fbpx
13 C
Tomar

Congresso da Sopa de regresso saciou o apetite a 2600 apreciadores

Relacionadas

PJ emite comunicado sobre caso de agressão ocorrido na freguesia de Madalena/Beselga em Tomar

A Polícia Judiciária de Leiria emitiu, na tarde desta quarta-feira, 7 de dezembro, um comunicado relativo à...

PJ e GNR de Tomar procuram fugitivo que atacou mulher com violência

A PJ e GNR de Tomar encontram-se a tentar localizar um homem que, na sequência de uma...

Um livro que foge aos estereótipos para que haja sempre Natal

“O ratinho que encontrou um tesouro e outros contos de Natal” tem textos de Nuno Garcia Lopes,...

IPT promove sessão sobre o Programa Horizonte Europa direcionada a empresas da região

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do Gabinete de Apoio a Atividades de I&D, convidou, no...

Orçamento da Câmara de Tomar cresce para 51,6 milhões

A Câmara de Tomar aprovou na quarta-feira, 30 de novembro, um orçamento de 51,6 milhões de...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.

Foi no sábado, 7 de maio, e com temperaturas a fazer lembrar o Verão, que a ilha do Mouchão Parque, em Tomar, foi o palco indicado para acolher a 28ª edição do Congresso da Sopa, com a organização a contabilizar mais de 2600 congressistas de todas as idades, provenientes de várias localidades nacionais e estrangeiras.

As filas formaram-se muito antes das portas abrirem, pelas 12h30, sendo que à entrada foi vendido aos participantes o kit de congressista (tigela, copo e colher) para prova das mais de 40 sopas confecionadas pelos restaurantes e associações da região aderentes, bem como dos vinhos dos produtores regionais. Apesar das mais de quatro dezenas de variedades, o certo é que o estômago dos congressistas aguenta pouco mais de que 8/9 para homens e 4/5 para as senhoras. Pelo menos, segundo os congressistas com quem falamos à saída do evento, onde existia uma torneira ara lavar a taça e os utensílios. “Consegui comer 9 sopas… um bocadinho de cada, mas foram 9”, contou Luís Dias, que escolhe as sopas a provar pelo nome da casa, sublinhando que “as da terra são as melhores”.

Mais afastados encontramos dois amigos, abrigados do calor pela sombra das árvores frondosas do Mouchão. “Depende da quantidade que coloco na taça… talvez com esta sejam 6 ou 7 mas algumas já estou a repetir”, contou Manuel Santos, que escolhe as sopas consoante referências ou sugestões que recebe.

– Leia a reportagem completa na próxima edição semanal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

PJ emite comunicado sobre caso de agressão ocorrido na freguesia de Madalena/Beselga em Tomar

A Polícia Judiciária de Leiria emitiu, na tarde desta quarta-feira, 7 de dezembro, um comunicado relativo à...

PJ e GNR de Tomar procuram fugitivo que atacou mulher com violência

A PJ e GNR de Tomar encontram-se a tentar localizar um homem que, na sequência de uma...

Um livro que foge aos estereótipos para que haja sempre Natal

“O ratinho que encontrou um tesouro e outros contos de Natal” tem textos de Nuno Garcia Lopes, ilustrações de Daniela Homem e...

IPT promove sessão sobre o Programa Horizonte Europa direcionada a empresas da região

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do Gabinete de Apoio a Atividades de I&D, convidou, no dia 5 de dezembro, as...

Orçamento da Câmara de Tomar cresce para 51,6 milhões

A Câmara de Tomar aprovou na quarta-feira, 30 de novembro, um orçamento de 51,6 milhões de euros para 2023, “bastante acima...

Lar da Serra cria centro de fisioterapia para servir população

O Centro Social Paroquial Lar Nossa Senhora da Purificação, na Serra, está a divulgar o seu mais recente projeto, um centro de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -