fbpx
26 C
Tomar

Oposição considera governação socialista no “caminho do desaire financeiro”

Relacionadas

Idoso desaparecido localizado com vida pela GNR

O Comando Territorial de Santarém, através do Destacamento Territorial de Tomar, localizou, no dia 25 de junho, um homem...

Jorge Gaspar assume candidatura à Comissão Política da Distrital de Santarém do PSD

Consciente de que “há muito para mudar no PSD para que o Partido volte a merecer a...

Casa do Pessoal do IPT assinala Dia das Nações Unidas para o Serviço Público com ação de voluntariado no CIRE

A Casa do Pessoal do Instituto Politécnico de Tomar (IPT) assinalou o Dia das Nações Unidas para...

10.ª “Gala Vinhos do Tejo 2022” distingue excelência da região

Realizou-se na noite de sábado, 25 de junho, a “10.ª Gala Vinhos do Tejo 2022”, que juntou...

Urgência de Ginecologia-Obstetrícia do CHMT em situação de contingência

A urgência de Ginecologia-Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), localizada na Unidade de Abrantes, vai...

Na reunião do executivo, na segunda feira, foi apresentado o Relatório de Execução do Orçamento referente ao 1.º quadrimestre de 2022, relatório redigido pelo Chefe da Divisão Financeira. Segundo os vereadores do PSD, este relatório “pinta um cenário bastante negro para as finanças municipais, chamando a atenção para muitas das questões que o PSD de Tomar tem vindo a alertar”.

Num primeiro capítulo dedicado à receita, são notórias, segundo o PSD, “as dificuldades do município em arrecadar as receitas correntes previstas, tendo já decorrido um terço do ano, mas tendo cobrado apenas 16,5% do previsto para 2022. Já as receitas de capital têm uma variação negativa de 42%, o que nos levanta sérias dúvidas sobre o financiamento para as intenções anunciadas”.

No capítulo da despesa, o PSD considera que “a situação é alarmante, pela análise dos dados e considerações do Chefe da Divisão Financeira. Desde logo, pela despesa com pessoal que continua numa trajetória de significativo crescimento e que aumentou 42% quando comparada com 2018, ou seja, em apenas quatro anos há um aumento tremendo na despesa com pessoal que, como referido no relatório, o que vai continuar a comprometer a gestão do município e a agravá-la”. Ainda nas despesas correntes, o PSD destaca a aquisição de serviços que sobe de 1,4M€ em 2021 para 2,18M€ em 2022, um aumento de mais de 55,7% que, como refere a Divisão Financeira. (…)

Uma notícia na íntegra na edição impressa de 20 de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Idoso desaparecido localizado com vida pela GNR

O Comando Territorial de Santarém, através do Destacamento Territorial de Tomar, localizou, no dia 25 de junho, um homem...

Jorge Gaspar assume candidatura à Comissão Política da Distrital de Santarém do PSD

Consciente de que “há muito para mudar no PSD para que o Partido volte a merecer a...

Casa do Pessoal do IPT assinala Dia das Nações Unidas para o Serviço Público com ação de voluntariado no CIRE

A Casa do Pessoal do Instituto Politécnico de Tomar (IPT) assinalou o Dia das Nações Unidas para o Serviço Público, dia 29...

10.ª “Gala Vinhos do Tejo 2022” distingue excelência da região

Realizou-se na noite de sábado, 25 de junho, a “10.ª Gala Vinhos do Tejo 2022”, que juntou mais de 300 pessoas numa...

Urgência de Ginecologia-Obstetrícia do CHMT em situação de contingência

A urgência de Ginecologia-Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), localizada na Unidade de Abrantes, vai estar em situação de contingência...

Associação de Dadores Benévolos de Sangue do Hospital de Tomar celebra o 28.º aniversário e reforça apelo à dádiva

Foi com um almoço convívio onde foram homenageados muitos dadores, que a Associação de...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -