fbpx
16.1 C
Tomar

Empresa que venceu concurso da Estalagem de Santa Iria foi adquirida por novos proprietários

Relacionadas

Cinquenta anos do Liceu de Tomar serão comemorados até outubro de 2022

Fundado em outubro de 1971, o Liceu de Tomar, hoje, Escola Secundária Santa Maria do Olival, comemora...

Perturbações ao nível da pressão da água

Na sequência da “Empreitada de Abastecimento à Mendacha a partir da EPAL (Choromela)” das Águas do Vale...

PS faz acordo com CDS para gerir Junta Urbana

Sem maioria na Assembleia de Freguesia Urbana de Tomar, o PS fez um acordo com o CDS-PP,...

Santa Casa reconduz empresa Aplaudir na gestão da praça de Tomar

A Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia de Tomar, na sua última reunião, aprovou a renovação do...
Ana Isabel Felício
Ana Isabel Felício
Comecei a trabalhar no Jornal Cidade de Tomar em 1999. Já lá vão uns anitos. Depois de sair da Universidade e de todas as dúvidas e dificuldades que surgem, foi-se construindo um caminho de experiência, com muitas situações, muitas pessoas, muitas aventuras e, claro, muito trabalho. Ao fim de todos estes anos, apesar de todos os percalços que a vida nos vai dando, cá estou, todos os dias a fazer o meu trabalho o melhor que sei, aprendendo com os que me rodeiam e também ensinando alguma coisa.

Segundo o vice presidente da Câmara de Tomar, Hugo Cristóvão, informou, na reunião do executivo, esta segunda feira, a empresa que venceu o concurso da Estalagem de Santa Iria foi adquirida por novos proprietários. A câmara já reuniu com os novos proprietários, mas aguarda ainda pela informação formal e legal.

Segundo Hugo Cristóvão, o mesmo ficou agradado com o que os novos proprietários se propõe fazer na Estalagem. São, de acordo com o mesmo, pessoas com experiência, com provas dadas e com ligação a Tomar, sendo um dos sócios tomarense.

Da reunião com os novos proprietários ficou a ideia de que os mesmos estão com vontade em avançar. Quanto aos anteriores proprietários, considerou Hugo Cristóvão que a fase inicial do processo e as exigências por parte da APA foram complicadas, acrescendo este ano difícil que todos vivemos, talvez, por isso, tenha esmorecido a vontade dos anteriores proprietários em avançarem.

Sobre este assunto, a vereadora Célia Bonet (PSD) recordou a intervenção dos vereadores do PSD numa reunião de câmara, em junho de 2018, onde este desfecho foi avançado pelos mesmos. Referiu a mesma, que nessa intervenção, avisaram que a empresa estava a concorrer para a vender e ninguém quis saber, “infelizmente foi o que aconteceu”, lamentou.

Disse ainda a vereadora que se continua sem saber o que se está a passar em concreto, mas “o que queremos é que o processo avance para que a Estalagem não se degrade mais”, frisou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Cinquenta anos do Liceu de Tomar serão comemorados até outubro de 2022

Fundado em outubro de 1971, o Liceu de Tomar, hoje, Escola Secundária Santa Maria do Olival, comemora...

Perturbações ao nível da pressão da água

Na sequência da “Empreitada de Abastecimento à Mendacha a partir da EPAL (Choromela)” das Águas do Vale do Tejo (ADVT), podem registar-se...

PS faz acordo com CDS para gerir Junta Urbana

Sem maioria na Assembleia de Freguesia Urbana de Tomar, o PS fez um acordo com o CDS-PP, o que garante a João...

Santa Casa reconduz empresa Aplaudir na gestão da praça de Tomar

A Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia de Tomar, na sua última reunião, aprovou a renovação do atual contrato em vigor (desde 2019)...

João Victal passa a Vice Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Tomar

Na sua última reunião da Mesa Administrativa da Misericórdia de Tomar, por falecimento do Irmão Vice Provedor Fernando Alberto Assunção Caetano, nos...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -