fbpx
12.3 C
Tomar

Secretário de Estado da Saúde inaugura aparelhos de Ressonância Magnética e de TAC do CHMT

Relacionadas

Casais que fizerem compras no Mercado Municipal habilitam-se a jantares para o Dia dos namorados

O Município de Tomar encontra-se a promover uma campanha, no âmbito do seu...

Candidatos do PS visitam Complexo Cultural da Levada

Os candidatos do PS pelo círculo de Santarém às Legislativas de 30 de janeiro estiveram, no passado...

Posto de Turismo encerrado devido a casos de Covid-19

O posto municipal de Turismo, na Avenida Cândido Madureira, vai estar encerrado até ao dia 21 de...

Regresso do campeonato nacional: encontro de leões resultou… numa goleada!

Quase um mês depois do último jogo (triunfo por expressivo 0-23, na ilha de São Miguel, Açores,...

CDU em campanha por Tomar

A CDU decidiu que ao longo da pré-campanha devia estabelecer contactos com várias entidades do distrito de...

O Secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, visitou, no dia 17 de novembro, as Unidades de Abrantes e de Torres Novas, do Centro Hospitalar do Médio Tejo, onde inaugurou, por ocasião do 20.º aniversário da instituição, os aparelhos de Ressonância Magnética e de TAC.

Casimiro Ramos, presidente do Conselho de Administração do CHMT falou da importância destes dois investimentos, em termos de poupança a longo prazo para o Serviço Nacional de Saúde (SNS), assim como da importância que ambos os equipamentos representam para a população do Médio Tejo.

O presidente do Conselho de Administração sublinhou que “com estes equipamentos o Centro Hospitalar do Médio Tejo, deixa de estar dependente de entidades externas para a realização destes exames, o que traz mais qualidade e conforto aos utentes do CHMT, evitando-se deslocações, e aumentando a diferenciação do diagnóstico e de apoio à decisão clínica do centro hospitalar”.

Destacou ainda o facto de também já ser possível os utentes da área do ACES Médio Tejo, com requisições provenientes dos cuidados de saúde primários, fazerem os seus exames no CHMT, dando expressão à integração de cuidados por parte das instituições do Serviço Nacional de Saúde.

Com um investimento na Ressonância Magnética de 1,297 milhões de euros, que se estima estar praticamente recuperado em 2 anos e meio, o aparelho de Ressonância Magnética foi cofinanciado pelo FEDER – CENTRO 2020 – Programa Operacional Regional do Centro 2014/2020, no valor de 1.102.992,05€.

Já o investimento da TAC foi de 467 mil euros, um valor que estima recuperar-se em cerca de um ano.

No seu discurso, Diogo Serras Lopes congratulou o Centro Hospitalar pelos seus 20 anos e realçou o facto de a instituição ser “um exemplo de como o Serviço Nacional de Saúde deve funcionar, em rede e em complementaridade, dando resposta à população de forma exemplar”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Casais que fizerem compras no Mercado Municipal habilitam-se a jantares para o Dia dos namorados

O Município de Tomar encontra-se a promover uma campanha, no âmbito do seu...

Candidatos do PS visitam Complexo Cultural da Levada

Os candidatos do PS pelo círculo de Santarém às Legislativas de 30 de janeiro estiveram, no passado...

Posto de Turismo encerrado devido a casos de Covid-19

O posto municipal de Turismo, na Avenida Cândido Madureira, vai estar encerrado até ao dia 21 de janeiro, inclusive.

Regresso do campeonato nacional: encontro de leões resultou… numa goleada!

Quase um mês depois do último jogo (triunfo por expressivo 0-23, na ilha de São Miguel, Açores, frente ao Caldeiras, para os...

CDU em campanha por Tomar

A CDU decidiu que ao longo da pré-campanha devia estabelecer contactos com várias entidades do distrito de Santarém, e em Tomar considerou-se...

Catarina Martins em Torres Novas no comício do Bloco

Catarina Martins, coordenadora nacional do Bloco de Esquerda, vai estar em Torres Novas, na próxima quarta-feira, dia 19 de janeiro, para participar...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -