fbpx
15.6 C
Tomar

Saiba como poupar nos gastos da sua casa com estes conselhos

Relacionadas

Sónia Pereira e Marco Marques são os reis do Carnaval de Tomar

Sónia Pereira e Marco Marques são este ano os reis do Carnaval de Tomar, conforme divulgado por...

Mais uma edição da Feira de S. Brás com muito sol, visitantes e novidades 

A Junta de Freguesia de Ferreira do Zêzere, realizou, no passado domingo, com o apoio da câmara,...

Empate na votação para o cargo de Provedor do Munícipe adia assunto para a próxima reunião de câmara

O nome proposto pelo município para o cargo de Provedor do Munícipe do Concelho de Tomar foi...

CACO dá o seu primeiro concerto ao vivo no Cine-Teatro Paraíso no dia 4 de março

No próximo dia 4 de março, sábado, a partir das 21h30, a tomarense CACO vai dar o...

Turismo Náutico é âncora para o desenvolvimento dos territórios do interior

O Turismo Náutico é uma âncora para o desenvolvimento dos territórios de interior e um atrativo para a fixação da população jovem na...

Poupar em casa é mais fácil do que pensa. Quando chega a hora de reduzir gastos, achamos sempre que o primeiro que se deve reduzir, são as despesas domésticas. É normal, pois não faltam motivos. Se fizer um orçamento dos gastos domésticos, facilmente vai perceber que a maioria dos gastos são relacionados com a casa e que grande parte do salário é absorvido neste campo.

Para evitar que se gaste tanto dinheiro, o Jornal “Cidade de Tomar”, juntamente com a Selectra, dá-lhe alguns conselhos que podem ajudar a cuidar das finanças da sua casa, e que se relacionam principalmente com a energia e também com a água.

Sabemos que os tempos estão complicados, pelo que a poupança pode começar já hoje, vamos a isso? Fique com os nossos conselhos:

  1. Apagar luzes sempre

Lembre-se do que lhe diziam os seus pais: apague sempre as luzes das divisões que não está a usar, abra as cortinas para aproveitar a luz do sol, aproveite o calor residual e ventile apenas quando necessário. Ouvimos estas dicas desde pequenos, mas será que as colocamos em prática?

  • Verifique a potência contratada com a sua fornecedora de eletricidade

Reduzir o custo da energia elétrica é complicado, mas não é impossível. De facto, é importante que reveja ao certo a potência contratada para não ter uma demasiado elevada e pagar mais sem ter essa necessidade. A maioria dos consumidores tem uma potência superior ao necessário para o fornecimento elétrico, acabando por pagar mais por isso. A potência contratada é um valor fixo que vem na fatura da luz, e por isso, quanto mais potência contratar, mais paga.

  • Opte por eletrodomésticos de baixo consumo

Na hora de trocar de eletrodomésticos, recomendamos que opte por aparelhos de baixo consumo. Os eletrodomésticos de baixo consumo energético, isto é, os mais eficientes, são aqueles que apresentam uma classificação energética com a letra A. As classes energéticas vão desde a letra A (a mais eficiente e de cor verde) à letra G (a menos eficiente e de cor vermelha). Os eletrodomésticos mais eficientes podem ser um pouco mais caros, mas a curto prazo vão ajudar a poupar nas contas da energia, e no caso de máquinas de lavar roupa e loiça também ajudam a reduzir os custos com a conta de água. 

  • Fique atento ao frigorífico

Todos os eletrodomésticos consomem muita eletricidade, mas o frigorífico é imbatível: cerca de 30% da conta mensal de eletricidade corresponde ao seu consumo. Recomenda-se não deixar a porta aberta mais tempo do que o necessário, não colocar alimentos quentes no interior e verificar a temperatura do termóstato em função da época do ano. Este truque é essencial para poupar em casa.

  • Verifique as suas contas de telefone e internet.

As operadoras de telecomunicações destes serviços tentarão que contrate o pacote mais completo, mas também o mais caro. Pense bem se realmente é necessário ter chamadas ilimitadas, quando apenas usa os dados móveis para contactar com família e amigos. Talvez com 100 minutos mensais seja o suficiente. Da mesma forma, acha necessário ter 300 MB de fibra óptica apenas para ler algumas páginas ou enviar emails? Se a sua operadora lhe fizer alguma proposta, pense se realmente vale a pena gastar tanto dinheiro por serviços que não vai usar.

Saiba ainda que no início do ano, o Governo lançou um apoio social para pagar menos pela internet. A tarifa social de internet já está disponível para os titulares do contrato com rendimentos mais baixos. Muito semelhante à tarifa social de energia, também são considerados elegíveis aqueles que usufruem de apoios sociais da segurança social, tais como rendimento social de inserção, abono de família, pensão de velhice e invalidez e subsídio de desemprego entre outros.

Se considerar ser elegível para beneficiar da tarifa social de internet, deve contactar a sua operadora de telecomunicações. Saiba ainda que o desconto é aplicado apenas na internet fixa, excluindo tarifas móveis e serviços de televisão.

  • Utilize lâmpadas LED

As lâmpadas incandescentes são recordadas devido ao seu alto consumo de energia. As lâmpadas LED permitem-nos poupar em média cerca de 200 euros por ano. Embora sejam mais caras, compensam muito a médio prazo.

  • Vá ao supermercado com uma lista

Não vale a pena cair na tentação de comprar por impulso. Os supermercados estão pensados ​​para que consuma cada vez mais. Para evitar isso, é importante focar-se na sua lista. Também recomendamos que não vá às compras com fome.

  • Compre online.

Vários sites podem ajudar a poupar muito dinheiro por ano, já que os seus preços costumam ser bastante competitivos. No caso de presentes, brinquedos, livros… quase sempre são a opção mais barata.

  • Poupe água

Tal como a conta de energia, a conta da água chega todos os meses, e é impossível não consumir água todos dias. Desta forma, uma das maneiras de poupar nas contas de água passa por:

  • Fechar as torneiras após utilizar;
  • Reaproveitar a água fria que sai antes de começar a tomar banho para regar ou para a limpeza da casa;
  • Evitar usar a sanita como caixote do lixo, já que isso obriga a mas descargas do autoclismo;
  • Prefira duches a banhos de imersão já que são gastos dezenas de litros em casa banho;
  • Use as máquinas de lavar roupa e loiça completamente cheias. Lavar apenas com metade da sua capacidade só fará gastar água e dinheiro no fim do mês.
  • Lave as frutas e legumes no pequeno alguidar ou tigela, e aproveite essa água para regar as suas plantas.

O primeiro passo para poupar dinheiro em casa é mudar a nossa mentalidade. Temos que incorporar todos estes hábitos de poupança nas nossas vidas diárias até que deixem de ser um esforço. Com isto, veremos como nossa capacidade de poupar aumenta a cada dia para avançarmos com os nossos projetos e sonhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Sónia Pereira e Marco Marques são os reis do Carnaval de Tomar

Sónia Pereira e Marco Marques são este ano os reis do Carnaval de Tomar, conforme divulgado por...

Mais uma edição da Feira de S. Brás com muito sol, visitantes e novidades 

A Junta de Freguesia de Ferreira do Zêzere, realizou, no passado domingo, com o apoio da câmara,...

Empate na votação para o cargo de Provedor do Munícipe adia assunto para a próxima reunião de câmara

O nome proposto pelo município para o cargo de Provedor do Munícipe do Concelho de Tomar foi o de José Pereira, ex-presidente...

CACO dá o seu primeiro concerto ao vivo no Cine-Teatro Paraíso no dia 4 de março

No próximo dia 4 de março, sábado, a partir das 21h30, a tomarense CACO vai dar o seu primeiro concerto ao vivo...

Turismo Náutico é âncora para o desenvolvimento dos territórios do interior

O Turismo Náutico é uma âncora para o desenvolvimento dos territórios de interior e um atrativo para a fixação da população jovem na região. Estas foram algumas das conclusões do...

Fernando Daniel na Festa dos Tabuleiros

Depois de “Os Quatro e Meia” e de Bárbara Bandeira, a Comissão da Festa dos Tabuleiros anunciou mais um artista que vai atuar na festa. Trata-se...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -