fbpx
17.3 C
Tomar

Autogolo acabou com o sonho do Carvalhos de Figueiredo da Taça de Portugal de futsal

Relacionadas

Frustrante! Um autogolo de Mário Capela, a pouco mais de um minuto do final, ditou a saída do Carvalhos de Figueiredo da Taça de Portugal de futsal, logo na primeira eliminatória. Na estreia em competições nacionais, a equipa tomarense perdeu, em casa emprestada – o Pavilhão D. Nuno Álvares Pereira -, frente ao Mata/AAUBI, por tangencial 1-2.

Foi um embate, disputado em horário matinal – 11.00 horas –, entre opositores de diferentes divisões: o Carvalhos de Figueiredo participa no Distrital de Santarém e o Mata estreou-se esta época na 2.ª Divisão nacional (Série D).

A equipa tomarense, entregando a posse de bola ao adversário, passou por algumas aflições na fase inicial, valendo então uma mão cheia de boas intervenções do guarda-redes Ivo Silva. Com o correr dos minutos, os pupilos de João Venâncio foram acertando posições defensivas… e arriscando saídas no contra-ataque!

Criaram assim várias ocasiões de golo… que acabou por acontecer a pouco mais de três minutos para o intervalo, por Marco ‘Mantorras’ Ferreira, em finalização da esquerda após passe de Daniel Nunes (que, segundos antes, tinha permitido a defesa ao guardião Cláudio Nunes).

China, a poucos segundos do descanso, sozinho diante do guarda-redes, perdeu excelente oportunidade para reforçar a vantagem no marcador.

A segunda parte não foi muito diferente: a equipa da Covilhã pressionava… mas encontrava pela frente uma coesa ‘muralha’ tomarense. Contudo, no minuto 28, Dani Rodrigues atirou forte da zona frontal… e bateu Ivo Silva, repondo a igualdade no marcador (1-1).

Na reta final, com menor frescura física (este era apenas o terceiro jogo oficial, esta época), a equipa de Carvalhos de Figueiredo já não conseguiu aproveitar da melhor forma o adiantamento do adversário…

E o golo que decidiu a eliminatória foi marcado a um minuto e cinco segundos do final: remate de Vinícius Pereira da direita, defesa de Ivo Silva… e a bola tabelou em Capela e entrou na baliza (1-2)!

Apesar do resultado desfavorável, a equipa tomarense deixou uma imagem muito positiva, sobretudo pelo espírito guerreiro e coesão defensiva.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas

Investidores internacionais confiam no mercado chinês

As autoridades chinesas acabam de divulgar (no dia 17 de Junho corrente) o desempenho da economia daquele país no...

“Jardim de Luz” deu mais encanto noturno ao Mouchão

O Mouchão Parque em Tomar ganhou mais encanto na noite de sábado, 15 de junho, com a exibição de...
- Advertisement -

Mais notícias