fbpx
23.7 C
Tomar

Conferências evocativas revelam importância da TREF para o conhecimento científico dos Templários

Relacionadas

PSD quer que se retire outdoor que anuncia o Tomar Check-in que terminou em setembro

O vereador Luís Francisco (PSD) questionou, na reunião do executivo, na segunda feira, acerca da permanência de...

Vereadora Filipa Fernandes ameaçada por alguns vendedores da feira semanal

A câmara está a proceder a uma reestruturação na feira semanal, pelo que a partir de sexta...

Já começaram as obras de requalificação da envolvente da biblioteca municipal

Teve início, no passado dia 12 de maio, a empreitada de requalificação dos espaços exteriores da Biblioteca...

Aguarelas de Joana Aaltonen revelam história de Tomar

“Ilustrações”, de Joana Trincão Aaltonen, foi inaugurada, no passado dia 13 de maio, na Galeria Maria de...

Novo parque de merendas em Ferreira Zêzere ao serviço dos residentes e turistas

No passado domingo, dia 15 de maio, o Município de Ferreira do Zêzere procedeu à inauguração da requalificação do...

Uma interessante palestra de Miguel Gomes Martins sobre o cerco ao castelo em 1190 veio demonstrar a importância de Tomar presidir à Rota Templária Europeia (TREF) e de nesse âmbito ter sido criado um Comité Científico Português, de que o autor é um dos membros – terá sido das primeiras vezes que se falou do mítico episódio da História de Tomar à luz da investigação científica, numa análise aprofundada e comparativa com situações semelhantes da época.

Foi assim que começou o conjunto de conferências evocativas do 13 de Outubro e de Gualdim Pais, no sábado, dia 16 de outubro, no auditório da biblioteca municipal, a propósito dessa data que correspondeu, em 1195, ao falecimento do mestre da Ordem e fundador do Castelo de Tomar, bem como, em 1307, ao dia em que o rei de França mandou prender todos os cavaleiros templários.

Depois da sessão de abertura em que a vereadora Filipa Fernandes enfatizou precisamente a importância da TREF e da presidência tomarense, falou então Miguel Gomes Martins, a que se seguiram as igualmente preciosas achegas de Álvaro Barbosa sobre “A Arquitectura Templária de Tomar. Nascimento e Devir”, de Ernesto Jana sobre “O fim da Ordem do Templo e o alvor da Ordem de Cristo” e de António Carlos Godinho acerca do tema: “061.236 – Pesquisa, recuperação e seleção de informação em catálogos online e repositórios institucionais”.

A iniciativa foi complementada com a inauguração oficial, na Casa Vieira Guimarães, da exposição de pintura “As cores da Ordem”, de Carla Palhinha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

PSD quer que se retire outdoor que anuncia o Tomar Check-in que terminou em setembro

O vereador Luís Francisco (PSD) questionou, na reunião do executivo, na segunda feira, acerca da permanência de...

Vereadora Filipa Fernandes ameaçada por alguns vendedores da feira semanal

A câmara está a proceder a uma reestruturação na feira semanal, pelo que a partir de sexta...

Já começaram as obras de requalificação da envolvente da biblioteca municipal

Teve início, no passado dia 12 de maio, a empreitada de requalificação dos espaços exteriores da Biblioteca Municipal de Tomar. Os trabalhos...

Aguarelas de Joana Aaltonen revelam história de Tomar

“Ilustrações”, de Joana Trincão Aaltonen, foi inaugurada, no passado dia 13 de maio, na Galeria Maria de Lourdes de Mello e Castro,...

Novo parque de merendas em Ferreira Zêzere ao serviço dos residentes e turistas

No passado domingo, dia 15 de maio, o Município de Ferreira do Zêzere procedeu à inauguração da requalificação do Parque de Merendas (junto ao...

Dia Aberto na Escola EBI Santa Iria com muitas atividades para todos

Realizou-se, no passado sábado, dia 14 de maio, um Dia Aberto na Escola EBI Santa Iria, iniciativa aberta a toda a comunidade,...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -