fbpx
16.3 C
Tomar

Filipe Cartaxo: “Queremos estar mais próximos, ter mais ligação e comunicar mais com os sócios”

Relacionadas

Concurso “Dá-me uma tampa!” recolhe 1067 garrafões de tampinhas

A turma A do 11.º ano da ESSMO dinamizou um projeto ao longo do ano letivo que...

13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo

A 13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo, dia 26 de junho, numa organização...

Marco Marques continua no comando da equipa principal do U. Tomar

Marco Marques vai manter-se como treinador principal da equipa sénior de futebol do U. Tomar!

José Pedro e João Tarana: “Nós queremos é que os sócios, simpatizantes, conhecidos e desconhecidos venham à Gualdim Pais”

No próximo dia 9 de julho, sábado, pelas 22h00, na Praça de Touros, vai ter lugar um...

Município de Tomar recebe distinção “Turismo Militar Português 2021”

O Município de Tomar, a par de outros municípios nacionais, foi distinguido no passado dia 18 de...

Filipe Cartaxo é o novo presidente do SCOCS, desde 30 de janeiro de 2022. O “Cidade de Tomar” falou com ele sobre as iniciativas e atividades da coletividade, sobre a aldeia em que está inserido e, como não podia deixar de ser, sobre o Festival Bons Sons que regressa este ano a Cem Soldos, em força.

Cidade Tomar – O Filipe Cartaxo é o novo presidente, mas esta é uma casa que conhece muito bem?

Filipe Cartaxo – Sim, eu vivo ao lado da associação e, quando era pequeno, os meus primos faziam parte da associação, aliás estão lá desde quase a sua fundação, há 30 anos, e já o pai, portanto, o meu tio, o Manuel Cartaxo, foi presidente da mesma. Eu sempre gostei daquela vivência, dos barulhos de montar a festa. Quando os Bons Sons começaram tinha eu dez anos. Sempre gostei de ir para a associação e estar envolvido. Tanto que, em 2013/2014 fui convidado a entrar na direção, mas considerei que não estava preparado e, na data, o Miguel quis avançar e fez muito bem, eu preferi ficar na retaguarda.

– Que atividades destaca do SCOCS?

Desde a sua fundação, em 1981, há a destacar, a nível desportivo, o atletismo, o futsal, judo, yoga, halterofilismo, ginástica de manutenção, mas a que se destaca mais é o judo com 60/70 atletas por ano e sempre a entrar miúdos novos. O halterofilismo também tem vindo a crescer há cerca de quatro/cinco anos. A nível cultural, temos a Mostra de Teatro, que já vai para a 26.ª edição e é uma das marcas mais antigas e este ano vai acontecer entre 13 e 29 de maio. Durante a pandemia, não parámos, fizemos foi esta mostra de uma forma diferente. Para além disso, temos os fados, os arraiais, a Festa do Vinho, bailes dos anos 20, torneio de matraquilhos, que fizemos em fevereiro e teve um grande impacto. Depois há vários projetos aos quais estamos ligados como o da Escola-Aldeia, ligado à área social e que tem tido muito sucesso, com alunos até de outras aldeias e já tivemos até alunos de Ferreira do Zêzere em Cem Soldos.

– O que destaca neste projeto?

O objetivo é tentar usufruir da aldeia o mais possível. Além do que se faz na sala de aula, permite experienciar o que se faz na aldeia, por exemplo fazer os bolinhos dos Santos, visitar a serralharia da aldeia, ou seja, experienciar tudo o que faz parte da aldeia. As crianças vão passando pela aldeia e interagem com os moradores, o que dá vida à aldeia. Depois temos o projeto Lar-Aldeia, onde já temos algumas coisas implementadas, por exemplo, as refeições take-away. Pretendemos também fazer um documentário com as pessoas mais idosas e workshops com as crianças, por exemplo ao nível da costura. (…)

Ana Isabel Felício

Elsa Lourenço

Entrevista para ler na íntegra na edição impressa de 15 de abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Concurso “Dá-me uma tampa!” recolhe 1067 garrafões de tampinhas

A turma A do 11.º ano da ESSMO dinamizou um projeto ao longo do ano letivo que...

13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo

A 13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo, dia 26 de junho, numa organização...

Marco Marques continua no comando da equipa principal do U. Tomar

Marco Marques vai manter-se como treinador principal da equipa sénior de futebol do U. Tomar! Confirmada a continuidade do...

José Pedro e João Tarana: “Nós queremos é que os sócios, simpatizantes, conhecidos e desconhecidos venham à Gualdim Pais”

No próximo dia 9 de julho, sábado, pelas 22h00, na Praça de Touros, vai ter lugar um espetáculo de Herman José com...

Município de Tomar recebe distinção “Turismo Militar Português 2021”

O Município de Tomar, a par de outros municípios nacionais, foi distinguido no passado dia 18 de junho, em Porto de Mós,...

CaminHaTA para os tomarenses

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de mil milhões de pessoas sofrem de Hipertensão Arterial (HTA), que é um dos...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -