fbpx
21.3 C
Tomar

“O nosso objetivo é garantir a estabilidade financeira e estrutural da Associação”

Relacionadas

Vereadora Filipa Fernandes: “Tanto nos partidos como nas instituições, o importante são as equipas e as pessoas que as constituem”

Cidade Tomar - Em tempos de pandemia, quais têm sido as maiores dificuldades durante este mandato em...

Carta Arqueológica do Concelho é lançada domingo em Tomar

A Carta Arqueológica do Concelho, “As origens de Tomar”, da autoria de Carlos Batata e com edição...

CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar apresenta Ciclo de Exposições em Fotografia e Território

O CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar que resulta de uma parceria entre o...

Alunos do Agrupamento Nuno de Santa Maria agem hoje pelo futuro

“Agir Hoje… É Preparar o Futuro!” é o nome da iniciativa que o Agrupamento de Escolas Nuno...

RI15 promove Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército

O Regimento de Infantaria 15 promove o Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.

Artur Silva, 64 anos, arquiteto, natural de Alvaiázere, é o novo presidente da direção da Canto Firme – Associação de Cultura de Tomar desde 16 dezembro de 2020, tendo tomado posse a 9 de janeiro. Nesta primeira entrevista ao Jornal e Rádio “Cidade de Tomar” revela quais são os objetivos para o próximo mandato, com duração de 4 anos, e ainda como é que a associação se reinventou em tempo de pandemia.


Jornal Cidade de Tomar – De que forma é que surge a sua ligação à Canto Firme de Tomar?
Artur Silva – A ligação à Canto Firme de Tomar tem aproximadamente 25 anos. Começou quando iniciei o percurso como coralista e, mais tarde, nos órgãos sociais do coro Alva Canto – Associação de Cultura em Alvaiázere. Nessa altura, o Coro Misto Canto Firme apadrinhou a estreia do Coro Alva Canto. Desde então, quer a nível pessoal, quer institucional, a ligação manteve-se. Desde 2012 vim residir para Tomar tendo entrado como coralista no Coro Misto Canto Firme, onde ainda estou atualmente. A partir de 2014 comecei a fazer parte dos órgãos sociais da Canto Firme, primeiro como secretário e depois como vice-presidente em 2017-2020.

Como é que a música surge na vida de um arquiteto?
Por gosto e por ter abraçado o desafio de ter entrado no coro Alva Canto. A partir daí, gostei, empenhei-me e continuei, nestes 25 anos, sempre a pertencer ao Coro Alva Canto e ao Coro Misto da Canto Firme. Pertenço ao “naipe” dos baixos e durante estes anos também tenho ajudado na Comissão do Coro.

– Leia a entrevista completa na próxima edição semanal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Vereadora Filipa Fernandes: “Tanto nos partidos como nas instituições, o importante são as equipas e as pessoas que as constituem”

Cidade Tomar - Em tempos de pandemia, quais têm sido as maiores dificuldades durante este mandato em...

Carta Arqueológica do Concelho é lançada domingo em Tomar

A Carta Arqueológica do Concelho, “As origens de Tomar”, da autoria de Carlos Batata e com edição...

CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar apresenta Ciclo de Exposições em Fotografia e Território

O CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar que resulta de uma parceria entre o Instituto Politécnico de Tomar (IPT)...

Alunos do Agrupamento Nuno de Santa Maria agem hoje pelo futuro

“Agir Hoje… É Preparar o Futuro!” é o nome da iniciativa que o Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria vai desenvolver...

RI15 promove Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército

O Regimento de Infantaria 15 promove o Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército na área...

Francisco Sousa em 11.º lugar na primeira prova da Taça de Portugal de Downhill 2021

Francisco Sousa (Team Ribeirense DH) classificou-se em 11.º lugar na primeira prova pontuável para a Taça de Portugal de Downhill 2021 -...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -