fbpx
21.3 C
Tomar

Leões deixaram escapar mais dois pontos… e mais uma vez no último minuto!

Relacionadas

Uma visita ao novo centro Escolar da Linhaceira

Ainda cheirava a novo quando, na quinta-feira, 8 de abril, colocamos o pé dentro do Centro Escolar...

Vereadora Filipa Fernandes: “Tanto nos partidos como nas instituições, o importante são as equipas e as pessoas que as constituem”

Cidade Tomar - Em tempos de pandemia, quais têm sido as maiores dificuldades durante este mandato em...

Carta Arqueológica do Concelho é lançada domingo em Tomar

A Carta Arqueológica do Concelho, “As origens de Tomar”, da autoria de Carlos Batata e com edição...

CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar apresenta Ciclo de Exposições em Fotografia e Território

O CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar que resulta de uma parceria entre o...

Alunos do Agrupamento Nuno de Santa Maria agem hoje pelo futuro

“Agir Hoje… É Preparar o Futuro!” é o nome da iniciativa que o Agrupamento de Escolas Nuno...

O terceiro embate entre Sp. Tomar/IPT e Juv. Viana, esta época, terminou empatado: depois de 3-3 em Viana do Castelo, na primeira volta, e de uma vitória tomarense, por 3-1, no Luso, nos quartos de final da Taça 1947, fica registada uma igualdade a dois golos, ao início desta noite de sábado, para a jornada 24 do principal campeonato nacional. E tal como no Minho, a equipa tomarense viu dois pontos a voar devido a um golo sofrido… nos instantes finais do encontro!

A primeira parte não rendeu qualquer golo: os leões de Tomar, apesar de dominarem em grande parte do tempo e, consequentemente, da maior pressão sobre a baliza contrária, não conseguiram bater o veterano guarda-redes Jorge Correia. E o mesmo aconteceu com Francisco Veludo: saiu sempre por cima no frente a frente com os adversários, mantendo assim a sua baliza inviolada.

Os primeiros 25 minutos já estavam praticamente esgotados (faltava cerca de um segundo para o intervalo) quando a equipa minhota atingiu a décima falta: no respetivo livre direto, Alexandre ‘Xanoca’ Marques atirou forte… ao lado!

A fase inicial do segundo tempo mostrou duas equipas mais impetuosas e assertivas em busca do golo… que acabou por acontecer a (precisamente) 11 minutos do final: o francês Rémi Herman, na cobrança de um livre direto (décima falta do Sp. Tomar/IPT), atirou forte… e o árbitro Luís Peixoto considerou que a bola, depois de bater no guardião Francisco Veludo (tirou-a rapidamente…), tinha ultrapassado a linha de baliza! Estava desfeito o nulo…

Mas a equipa tomarense respondeu volvidos apenas 20 segundos, forçando novo empate: Xanoca entrou pela zona frontal e rematou forte, sem hipóteses para Correia.

Uma falta (empurrão) de Filipe Almeida sobre Nélson Pereira, na área, passados apenas 13 segundos, originou nova grande oportunidade para a Juv. Viana retomar a liderança do marcador: na cobrança da respetiva grande penalidade, Rémi Herman atirou… por cima da baliza!

Ivo Silva, já no minuto 42, recebeu um passe de Filipe Almeida e, da esquerda, atirou cruzado… e consumou a reviravolta no marcador: 2-1.

Faltavam oito minutos e meio… Com serenidade a gerir a posse da bola, apesar da natural reação do adversário, a equipa leonina mostrou ser capaz de manter a vantagem no marcador. E o irrequieto Xanoca, a dois minutos e 39 segundos do final, na tabela de fundo, forçou a 15.ª falta da Juv. Viana (do capitão Francisco Silva). Mas o que parecia ser o golpe final… teve um desfecho danoso para os leões: Filipe Almeida, já com o jogo parado, levou um toque e, de seguida, terá atingido Pedro Baptista com o setique e viu o cartão azul… e, na cobrança do livre direto, o jovem Lucas Honório não conseguiu fazer o terceiro golo!

Ou seja, o Sp. Tomar/IPT ficou com menos um jogador em pista… e sofreu o segundo golo, por Diogo Casanova (finalização na área, frente a Veludo), já a menos de um minuto do final!

Num jogo em que os principais destaques foram os dois guarda-redes, o empate (2-2) acaba por ser mais penalizador para o Sp. Tomar/IPT. O treinador Nuno Lopes, no final, apontou a falta de controlo emocional da sua equipa… e a postura defensiva do adversário, que não permitiu qualquer contra-ataque!

A equipa tomarense soma agora 36 pontos e já garantiu o sexto lugar: está, portanto, confirmado o apuramento para o play-off de discussão do título nacional.

Na próxima jornada, no dia 27 de março, o Sp. Tomar/IPT vai até Lisboa, para enfrentar o Sporting. Uma viagem que, ao que tudo indica, será feita no novo autocarro do clube tomarense.

Outros resultados desta jornada 24: Riba D’Ave-Sporting, 3-7; Sanjoanense-FC Porto, 2-3; Tigres Almeirim-Ó. Barcelos, 4-5; Oliveirense-H. Braga, 4-3; Benfica-Turquel, 5-2; Famalicense-Valongo, 2-1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Uma visita ao novo centro Escolar da Linhaceira

Ainda cheirava a novo quando, na quinta-feira, 8 de abril, colocamos o pé dentro do Centro Escolar...

Vereadora Filipa Fernandes: “Tanto nos partidos como nas instituições, o importante são as equipas e as pessoas que as constituem”

Cidade Tomar - Em tempos de pandemia, quais têm sido as maiores dificuldades durante este mandato em...

Carta Arqueológica do Concelho é lançada domingo em Tomar

A Carta Arqueológica do Concelho, “As origens de Tomar”, da autoria de Carlos Batata e com edição do Município de Tomar, vai...

CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar apresenta Ciclo de Exposições em Fotografia e Território

O CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar que resulta de uma parceria entre o Instituto Politécnico de Tomar (IPT)...

Alunos do Agrupamento Nuno de Santa Maria agem hoje pelo futuro

“Agir Hoje… É Preparar o Futuro!” é o nome da iniciativa que o Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria vai desenvolver...

RI15 promove Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército

O Regimento de Infantaria 15 promove o Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército na área...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -