fbpx
15.9 C
Tomar

Nos 74 anos de vida os Bombeiros de Ferreira do Zêzere foram homenageados com monumento

Relacionadas

Igreja de S. João Baptista: conclusão das obras adiada para o final de 2022

Foi aprovada, por unanimidade, na reunião de câmara, na segunda feira, a prorrogação do prazo para a...

Mais de cem pessoas na descida do Nabão em jangadas improvisadas

Foram 115 as pessoas que participaram, no passado domingo, dia 26 de junho, na 13.ª Descida do...

CIM do Médio Tejo marcou presença em Fátima na 10.ª edição dos workshops internacionais de Turismo Religioso

A convite da Associação Empresarial Ourém-Fátima (ACISO) e em colaboração com o Município de Ourém, a CIM...

Concurso “Dá-me uma tampa!” recolhe 1067 garrafões de tampinhas

A turma A do 11.º ano da ESSMO dinamizou um projeto ao longo do ano letivo que...

Foi inaugurado, no Dia da Mãe, dia 2 de maio, no jardim em frente à igreja de Ferreira do Zêzere, o Monumento em Homenagem aos Bombeiros Voluntários, uma obra do escultor Santos Carvalho. Após a missa das 11h30, a cerimónia foi simples, mas sentida pelas palavras de todos os intervenientes, após a bênção pelo padre da paróquia – Pedro Luís. Numa vila, em que obras de arte e esculturas a recordar personagens e momentos históricos são muito poucas, foi feliz a ideia do executivo desta câmara, que depois de consultar vários artistas para a apresentação de propostas para a escultura, a câmara entregou o trabalho a Santos Carvalho, de Algueirão, por 19.700 euros + IVA. O escultor de 54 anos de idade, revelou ao nosso jornal que demorou três meses a executar a obra e dois meses a fazer a sua criação e que respondendo ao desafio da câmara de fazer uma homenagem aos bombeiros, chegou a esta obra, feita em calcário.

Com raízes em Alvaiázere, onde tem um monumento, dedicado aos combatentes, Santos Carvalho, que nasceu em Luanda explica que o monumento, em estilo figurativo, é constituído por cinco elementos que conjugam pedra e aço corten. Tem 3,70m de altura, 2,40m de largura e 40cm de espessura. Inclui, entre outras referências aos bombeiros, como a simbologia da chama, que insere no seu o brasão da corporação de Ferreira do Zêzere em aço corten.   Usou primeiro da palavra o comandante da Corporação, Mário Ferreira, seguido de Nuno Benedito, presidente da Assembleia Geral, que referiu que “nenhum monumento pode nos oferecer o sentimento de gratidão, pelos homens e mulheres que servem e serviram este corpo de bombeiros que com 74 anos, serve este concelho e o país, nas missões que lhe são confiadas”.

Notícia completa na edição de 7 de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Igreja de S. João Baptista: conclusão das obras adiada para o final de 2022

Foi aprovada, por unanimidade, na reunião de câmara, na segunda feira, a prorrogação do prazo para a...

Mais de cem pessoas na descida do Nabão em jangadas improvisadas

Foram 115 as pessoas que participaram, no passado domingo, dia 26 de junho, na 13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas, numa...

CIM do Médio Tejo marcou presença em Fátima na 10.ª edição dos workshops internacionais de Turismo Religioso

A convite da Associação Empresarial Ourém-Fátima (ACISO) e em colaboração com o Município de Ourém, a CIM do Médio Tejo esteve mais...

Concurso “Dá-me uma tampa!” recolhe 1067 garrafões de tampinhas

A turma A do 11.º ano da ESSMO dinamizou um projeto ao longo do ano letivo que visou recolher o máximo de...

13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo

A 13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo, dia 26 de junho, numa organização do Moto Organizadora de Competição...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -