fbpx
14.9 C
Tomar

Fátima Garcia: “Fui eu que escolhi o fado ou foi o fado que me escolheu a mim”

Relacionadas

Sapadores da CIM do Médio Tejo apresentam balanço mensal

As Brigadas de Sapadores da CIM do Médio Tejo continuam a realizar um conjunto de intervenções florestais nos concelhos...

Entrada no horário de inverno é já este domingo

A entrada no horário de inverno é já este domingo, dia 31 de outubro.

Covid-19: Tomar e Ourém com metade das infeções ativas na região

Estão a aumentar o número de infeções por Covid-19 nos 11 concelhos que integram o ACES Médio...

“Meninas Pouco Exemplares e o Músico Irrepreensível” no Cine-Teatro Paraíso Tomar

No próximo dia 6 de novembro, o Cine-Teatro Paraíso Tomar acolhe a peça "Meninas Pouco Exemplares e...

Centro Qualifica entregou diplomas a técnicos de Proteção Civil e Bombeiros em cerimónia solene

Decorreu, no passado dia 22 de outubro, no auditório da Escola Jácome Ratton, a cerimónia solene de...
Ana Isabel Felício
Ana Isabel Felício
Comecei a trabalhar no Jornal Cidade de Tomar em 1999. Já lá vão uns anitos. Depois de sair da Universidade e de todas as dúvidas e dificuldades que surgem, foi-se construindo um caminho de experiência, com muitas situações, muitas pessoas, muitas aventuras e, claro, muito trabalho. Ao fim de todos estes anos, apesar de todos os percalços que a vida nos vai dando, cá estou, todos os dias a fazer o meu trabalho o melhor que sei, aprendendo com os que me rodeiam e também ensinando alguma coisa.

Com raízes na Linhaceira, a fadista Fátima Garcia, 39 anos, a viver atualmente em Lisboa, apresentou o seu segundo CD, intitulado “Prece”, no passado dia 22 de setembro, na Gala do Fado, no Cine Teatro Paraíso, organizada pelos Amigos do Fado. Este trabalho e a sua paixão pelo fado foram os temas de conversa com a Rádio Cidade de Tomar.

RCT – A Fátima Garcia é tomarense, nasceu onde?

Fátima Garcia – Eu nasci em França, os meus pais eram emigrantes e eu nasci lá, mas aos oito anos regressaram a Portugal para a terra do meu pai (Tomar) onde vivi toda a minha infância. Aos 18 anos fui embora para estudar Sociologia, curso que apesar de ter não exerço. Quando terminei o curso fui para Lisboa, onde estou até hoje.

– Como surgiu o fado?

Eu sempre cantei em miúda, mas não fado e nunca quis ser cantora porque era envergonhada, apesar de as pessoas me dizerem que eu devia ser porque cantava bem. O que eu conhecia do fado era de ouvir a minha mãe a cantar lá por casa, mas quando cheguei a Lisboa, comecei a ter mais contato com o fado através das casas de fado. Fui eu que escolhi o fado, ou foi o fado que me escolheu a mim.

– Não exerce o curso de Sociologia, então vive do fado?

Sim, mas não só. Trabalho nalgumas casas de fado em Lisboa, exemplo da “Severa” e tenho uma empresa de Origami, através da qual trabalho para empresas, faço workshops, trabalho a nível de decoração de restauração, entre outros.

José António – Edição impressa: Ana I. Felício

Uma entrevista para ler na íntegra na edição impressa de 15 de outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Sapadores da CIM do Médio Tejo apresentam balanço mensal

As Brigadas de Sapadores da CIM do Médio Tejo continuam a realizar um conjunto de intervenções florestais nos concelhos...

Entrada no horário de inverno é já este domingo

A entrada no horário de inverno é já este domingo, dia 31 de outubro.

Covid-19: Tomar e Ourém com metade das infeções ativas na região

Estão a aumentar o número de infeções por Covid-19 nos 11 concelhos que integram o ACES Médio Tejo. Os concelhos de Tomar...

“Meninas Pouco Exemplares e o Músico Irrepreensível” no Cine-Teatro Paraíso Tomar

No próximo dia 6 de novembro, o Cine-Teatro Paraíso Tomar acolhe a peça "Meninas Pouco Exemplares e o Músico Irrepreensível", com Com...

Centro Qualifica entregou diplomas a técnicos de Proteção Civil e Bombeiros em cerimónia solene

Decorreu, no passado dia 22 de outubro, no auditório da Escola Jácome Ratton, a cerimónia solene de entrega de diplomas através de...

Duas pessoas sofreram ferimentos em despiste de trator

Ontem, terça feira, pelas 17h24 os Bombeiros Municipais de Tomar foram acionados para um despiste de um trator agrícola na localidade de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -