fbpx
17.7 C
Tomar

Câmara de Tomar aprova taxa de IMI em 0,35%

Relacionadas

Centro de Vacinação vai ser desativado e vacinação passa para o 1.º andar do pavilhão municipal

O Centro de Vacinação contra a Covid-19, instalado no Pavilhão Jácome Ratton, em Tomar, está a ser...

Livro de Nuno Garcia Lopes sobre lidar com a perda já está disponível em 2.ª edição

Já está disponível a segunda edição do livro “Os balões que me ensinaram a voar”, com textos...

Autárquicas 2021: Anabela Freitas reeleita presidente da câmara

Autárquicas 2021: Anabela Freitas reeleita presidente da câmara Anabela Freitas foi reeleita presidente da...

Autárquicas 2021: acompanhe a emissão especial da Rádio Cidade de Tomar

O Jornal e Rádio "Cidade de Tomar" vai ter uma equipa de correspondentes na rua, na noite...

Leões de Tomar alcançaram, na Embra, a primeira vitória no campeonato

Primeira vitória em jogos oficiais, esta época! Depois de três derrotas na Elite Cup e de um...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.

Foi aprovada na reunião de Câmara de Tomar, a 26 de outubro, por maioria a proposta de fixação da taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis do ano 2020, a aplicar em 2021. Nesse sentido, a câmara deliberou remeter à Assembleia Municipal, a proposta de manter a taxa que se tem vindo a aplicar nos últimos anos, de 0,35% com a minoração para famílias com dependentes. O vereador Luís Ramos, do PSD, recordou uma proposta, aprovada a 11 de maio, no sentido de vir a reduzir o IMI para empresas e agregados familiares que tenham sofrido redução de rendimento em consequência da pandemia, mas que apesar de aprovada não foi implementada e que, por esse motivo, os vereadores do PSD votaram contra. A presidente da autarquia explicou que esta proposta “não foi implementada por não existirem condições financeiras”.

Proposta mantém valores da Derrama
Na mesma reunião, o executivo aprovou, por maioria, o lançamento de derrama em 2020, a cobrar em 2021, nos seguintes termos: 1. Manutenção da taxa normal de 1,5% para empresas com volume de faturação superior a 150 mil euros; 2. Taxa reduzida de derrama de 0,75% do lucro tributável, aplicável a empresas com volume de negócios inferior a 150 mil euros; 3. Isenção de derrama para a atividade económica de 2020, para as novas empresas com sede em Tomar 4. Que 50% da receita obtida seja canalizada e investida em medidas de captação de novas empresas e melhoramento das condições das existentes, devendo ser vertidas nas GOP de anos futuros. Tal como no IMI, e pelas mesmas razões, o PSD votou contra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Centro de Vacinação vai ser desativado e vacinação passa para o 1.º andar do pavilhão municipal

O Centro de Vacinação contra a Covid-19, instalado no Pavilhão Jácome Ratton, em Tomar, está a ser...

Livro de Nuno Garcia Lopes sobre lidar com a perda já está disponível em 2.ª edição

Já está disponível a segunda edição do livro “Os balões que me ensinaram a voar”, com textos...

Autárquicas 2021: Anabela Freitas reeleita presidente da câmara

Autárquicas 2021: Anabela Freitas reeleita presidente da câmara Anabela Freitas foi reeleita presidente da Câmara de Tomar e Hugo...

Autárquicas 2021: acompanhe a emissão especial da Rádio Cidade de Tomar

O Jornal e Rádio "Cidade de Tomar" vai ter uma equipa de correspondentes na rua, na noite deste domingo, 26 de setembro,...

Leões de Tomar alcançaram, na Embra, a primeira vitória no campeonato

Primeira vitória em jogos oficiais, esta época! Depois de três derrotas na Elite Cup e de um empate caseiro (3-3), diante do...

U. Tomar manteve registo vitorioso com triunfo suado em Glória do Ribatejo

Sofrida… mas inteiramente merecida! Mais uma vitória tangencial (1-2), desta vez na visita a Glória do Ribatejo, permitiu ao U. Tomar manter...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -