fbpx
18 C
Tomar

U. Tomar sofreu para bater o vizinho Torres Novas… num clássico com nove golos!

Relacionadas

“Corridas no Terreno” todos os sábados de manhã na Mata dos Sete Montes

Quer correr ou caminhar na Mata dos Sete Montes todos os sábados de manhã acompanhado? Só como...

Hugo Costa questiona sobre Projecto Tejo e financiamento para Ensino Superior no distrito de Santarém

No âmbito do Orçamento do Estado de 2022, Hugo Costa, deputado do PS,...

Condicionamento e encerramento da Mata dos Sete Montes e Convento de Cristo devido a filmagens de série da Netflix

Na sequência da rodagem da produção cinematográfica internacional “Damsel” na Mata Nacional dos Sete Montes em Tomar,...

Bibliotecando em Tomar homenageou escritora Lídia Jorge

  A escritora Lídia Jorge foi a homenageada da 12ª edição do Bibliotecando em Tomar, um encontro que...

Agrupamento Templários desafia comunidade escolar e figuras públicas a revelarem os seus “Medos e Sonhos”

No âmbito da intervenção que tem vindo a ser realizada no que respeita à promoção da saúde...

Uma autêntica chuva de golos! Terminou com um resultado inusitado, 5-4, o clássico entre U. Tomar e Torres Novas, disputado na tarde de hoje, domingo, a contar para a décima jornada do principal campeonato de futebol da Associação de Futebol de Santarém.

Esta oitava vitória – a terceira consecutiva – manteve a equipa unionista na liderança da competição distrital, somando agora 25 pontos, mais um que o Rio Maior e mais sete que o Abrantes e Benfica.

A fase inicial do encontro mostrou um U. Tomar com forte vocação ofensiva, tendo criado três boas situações de golo: Wemerson Silva, após passe da direita, rodou na zona frontal e, isolado, atirou forte… o guarda-redes Rui Pereira negou o golo com uma grande defesa; Siaka Bamba, servido por David Vieira, também finalizou da zona frontal… ao lado do poste direito; Leandro Filipe, de fora da área, rematou… a rasar a trave!

Depois deste desperdício, a equipa tomarense adiantou-se mesmo no marcador, no minuto 21: passe da esquerda e, na zona frontal, Tiago Vieira solicitou o remate forte e colocado de Siaka Bamba, para a direita do guardião torrejano: 1-0.

Mas a vantagem unionista durou apenas três minutos: Miguel Miguel, na cobrança de uma grande penalidade, bateu Ivo Cristo e restabeleceu o empate (1-1).

Com menos posse de bola, os torrejanos apostavam em rápidas transições para chegar à baliza contrária… E foi numa dessas situações, no minuto 34, que marcaram o segundo golo: Bernardo Maia, em ataque pela direita, colocou a bola na área e Tiago Prates finalizou de rompante, consumando a reviravolta no marcador (1-2).

A vantagem dos ‘amarelos’ durou… também apenas três minutos: Wemerson Silva, na direita, tentou servir Siaka Bamba… e o central Ricardo Dias, ao tentar anular o lance, introduziu a bola na sua própria baliza (2-2)!

Leandro Filipe, nos minutos finais da primeira parte, ensaiou o remate por duas vezes, mas falhou (no segundo, por muito pouco) a baliza de Rui Pereira.

No recomeço, Anderson Nascimento entrou para o lugar de Tiago Luzio (lesionado). Logo no primeiro minuto, aproveitando um mau entendimento entre o guarda-redes e Tozé, o irrequieto Pedro Pires atirou para a baliza aberta… e a bola passou ao lado!

Na primeira vez que, neste segundo tempo, chegou à baliza unionista (ao minuto 8), o Torres Novas voltou a ganhar avanço no marcador: Miguel Miguel fugiu pela esquerda e serviu Tiago Prates… que, com um excelente remate cruzado, não deu hipóteses a Ivo Cristo (2-3).

Filipe Pinto reforçou, pouco depois (61’), a aposta no ataque com Diogo Ismail e Chrystian Pedroso (regresso após lesão grave no nariz). E o empate demorou apenas dois minutos: na sequência de um cruzamento da direita, Leandro Filipe insistiu no lado contrário… e, após ressalto da bola na trave, Wemerson Silva finalizou sem oposição à boca da baliza: 3-3.

Ainda mais motivada, a equipa unionista foi em busca do quarto golo: Wemerson (remate frontal), Anderson Nascimento (finalização de cabeça) e Diogo Ismail (remate da direita) não conseguiram bater Rui Pereira. Mas a insistência acabou por dar frutos no minuto 81: após mais um cruzamento da direita, Chrystian Pedroso tentou finalizar… e a bola acabou por sobrar para Leandro Filipe, que, também de cabeça, junto ao poste esquerdo, consumou a segunda reviravolta: 4-3.  

A vitória do U. Tomar ficou ainda mais próxima no minuto 89: um passe vertical (em ataque rápido) deixou Anderson isolado… e o brasileiro finalizou rasteiro, sem hipóteses para o guardião torrejano: 5-3.

Contudo, o marcador ainda não estava fechado: já no sexto minuto dos descontos (inicialmente foram indicados quatro minutos…), na cobrança de um livre frontal, Tiago Prates atirou forte… Ivo Cristo defendeu a bola para o poste esquerdo e Miguel Miguel, mais rápido a reagir que os adversários, fixou o resultado em 5-4.

Triunfo justo do U. Tomar, pois foi mais empreendedor e criou mais e melhores oportunidades. No entanto, o vizinho Torres Novas, embora com uma estratégia mais reservada, esteve quase a causar um dissabor aos unionistas…

No final do encontro, perante ao adeptos presentes na bancada, realizou-se uma homenagem do U. Tomar ao médio Luís Alves, que, devido a um problema de saúde, teve de encerrar prematuramente a carreira de futebolista.

Na próxima jornada, agendada para 28 de novembro, o U. Tomar visita o Salvaterrense (15h00).

Outros resultados desta jornada 10: Mação-Benavente, 2-1; Samora Correia-Amiense, 1-1; Fazendense-Abrantes e Benfica, 0-1; Alcanenense-Cartaxo, 2-1; Rio Maior-U. Almeirim, 5-1; Atl. Ouriense-Salvaterrense, 1-1; Glória do Ribatejo-Ferreira do Zêzere, 3-0.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

“Corridas no Terreno” todos os sábados de manhã na Mata dos Sete Montes

Quer correr ou caminhar na Mata dos Sete Montes todos os sábados de manhã acompanhado? Só como...

Hugo Costa questiona sobre Projecto Tejo e financiamento para Ensino Superior no distrito de Santarém

No âmbito do Orçamento do Estado de 2022, Hugo Costa, deputado do PS,...

Condicionamento e encerramento da Mata dos Sete Montes e Convento de Cristo devido a filmagens de série da Netflix

Na sequência da rodagem da produção cinematográfica internacional “Damsel” na Mata Nacional dos Sete Montes em Tomar, a partir do dia 16...

Bibliotecando em Tomar homenageou escritora Lídia Jorge

  A escritora Lídia Jorge foi a homenageada da 12ª edição do Bibliotecando em Tomar, um encontro que decorreu no Instituto Politécnico da...

Agrupamento Templários desafia comunidade escolar e figuras públicas a revelarem os seus “Medos e Sonhos”

No âmbito da intervenção que tem vindo a ser realizada no que respeita à promoção da saúde psicológica e bem-estar da comunidade...

IPT cria sala de criatividade e inovação

No âmbito do INOVC+, um programa estratégico especial de valorização do conhecimento científico e tecnológico, o Instituto Politécnico de Tomar (IPT) inaugurou,...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -