fbpx
12.3 C
Tomar

Peregrinos relatam transformação que sentem após percorrer o caminho de Santiago

Relacionadas

Casais que fizerem compras no Mercado Municipal habilitam-se a jantares para o Dia dos namorados

O Município de Tomar encontra-se a promover uma campanha, no âmbito do seu...

Candidatos do PS visitam Complexo Cultural da Levada

Os candidatos do PS pelo círculo de Santarém às Legislativas de 30 de janeiro estiveram, no passado...

Posto de Turismo encerrado devido a casos de Covid-19

O posto municipal de Turismo, na Avenida Cândido Madureira, vai estar encerrado até ao dia 21 de...

Regresso do campeonato nacional: encontro de leões resultou… numa goleada!

Quase um mês depois do último jogo (triunfo por expressivo 0-23, na ilha de São Miguel, Açores,...

CDU em campanha por Tomar

A CDU decidiu que ao longo da pré-campanha devia estabelecer contactos com várias entidades do distrito de...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.

“Nunca pares”. Assim se intitula a obra de Emanuel Mendes, piloto de linha aérea, dedicada aos caminhos de Santiago e também de Fátima, e que foi apresentada na sexta-feira, 19 de novembro, na sala multiusos do Convento de Cristo, em Tomar.

O escritor Nuno Garcia Lopes fez a apresentação do autor que descreveu como um viajante que é fã dos caminhos de peregrinação, sendo que Tomar é referenciado por várias vezes neste livro, seja no início, no meio ou no fim. Emanuel Mendes reconheceu que este livro foi “um parto difícil” devido à pandemia e começou por fazer a referência ao título do livro “Nunca pares” explicando que é o “nunca pares de ter um objectivo, de querer realizar algo” e que foi isso que os caminhos acabaram por lhe ensinar. Conta que os caminhos surgiram na sua vida quando estava à porta da igreja de Santiago em Lisboa e viu uma placa onde estava uma frase que indicava o caminho e, num período de maior instabilidade profissional, sentiu que era um sinal do Universo para ir fazer o caminho. “Vou para casa e começo a pesquisar tudo sobre o caminho de Santiago e a descobrir a simbologia do caminho como, por exemplo, a origem da seta amarela”, exemplificou, acrescentando que há um capítulo do livro dedicado à simbologia.

Obra sobre caminhos de Santiago foi apresentada no Convento de Cristo, em Tomar

Ana Soares, representante do Município de Tomar, referiu que o município se associou, desse o início, à proposta do autor. “Para a Câmara de Tomar, o caminho de Santiago é um elemento fulcral, sendo um dos vetores e fatores de projeção do município. O facto de estarmos no caminho central português e de pertencermos à Direção da Federação Portuguesa dos Caminhos de Santiago e toda esta dinâmica em torno do caminho para o município diz muito”, realçou, acrescentando que para além da sua dimensão de caminho de peregrinação, seja um objeto de turistificação.

  • Notícia desenvolvida na próxima edição semanal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Casais que fizerem compras no Mercado Municipal habilitam-se a jantares para o Dia dos namorados

O Município de Tomar encontra-se a promover uma campanha, no âmbito do seu...

Candidatos do PS visitam Complexo Cultural da Levada

Os candidatos do PS pelo círculo de Santarém às Legislativas de 30 de janeiro estiveram, no passado...

Posto de Turismo encerrado devido a casos de Covid-19

O posto municipal de Turismo, na Avenida Cândido Madureira, vai estar encerrado até ao dia 21 de janeiro, inclusive.

Regresso do campeonato nacional: encontro de leões resultou… numa goleada!

Quase um mês depois do último jogo (triunfo por expressivo 0-23, na ilha de São Miguel, Açores, frente ao Caldeiras, para os...

CDU em campanha por Tomar

A CDU decidiu que ao longo da pré-campanha devia estabelecer contactos com várias entidades do distrito de Santarém, e em Tomar considerou-se...

Catarina Martins em Torres Novas no comício do Bloco

Catarina Martins, coordenadora nacional do Bloco de Esquerda, vai estar em Torres Novas, na próxima quarta-feira, dia 19 de janeiro, para participar...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -