fbpx
17.1 C
Tomar

Apresentação do livro “A Preto e Branco” da autoria de Virgílio Saraiva

Relacionadas

Expoégua: o momento em que a Golegã, a Capital do Cavalo enaltece a égua

Exposição de éguas e poldros, Romaria, Prova de Vinhos do Tejo, entre outras...

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023, equipa que irá acompanhar o...

Regimento de Infantaria N.º 15 assinalou 216.º aniversário com exposição sobre “Os Novos Templários ao Serviço da Paz”

O Regimento de Infantaria N.º 15 (RI15), em Tomar, assinalou, no passado dia 19 de maio, o 216.º aniversário,...

Ramal de Tomar: início dos trabalhos de proteção anticorrosiva na Ponte da Bezelga

A Infraestruturas de Portugal deu início aos trabalhos de tratamento anticorrosivo na Ponte da Bezelga, localizada ao...

Leões de Tomar começaram o ‘play-off’ do campeonato com pesada derrota no Porto

Quatro dias depois da eliminação da Liga Europeia (nas meias finais, diante do Valongo, no desempate por...

Depois de ter sido anunciado há cerca de um ano, em resultado de algumas informações menos corretas que saíram a público, e dado que era necessário repor a verdade de certos factos e revelá-los de acordo com a realidade: eis que que vai ocorrer finalmente a apresentação do livro “A Preto e Branco” da autoria e coordenação de Virgílio Saraiva, com a colaboração de apoio e revisão redatorial de Manuel A. Gonçalves e prefácio de João Manuel P. Henriques Simões.

A obra traz a público o “Relato do Contexto Político/Social da Fundação, Expansão e Queda do Grupo Desportivo Os Zebras do Alvito”. Numa ocasião em que um crescente número de entusiastas está envolvido no possível renascimento do carismático clube do concelho de Tomar, nada melhor que contar as suas reais origens por quem as conhece, não se ficando apenas por expor o ato da sua fundação, mas apreciá-las no panorama social.

A apresentação desta obra (que encerra algum cariz histórico) vai decorrer na sala do Moinho da Ordem, gentilmente disponibilizada pelo Município de Tomar para o efeito, na próxima sexta feira ao fim da tarde, mais propriamente dia 10 de setembro de 2021, a partir das 18h45, contando com a presença de um representante do Município de Tomar, naquela que será a primeira iniciativa pública em que se envolve o ORI (Organismo de Reintegração Institucional) do GDZA.

Apela-se aos interessados em participar, para o facto de terem de acatar as regras higiénicas e da lotação do espaço, bem como o uso obrigatório de máscara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Expoégua: o momento em que a Golegã, a Capital do Cavalo enaltece a égua

Exposição de éguas e poldros, Romaria, Prova de Vinhos do Tejo, entre outras...

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023

Já está definida a Comissão Central da Festa dos Tabuleiros de 2023, equipa que irá acompanhar o...

Regimento de Infantaria N.º 15 assinalou 216.º aniversário com exposição sobre “Os Novos Templários ao Serviço da Paz”

O Regimento de Infantaria N.º 15 (RI15), em Tomar, assinalou, no passado dia 19 de maio, o 216.º aniversário, relembrando a data da sua criação...

Ramal de Tomar: início dos trabalhos de proteção anticorrosiva na Ponte da Bezelga

A Infraestruturas de Portugal deu início aos trabalhos de tratamento anticorrosivo na Ponte da Bezelga, localizada ao quilómetro 5,298 do Ramal de...

Leões de Tomar começaram o ‘play-off’ do campeonato com pesada derrota no Porto

Quatro dias depois da eliminação da Liga Europeia (nas meias finais, diante do Valongo, no desempate por grandes penalidades: 7-5 no total),...

U. Tomar foi avassalador diante do Cartaxo: com cabeça limpa… e pontaria afinada!

Uma goleada para a história! A equipa principal do U. Tomar goleou o Cartaxo por expressivo 10-0, no passado domingo, na antepenúltima...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -