fbpx
25.4 C
Tomar

Francisco Sousa em 11.º lugar na primeira prova da Taça de Portugal de Downhill 2021

Relacionadas

Santarém: 22 detidos em ações de fiscalização rodoviária

O Comando Territorial de Santarém levou a cabo, nos dia 14 e 15 de maio, um conjunto...

Nuno Júdice sábado na 9.ª Tertúlia de Poesia da Casa-Memória de Camões em Constância  

A Tertúlia de Poesia, iniciativa que funcionou de forma intermitente nos tempos mais recentes, devido às contingências...

“Essência – Ser Humanidade” envolve 4000 crianças e jovens na dinamização da cultura

Essência – Ser Humanidade: Semana Cultural, da Criança e do Ambiente, assim se...

PSD quer que se retire outdoor que anuncia o Tomar Check-in que terminou em setembro

O vereador Luís Francisco (PSD) questionou, na reunião do executivo, na segunda feira, acerca da permanência de...

Francisco Sousa (Team Ribeirense DH) classificou-se em 11.º lugar na primeira prova pontuável para a Taça de Portugal de Downhill 2021 – vertente mais radical do BTT -, realizada no Algarve, concretamente em São Brás de Alportel, no passado fim de semana, marcando o regresso das grandes competições desportivas após a paragem devido à pandemia de Covid-19.

O atleta tomarense, que na corrida final averbou o tempo de 02’53’’346 (mais 08’’934 do que o vencedor), foi o sétimo classificado entre os portugueses, numa prova que, no escalão Elite Masculino, teve a participação de muitos estrangeiros, nomeadamente espanhóis.

Neste início da época desportiva, “com muitas limitações (para treinar) devido à pandemia”, Francisco Sousa tinha avançado que o seu objetivo, além de “ajudar a equipa a somar pontos”, passava, a nível individual, por “um lugar nos 10 primeiros”. Falhou por pouco esse seu desejo!

Gonçalo Bandeira, campeão nacional de downhill (DHI), entrou da melhor forma na nova época, impondo-se nesta prova em São Brás de Alportel.

O corredor natural da Lousã puxou dos galões e não deu hipóteses à concorrência: na final, com o tempo de 02’44”412, bateu Tiago Ladeira (Miranda Factory Team), segundo classificado a 687 milésimos de Gonçalo Bandeira. O britânico Brett Wheeler (MCF/XDream/Município de São Brás) fechou o pódio, a 2,859 segundos do vencedor.

A família Bandeira destacou-se também na categoria feminina de elite. Margarida imitou o irmão Gonçalo e suplantou a concorrência ao cumprir a descida final em 03’36”503, menos 49,731 segundos do que Joana Nunes (Casa do Povo de Abrunheira).

Devido ao contexto da pandemia, esta primeira prova da época realizou-se sem a presença de público.

A segunda prova da Taça de Portugal de DHI está agendada para o dia 16 de maio, em Boticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Santarém: 22 detidos em ações de fiscalização rodoviária

O Comando Territorial de Santarém levou a cabo, nos dia 14 e 15 de maio, um conjunto...

Nuno Júdice sábado na 9.ª Tertúlia de Poesia da Casa-Memória de Camões em Constância  

A Tertúlia de Poesia, iniciativa que funcionou de forma intermitente nos tempos mais recentes, devido às contingências...

“Essência – Ser Humanidade” envolve 4000 crianças e jovens na dinamização da cultura

Essência – Ser Humanidade: Semana Cultural, da Criança e do Ambiente, assim se denomina a atividade que, integrando...

Lanternas flutuantes encantam Rio Nabão durante dois dias e trazem nenúfares para embelezar mais o evento

Foram os próprios alunos das várias turmas do 6.º ano Lanternas flutuantes encantam Rio...

PSD quer que se retire outdoor que anuncia o Tomar Check-in que terminou em setembro

O vereador Luís Francisco (PSD) questionou, na reunião do executivo, na segunda feira, acerca da permanência de outdoor nas vias rápidas promovendo...

Vereadora Filipa Fernandes ameaçada por alguns vendedores da feira semanal

A câmara está a proceder a uma reestruturação na feira semanal, pelo que a partir de sexta feira, dia 20 de maio,...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -