ocorrido na freguesia de Madalena/Beselga em Tomar

A Polícia Judiciária de Leiria emitiu, na tarde desta quarta-feira, 7 de dezembro, um comunicado relativo à...

PJ e GNR de Tomar procuram fugitivo que atacou mulher com violência

A PJ e GNR de Tomar encontram-se a tentar localizar um homem que, na sequência de uma...

Um livro que foge aos estereótipos para que haja sempre Natal

“O ratinho que encontrou um tesouro e outros contos de Natal” tem textos de Nuno Garcia Lopes,...

IPT promove sessão sobre o Programa Horizonte Europa direcionada a empresas da região

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do Gabinete de Apoio a Atividades de I&D, convidou, no...

Orçamento da Câmara de Tomar cresce para 51,6 milhões

A Câmara de Tomar aprovou na quarta-feira, 30 de novembro, um orçamento de 51,6 milhões de...
Ana Isabel Felício
Comecei a trabalhar no Jornal Cidade de Tomar em 1999. Já lá vão uns anitos. Depois de sair da Universidade e de todas as dúvidas e dificuldades que surgem, foi-se construindo um caminho de experiência, com muitas situações, muitas pessoas, muitas aventuras e, claro, muito trabalho. Ao fim de todos estes anos, apesar de todos os percalços que a vida nos vai dando, cá estou, todos os dias a fazer o meu trabalho o melhor que sei, aprendendo com os que me rodeiam e também ensinando alguma coisa.

Fernando Hilário, um dos mais emblemáticos forcados nacionais, vai ser homenageado na Corrida de Toiros à Portuguesa, no próximo sábado, dia 20 de agosto, às 22h00, na Praça de Toiros de Tomar.

Nascido na Dejusta, freguesia de Casais/Alviobeira, Fernando Hilário frequentou a escola primária na Várzea Grande, tendo como professor Urbano Rei, até à quarta classe, depois passou pelo Colégio Nun’ Álvares e foi aqui que a sua ligação à Festa dos toiros teve início.

Com a idade de 15 anos, em junho de 1966, estreou- -se na Praça de Toiros de Vila Nova da Barquinha, em representação do seu primeiro grupo, o do Colégio Nun´Álvares, iniciativa do então diretor do Colégio, Raúl Lopes, e impulsionado por Manuel Faia (forcado) que, na data, veio para Tomar como perfeito e entusiasmou os alunos, muitos deles alentejanos, a serem forcados.

Antes desta sua estreia, Fernando Hilário costumava, durante as férias, frequentar a casa do cavaleiro Pedro Louceiro, começando a ter práticas com cavalos, vacas e a tourear a pé. Foi nesta casa, como o próprio diz que “comecei as ter as primeiras luzes”.

Depois integrou o grupo do Colégio, mas com a morte de Raúl Lopes, o grupo termina a sua atividade, tendo Fernando Hilário ingressado no Grupo de Forcados Amadores de Lisboa, com Nuno Salvação Barreto, onde esteve dois anos.

Seguiu-se o Grupo de Santarém e, mais tarde, o Grupo de Montemor (ao tempo chefiado por António José Zuzarte), onde esteve durante seis anos.

Em 1979 fundou o Grupo Forcados Lusitanos, um grupo composto por elementos de vários outros grupos, com alguns tomarenses, tendo a sua estreia acontecido numa Corrida de Gala à Antiga Portuguesa na Monumental de Caracas (Venezuela) em dez de junho de 1979 e depois no México, na maior praça do mundo, com capacidade para 55 mil pessoas, onde marcou presença nove vezes, pegando cinco toiros, considerando ser emocionante pela quantidade de pessoas presentes. (…)

Uma notícia para ler na íntegra na edição impressa de 19 de agosto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

PJ emite comunicado sobre caso de agressão ocorrido na freguesia de Madalena/Beselga em Tomar

A Polícia Judiciária de Leiria emitiu, na tarde desta quarta-feira, 7 de dezembro, um comunicado relativo à...

PJ e GNR de Tomar procuram fugitivo que atacou mulher com violência

A PJ e GNR de Tomar encontram-se a tentar localizar um homem que, na sequência de uma...

Um livro que foge aos estereótipos para que haja sempre Natal

“O ratinho que encontrou um tesouro e outros contos de Natal” tem textos de Nuno Garcia Lopes, ilustrações de Daniela Homem e...

IPT promove sessão sobre o Programa Horizonte Europa direcionada a empresas da região

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do Gabinete de Apoio a Atividades de I&D, convidou, no dia 5 de dezembro, as...

Orçamento da Câmara de Tomar cresce para 51,6 milhões

A Câmara de Tomar aprovou na quarta-feira, 30 de novembro, um orçamento de 51,6 milhões de euros para 2023, “bastante acima...

Lar da Serra cria centro de fisioterapia para servir população

O Centro Social Paroquial Lar Nossa Senhora da Purificação, na Serra, está a divulgar o seu mais recente projeto, um centro de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -