fbpx
21.6 C
Tomar

Penáltis ditam a segunda derrota no play-off… e o final de época para os leões de Tomar

Relacionadas

Idoso desaparecido localizado com vida pela GNR

O Comando Territorial de Santarém, através do Destacamento Territorial de Tomar, localizou, no dia 25 de junho, um homem...

Jorge Gaspar assume candidatura à Comissão Política da Distrital de Santarém do PSD

Consciente de que “há muito para mudar no PSD para que o Partido volte a merecer a...

Casa do Pessoal do IPT assinala Dia das Nações Unidas para o Serviço Público com ação de voluntariado no CIRE

A Casa do Pessoal do Instituto Politécnico de Tomar (IPT) assinalou o Dia das Nações Unidas para...

10.ª “Gala Vinhos do Tejo 2022” distingue excelência da região

Realizou-se na noite de sábado, 25 de junho, a “10.ª Gala Vinhos do Tejo 2022”, que juntou...

Urgência de Ginecologia-Obstetrícia do CHMT em situação de contingência

A urgência de Ginecologia-Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), localizada na Unidade de Abrantes, vai...

Era um jogo onde só a vitória interessava ao Sp. Tomar/IPT. No entanto, após ter estado em vantagem no tempo regulamentar (1-0 e 3-1), a equipa tomarense acabou por ser batida pelo Ó. Barcelos no desempate por grandes penalidades (1-2), sendo assim eliminada nos quartos de final do play-off do principal campeonato nacional.

Depois de ter perdido (7-4), no passado sábado, no Municipal de Barcelos, este embate, na cidade do Nabão, assumia caráter decisivo para os pupilos de Nuno Lopes (ficou na bancada, a cumprir o terceiro de cinco jogos de castigo).

A primeira parte terminou sem golos, sinal de alguma falta de pontaria, mas também de grandes exibições dos dois guarda-redes, Francisco Veludo e Constantino ‘Conti’ Acevedo, internacionais pelas seleções de Angola e Argentina.

Adiantou-se o Sp. Tomar/IPT, já no décimo minuto da segundo tempo, por Rúben Sousa, na cobrança de um livre direto (décima falta do Ó. Barcelos).

Mas a equipa minhota respondeu volvidos apenas 15 segundos, também de bola parada (grande penalidade), pelo capitão Luís Querido (1-1).

Voltou a equipa leonina ao comando do marcador (2-1) no minuto 40, numa excelente execução técnica do jovem Lucas Honório.

Rúben Sousa, passado menos de dois minutos, reforçou a vantagem leonina (3-1), em mais um livre direto (cartão azul a Rafael Lourenço).

O capitão Luís Querido reduziu para a diferença mínima (3-2), já a menos de seis minutos do final, novamente de grande penalidade.

Os leões de Tomar tentavam suster a reação do adversário… Rúben Sousa, em mais dois lances de bola parada (livre direto e grande penalidade), não conseguiu repor a diferença de dois golos. Veludo também negou do empate a Darío Giménez, num livre direto (cartão azul a Ivo Silva).

Contudo, foi também de livre direto (15.ª falta do Sp. Tomar/IPT), a pouco mais de dois minutos do final, que Giménez bateu o guardião leonino (3-3)… e forçou o prolongamento!

Não se registaram golos nos 10 minutos (5+5) de tempo extra, pelo que houve necessidade de recorrer às grandes penalidades para encontrar o vencedor deste segundo encontro.

Alexandre ‘Xanoca’ Marques ainda colocou a equipa tomarense na frente, mas dois golos de Tomás Pereira (com alguma sorte), acabaram por dar a vitória ao Ó. Barcelos e a consequente passagem às meias-finais do play-off.

Além da equipa barcelense, seguem já em frente o FC Porto (ganhou em Viana do Castelo por 1-3) e o Sporting (venceu em Valongo por tangencial 2-3).

O confronto entre Benfica e Oliveirense vai ser decidido no terceiro jogo (na próxima quarta feira, 5 de maio), depois da vitória folgada das águias (1-6), esta tarde, em Oliveira de Azeméis.

A derrota do Sp. Tomar/IPT, com grande dose de frustração, significa o final de uma época que começou há quase um ano, com a preparação para a ‘liguilha’ de acesso à 1.ª Divisão. O primeiro lugar nessa prova de abertura, deu aos leões o ‘passaporte’ para o principal campeonato nacional… onde foram um dos destaques: sexto lugar na fase regular, logo atrás dos cinco assumidos candidatos ao título.

Em dezembro do ano passado, no final da primeira volta do campeonato, a equipa leonina ainda participou na primeira edição da Taça 1947, tendo sido eliminada, pelo Sporting (5-3), nas meias-finais.

Foi, apesar de alguns percalços e frustrações, uma época de boa memória para o clube tomarense…

Foto: António ‘Tozé’ Antunes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Idoso desaparecido localizado com vida pela GNR

O Comando Territorial de Santarém, através do Destacamento Territorial de Tomar, localizou, no dia 25 de junho, um homem...

Jorge Gaspar assume candidatura à Comissão Política da Distrital de Santarém do PSD

Consciente de que “há muito para mudar no PSD para que o Partido volte a merecer a...

Casa do Pessoal do IPT assinala Dia das Nações Unidas para o Serviço Público com ação de voluntariado no CIRE

A Casa do Pessoal do Instituto Politécnico de Tomar (IPT) assinalou o Dia das Nações Unidas para o Serviço Público, dia 29...

10.ª “Gala Vinhos do Tejo 2022” distingue excelência da região

Realizou-se na noite de sábado, 25 de junho, a “10.ª Gala Vinhos do Tejo 2022”, que juntou mais de 300 pessoas numa...

Urgência de Ginecologia-Obstetrícia do CHMT em situação de contingência

A urgência de Ginecologia-Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), localizada na Unidade de Abrantes, vai estar em situação de contingência...

Associação de Dadores Benévolos de Sangue do Hospital de Tomar celebra o 28.º aniversário e reforça apelo à dádiva

Foi com um almoço convívio onde foram homenageados muitos dadores, que a Associação de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -