fbpx
12.4 C
Tomar

Protocolos da Secretaria de Estado das Comunidades formalizam gabinetes de apoio ao emigrante no Médio Tejo

Relacionadas

Fátima SAD chegou ao fim… e equipa sai do Campeonato de Portugal

O desfecho já era esperado: chegou ao fim o projeto ambicioso do Fátima SAD. A equipa da...

Carlos Gonçalves deixa comando dos Bombeiros de Tomar

Carlos Gonçalves confirma que deixa o comando dos Bombeiros de Tomar e, por agora, diz não comentar...

Wasim Tana: um estrangeiro no seu próprio país que encontrou um lar em Tomar

Chama-se Wasim Tana, nasceu na Líbia, viveu algum tempo na Turquia e está há cerca de três...

Célia Bonet e Fátima Duarte candidatam-se à presidência do CIRE

Há duas listas a disputar as eleições marcadas, para dia 11 de dezembro, sexta feira, no Centro...

Covid-19: Médio Tejo soma mais 53 casos positivos

O Médio Tejo registou, no primeiro dia de dezembro, 53 novos casos positivos de pessoas infetadas com...

Dezoito anos depois de terem sido criados pelo Secretário de Estado das Comunidades do PSD e agora deputado José de Almeida Cesário, de forma a apoiar os emigrantes portugueses nos seus concelhos de naturalidade, nas suas chagadas ou a todos os que queiram emigrar, os mesmos chegam a alguns concelhos do Médio tejo e  na reunião do Conselho Intermunicipal do, dia 30 de julho, ficou marcada pela assinatura dos protocolos celebrados com a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas e os municípios da região do Médio Tejo, que têm como objetivo a constituição dos Gabinetes de Apoio ao Emigrante (GAE).

O momento foi formalizado na Câmara Municipal de Ourém, local escolhido para a reunião deste Conselho, na presença da Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes (ex-presidente câmara de Alfândega da Fé), e dos autarcas que entrarão nesta fase no processo. De salientar que os municípios de Ourém, Sardoal e Vila de Rei foram os primeiros a dispor de Gabinetes de Apoio ao Emigrante, os quais se encontram a funcionar em pleno nos seus territórios. Atualmente, e após esta formalização, o Médio Tejo ficará, praticamente, abrangido pela existência destes gabinetes, que se revestem de grande importância.

Segundo o portal das Comunidades Portuguesas, os GAE destinam-se a todos os portugueses que estão emigrados, aqueles que já regressaram, assim como todos os cidadãos que pretendam iniciar um processo migratório. No que diz respeito a objetivos, os GAE deverão informar todos os portugueses dos seus direitos sobre os países de acolhimento, apoiar no regresso e reinserção em Portugal, contribuindo para a resolução de eventuais problemas, de forma rápida, gratuita e personalizada, facilitando o seu contacto e articulação com outros serviços da Administração Pública Portuguesa. O Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE) é uma estrutura de apoio aos emigrantes residentes ou não em Portugal, bem como aos seus familiares, mediante a celebração de um Protocolo de Colaboração entre a Direção Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas (DGACCP) e os Municípios.

Estes Gabinetes prestam um serviço gratuito aos munícipes que estejam ou tenham estado emigrados, aos que estão em vias de regresso, aos que residem ainda no país de acolhimento e aqueles que desejam emigrar. De referir que os Gabinetes Apoio ao Emigrante estão tecnicamente habilitados para tratar de: Assuntos de segurança social estrangeira, comunitária e extracomunitária; Acompanhamento de processos em todas as questões do âmbito da segurança social, tais como: Pedidos de pensões de velhice, invalidez e sobrevivência; Prestações de acidentes de trabalho; Prestações de Abono de Família e desemprego; Prestações de previdência profissional – 2º LPP (Fundos – Suíça); Legalização de viatura e isenção de Imposto automóvel, por ocasião de transferência definitiva de residência para Portugal, entre outros.

A 3 de junho de 2020, encontram-se protocolados 157 GAE: 153 com Câmaras Municipais e 4 com Juntas de Freguesias. Dos 157 GAE protocolados, 144 estão em funcionamento, encontrando-se os restantes em fase de instalação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Fátima SAD chegou ao fim… e equipa sai do Campeonato de Portugal

O desfecho já era esperado: chegou ao fim o projeto ambicioso do Fátima SAD. A equipa da...

Carlos Gonçalves deixa comando dos Bombeiros de Tomar

Carlos Gonçalves confirma que deixa o comando dos Bombeiros de Tomar e, por agora, diz não comentar...

Wasim Tana: um estrangeiro no seu próprio país que encontrou um lar em Tomar

Chama-se Wasim Tana, nasceu na Líbia, viveu algum tempo na Turquia e está há cerca de três anos em Tomar, no IPT,...

Célia Bonet e Fátima Duarte candidatam-se à presidência do CIRE

Há duas listas a disputar as eleições marcadas, para dia 11 de dezembro, sexta feira, no Centro de Integração e Reabilitação de...

Covid-19: Médio Tejo soma mais 53 casos positivos

O Médio Tejo registou, no primeiro dia de dezembro, 53 novos casos positivos de pessoas infetadas com o coronavírus atingindo um total...

Dia Nacional da Imprensa a 17 de dezembro

No Dia Nacional da Imprensa, a 17 de dezembro, a Associação Portuguesa de Imprensa (API) vai apresentar online o tema “Luta contra...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -