fbpx
15.7 C
Tomar

Ricardo Rebelo apresenta “Popi Toys”, um divertido projeto musical infantil

Relacionadas

Diogo Pinto confirmado no Vilafranquense… por empréstimo do Ascoli

Diogo Pinto está confirmado como reforço do Vilafranquense até ao final desta época. O médio, de 21...

Competições distritais de futebol e futsal em risco de não serem concluídas

As provas organizadas pela Associação de Futebol de Santarém (AFS) estão em risco de não serem finalizadas...

Vila de Rei: surto de Covid-19 com 12 infetados circunscrito ao Centro de Acolhimento de S. João do Peso

Onze utentes e um funcionário (não residente no Concelho de Vila de Rei) do Centro de Acolhimento...

Deputados do PSD apresentam recomendação para urgente requalificação da Escola EB 2,3/S Pedro Ferreiro

O Grupo Parlamentar do PSD apresentou na Assembleia da República uma iniciativa parlamentar que visa obrigar o...

Covid-19: distrito de Santarém com 385 mortos

Nos 21 concelhos do distrito de Santarém já morreram 385 pessoas, vítimas de infeção por Covid-19. Nesta...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.


Ricardo Rebelo, músico tomarense, esteve nos estúdios da Rádio e Jornal “Cidade de Tomar” para nos falar também do seu projeto musical infantil Popi Toys, que pode ser conhecido em www.popitoys.pt . Uma oportunidade para conhecermos o percurso de alguém que sempre quis ser músico e fez o sonho conhecer a concretização.


Jornal e Rádio e Cidade Tomar – Quem é o Ricardo Rebelo?
Ricardo Rebelo – Sou um músico que se interessa por todos os aspetos da música, desde a composição, os arranjos, a produção, interpretação, letras… a música acaba por ser a interseção de todos estes vetores. Sendo eu a tocar quase todos os instrumentos… é um mundo que me fascina! É
tentar criar Universos com música!

Foi alguém que tinha a paixão da música, assumiu essa paixão e fez da música um modo de vida?
Sim, foi quase um “chamamento”! Toda a minha vida esteve
profundamente ligada à música. Tendo sido como professor de música, ou a tocar ao vivo, está no meu ADN.

O Ricardo é de Tomar. Quando é que a música entrou na sua vida e tomou a decisão, corajosa, de viver da música?
Isso é muito poético. A realidade é sempre mais dura… Eu penso que não decidi nada. A decisão foi-se fazendo. Já que gostava de música, os meus pais queriam que eu aprendesse formalmente. Comecei por ir para a Nabantina aprender Solfejo com 5 anos, posteriormente fui para o Conservatório. Fiz o percurso, era bom aluno, mas, com todo o respeito que tenho pelo meio académico, sinto que aprendi muito mais autodidaticamente e, em contacto com outros músicos. Nunca imaginei que viria a ser músico profissional, mas quando gostamos perseguimos os nossos sonhos, independentemente da opinião dos outros. Haverá sempre pessoas que gostam e, outras que nem por isso, mas o meu foco está na música e no aperfeiçoamento do meu trabalho.

– Leia a entrevista completa na edição que vai para as bancas esta quinta-feira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Diogo Pinto confirmado no Vilafranquense… por empréstimo do Ascoli

Diogo Pinto está confirmado como reforço do Vilafranquense até ao final desta época. O médio, de 21...

Competições distritais de futebol e futsal em risco de não serem concluídas

As provas organizadas pela Associação de Futebol de Santarém (AFS) estão em risco de não serem finalizadas...

Vila de Rei: surto de Covid-19 com 12 infetados circunscrito ao Centro de Acolhimento de S. João do Peso

Onze utentes e um funcionário (não residente no Concelho de Vila de Rei) do Centro de Acolhimento de São João do Peso...

Deputados do PSD apresentam recomendação para urgente requalificação da Escola EB 2,3/S Pedro Ferreiro

O Grupo Parlamentar do PSD apresentou na Assembleia da República uma iniciativa parlamentar que visa obrigar o governo, e em particular o...

Covid-19: distrito de Santarém com 385 mortos

Nos 21 concelhos do distrito de Santarém já morreram 385 pessoas, vítimas de infeção por Covid-19. Nesta altura o total acumulado de...

Remoção de fibrocimento nas escolas arranca esta semana

Na segunda feira, dia 25 de janeiro, o Município de Tomar consignou as obras de substituição das coberturas de fibrocimento nas escolas...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -