fbpx
18.3 C
Tomar

U. Tomar passou dos sustos… à goleada e, assim, reforçou a liderança do campeonato distrital

Relacionadas

Expoégua: o momento em que a Golegã, a Capital do Cavalo enaltece a égua

Exposição de éguas e poldros, Romaria, Prova de Vinhos do Tejo, entre outras...

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023, equipa que irá acompanhar o...

Regimento de Infantaria N.º 15 assinalou 216.º aniversário com exposição sobre “Os Novos Templários ao Serviço da Paz”

O Regimento de Infantaria N.º 15 (RI15), em Tomar, assinalou, no passado dia 19 de maio, o 216.º aniversário,...

Ramal de Tomar: início dos trabalhos de proteção anticorrosiva na Ponte da Bezelga

A Infraestruturas de Portugal deu início aos trabalhos de tratamento anticorrosivo na Ponte da Bezelga, localizada ao...

Leões de Tomar começaram o ‘play-off’ do campeonato com pesada derrota no Porto

Quatro dias depois da eliminação da Liga Europeia (nas meias finais, diante do Valongo, no desempate por...

Dificuldades no início, goleada no final! No regresso a casa, depois da vitória a meio da semana (quarta feira, feriado) no Cartaxo (1-2), o U. Tomar tinha pela frente o sempre complicado Abrantes e Benfica, vice-campeão distrital na época passada.

E as dificuldades para a equipa tomarense aumentaram logo no minuto 7. Os abrantinos, na primeira situação em que conseguiram chegar à área, colocaram-se em vantagem: má coordenação entre a defesa unionista e o guarda-redes Ivo Cristo (saiu precipitadamente…) e João Marchão atirou para a baliza deserta, abrindo assim o marcador (0-1).

A resposta do U. Tomar surgiu logo no minuto seguinte, mas o golo foi anulado por posição irregular (indicação dada pelo auxiliar Carlos Covão).

Novo susto para a equipa de Filipe Pinto, volvidos apenas três minutos, após rápido ataque pela esquerda… Guilherme Graça, no sítio certo (à boca da baliza), resolveu o problema!

Guilherme Nunes entrou em campo no minuto 14, substituindo o lesionado Anderson Nascimento… e foi um dos destaques deste encontro.

Tiago Vieira, no minuto imediato, em remate frontal, permitiu a defesa a João Rosa. No outro lado, na sequência de um canto, ao remate de cabeça de João Reis… apenas faltou levar a direção certa!

Com o U. Tomar já novamente por cima, o empate chegou ao minuto 34: num canto, cobrado na esquerda, Chrystian Pedroso rematou de cabeça… a bola bateu na trave e depois no relvado, já dentro da baliza (golo assinalado de pronto pelo auxiliar Carlos Covão).

A reviravolta esteve perto de ser consumada no minuto 42: Guilherme Nunes avançou pela direita, tocou a bola para trás e Chrystian finalizou… o lateral Miguel Catarino evitou o golo unionista, a pouco mais de um metro da linha de baliza!

Wemerson Silva, logo no primeiro minuto da segunda parte, após desmarcação pela esquerda, não conseguiu ultrapassar o guardião João Rosa.

Contudo, apesar do maior caudal ofensivo dos unionistas, foi o Abrantes e Benfica que esteve perto do segundo golo, no minuto 56: João Marchão, na sequência de um rápido ataque pela esquerda, ficou isolado e, já da direita, rematou cruzado… ao lado da baliza de Ivo Cristo!

Não aproveitou a equipa abrantina… marcou o U. Tomar (2-1), volvidos cinco minutos: Wemerson Silva, a finalizar um lance pela zona frontal, atirou fora do alcance do guarda-redes João Rosa (a bola entrou junto ao poste esquerdo).

O terceiro golo dos unionistas aconteceu passados apenas dois minutos: na sequência de um pontapé de baliza, Chrystian ganhou de cabeça e Wemerson (de costas para o ataque) colocou a bola na direita… Guilherme Nunes arrancou em velocidade e finalizou, cruzado, para o fundo da baliza!

E o quarto surgiu no minuto 70: livre na esquerda… e Henrique Matos (no lado contrário…), de cabeça, colou a bola na malha!

Aproveitando a evidente desorganização do adversário, o U. Tomar criou, nos minutos seguintes, quatro excelentes oportunidades para reforçar a (já significativa) vantagem no marcador: Pedro Pires, isolado na direita, tentou o chapéu… a bola saiu à malha lateral; João Rosa negou o golo em remates frontais de Pires e Henrique Matos; num canto, cobrado na direita, Chrys atirou de cabeça… à trave da baliza abrantina!

Mas o quinto golo não demorou muito mais! Diogo Ismail, no minuto 87 (um minuto depois de ter entrado), recebeu um passe da direita, de Gui Nunes, rodou e rematou cruzado… para o fundo da baliza (5-1).

Ivo Cristo, já em tempo de compensação, travou (defesa para canto) a última tentativa da equipa de Abrantes.

O mérito do triunfo do U. Tomar é inquestionável. Contudo, as dificuldades por que passou a equipa de Filipe Pinto durante grande parte do encontro, não perspetivavam uma vitória por números tão expressivos! Cometeu um erro e sofreu um golo, empatou ainda na primeira parte… e foi avassalador segunda!

Continua, portanto, na liderança do principal campeonato distrital de futebol, com mais sete pontos que o Rio Maior (tem, no entanto, menos dois jogos realizados…) e mais treze que Fazendense e Mação, terceiros classificados.

Na próxima jornada (última da primeira volta), agendada para 19 de dezembro, a equipa tomarense viaja até Amiais de Baixo.

Outros resultados desta jornada 14: Ferreira do Zêzere-Samora Correia, 1-1; Fazendense-Mação, 3-1; Atl. Ouriense-Amiense, 1-0; Torres Novas-Cartaxo, 2-3; Salvaterrense-U. Almeirim, 3-2; Alcanenense-Glória do Ribatejo, 4-1; Rio Maior-Benavente (adiado para 9 de fevereiro de 2022).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Expoégua: o momento em que a Golegã, a Capital do Cavalo enaltece a égua

Exposição de éguas e poldros, Romaria, Prova de Vinhos do Tejo, entre outras...

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023, equipa que irá acompanhar o...

Regimento de Infantaria N.º 15 assinalou 216.º aniversário com exposição sobre “Os Novos Templários ao Serviço da Paz”

O Regimento de Infantaria N.º 15 (RI15), em Tomar, assinalou, no passado dia 19 de maio, o 216.º aniversário, relembrando a data da sua criação...

Ramal de Tomar: início dos trabalhos de proteção anticorrosiva na Ponte da Bezelga

A Infraestruturas de Portugal deu início aos trabalhos de tratamento anticorrosivo na Ponte da Bezelga, localizada ao quilómetro 5,298 do Ramal de...

Leões de Tomar começaram o ‘play-off’ do campeonato com pesada derrota no Porto

Quatro dias depois da eliminação da Liga Europeia (nas meias finais, diante do Valongo, no desempate por grandes penalidades: 7-5 no total),...

U. Tomar foi avassalador diante do Cartaxo: com cabeça limpa… e pontaria afinada!

Uma goleada para a história! A equipa principal do U. Tomar goleou o Cartaxo por expressivo 10-0, no passado domingo, na antepenúltima...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -