fbpx
27.8 C
Tomar

Campanha “Tomar Natal é no Comércio Local” com algumas alterações este ano

Relacionadas

Expoégua: o momento em que a Golegã, a Capital do Cavalo enaltece a égua

Exposição de éguas e poldros, Romaria, Prova de Vinhos do Tejo, entre outras...

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023, equipa que irá acompanhar o...

Regimento de Infantaria N.º 15 assinalou 216.º aniversário com exposição sobre “Os Novos Templários ao Serviço da Paz”

O Regimento de Infantaria N.º 15 (RI15), em Tomar, assinalou, no passado dia 19 de maio, o 216.º aniversário,...

Ramal de Tomar: início dos trabalhos de proteção anticorrosiva na Ponte da Bezelga

A Infraestruturas de Portugal deu início aos trabalhos de tratamento anticorrosivo na Ponte da Bezelga, localizada ao...

Leões de Tomar começaram o ‘play-off’ do campeonato com pesada derrota no Porto

Quatro dias depois da eliminação da Liga Europeia (nas meias finais, diante do Valongo, no desempate por...
Ana Isabel Felício
Comecei a trabalhar no Jornal Cidade de Tomar em 1999. Já lá vão uns anitos. Depois de sair da Universidade e de todas as dúvidas e dificuldades que surgem, foi-se construindo um caminho de experiência, com muitas situações, muitas pessoas, muitas aventuras e, claro, muito trabalho. Ao fim de todos estes anos, apesar de todos os percalços que a vida nos vai dando, cá estou, todos os dias a fazer o meu trabalho o melhor que sei, aprendendo com os que me rodeiam e também ensinando alguma coisa.

Pelo segundo ano consecutivo, decorre, até 31 de dezembro de 2021, a campanha “Tomar Natal é no Comércio Local”, tendo a vereadora Filipa Fernandes avançado, na reunião de câmara, na segunda feira, que este segundo ano da campanha representa uma fidelização e criação de um hábito de as pessoas investirem e fazerem as suas compras em Tomar, no comércio local. Disse a vereadora que, dos resultados do ano passado, ficou a saber-se que muitos tomarenses desconheciam algumas lojas de Tomar e nunca tinham feito as suas compras de Natal no concelho, tendo a iniciativa sido considerada “uma grande iniciativa” porque ajudou o comércio local e deu a conhecer o que existe no concelho.

Na segunda feira, terminaram as inscrições para os comerciantes aderentes, havendo, até àquele dia, 70 espaços comerciais inscritos. Os vouchers estão disponíveis para aquisição no posto de turismo, entre as 10h00 e as 16h00.

Segundo a vereadora, foram feitas algumas alterações e este ano cada cidadão só poderá levantar os seus vouchers e de mais três pessoas. Diminuiu também o limite de vouchers por pessoa, neste momento podem pagar no máximo 50 euros e levar 100 euros em vouchers, de forma a dar possibilidade de mais tomarenses adquirirem os vouchers. Outra medida implementada este ano será o limite de senhas por dia, para não dar falsa expetativa de as pessoas estarem em espera na fila e depois não poderem ser atendidas por encerramento do posto de turismo. Por isso, existirá um limite de senhas por dia, quando chegar à senha final, os restantes serão informados de que terão que vir no dia seguinte.

Na sua intervenção sobre este tema, a vereadora Lurdes Fernandes (PSD), lamentou o facto de se estar a ratificar esta campanha, o que, segundo a mesma, significa que, “mais uma vez foi realizada sem os contributos do PSD, já está feito à vossa maneira”, disse. Lamentou também o facto de não ter sido apresentado relatório da edição do ano passado, solicitando que seja enviado aos vereadores do PSD. Afirmando que os vereadores do PSD iriam votar contra, a vereadora levantou algumas questões como o facto de não ter sido considerada parceria com a Associação de Comerciantes de Tomar, pois, no seu entender, seria uma forma de dinamizar a associação e incentivar o movimento associativo e promover parcerias. Salientou também que se constatou que mais de 95% das empresas beneficiárias são da cidade, questionando o porquê de não se incentivar o comércio das freguesias. Questionou também sobre se há garantia de que quem adquire os vouchers são pessoas maiores de idade, se a autarquia não tem em conta, no levantamento dos vouchers, as pessoas que trabalham e não têm horário, assim como as que trabalham fora do concelho e das freguesias e se os pagamentos são feitos em dinheiro ou podem ser feitos por multibanco.

Na resposta, a vereadora Filipa Fernandes referiu que as normas estão bem explícitas relativamente aos vouchers. No que se refere ao horário de trabalho das pessoas, diz que não poderia estar mais inclusivo, porque é das 10h00 às 16h00 ininterruptamente, estando o posto de turismo aberto à hora de almoço, e funciona de segunda a domingo. Quanto às lojas serem na sua maioria na cidade, disse que tal não compete ao município, porque não faz objeção a qualquer loja. Quanto relatório, Filipa Fernandes referiu que foi presente a reunião de câmara no executivo do mandato anterior, mas que pode enviá-lo aos novos vereadores.

Notícia completa na edição impressa de 19 de novembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Expoégua: o momento em que a Golegã, a Capital do Cavalo enaltece a égua

Exposição de éguas e poldros, Romaria, Prova de Vinhos do Tejo, entre outras...

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023, equipa que irá acompanhar o...

Regimento de Infantaria N.º 15 assinalou 216.º aniversário com exposição sobre “Os Novos Templários ao Serviço da Paz”

O Regimento de Infantaria N.º 15 (RI15), em Tomar, assinalou, no passado dia 19 de maio, o 216.º aniversário, relembrando a data da sua criação...

Ramal de Tomar: início dos trabalhos de proteção anticorrosiva na Ponte da Bezelga

A Infraestruturas de Portugal deu início aos trabalhos de tratamento anticorrosivo na Ponte da Bezelga, localizada ao quilómetro 5,298 do Ramal de...

Leões de Tomar começaram o ‘play-off’ do campeonato com pesada derrota no Porto

Quatro dias depois da eliminação da Liga Europeia (nas meias finais, diante do Valongo, no desempate por grandes penalidades: 7-5 no total),...

U. Tomar foi avassalador diante do Cartaxo: com cabeça limpa… e pontaria afinada!

Uma goleada para a história! A equipa principal do U. Tomar goleou o Cartaxo por expressivo 10-0, no passado domingo, na antepenúltima...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -