fbpx
21.1 C
Tomar

Deputado Hugo Costa na audição da Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas

Relacionadas

Covid-19: Alcanena e Entroncamento com novos casos

Os últimos dias não têm sido animadores com novos casos de Covid-19 todos os dias no Médio...

Vila Nova da Barquinha assinala Dia da Criança com aquisição de livros e serviço de empréstimo domiciliário take away

O próximo dia 1 de junho, Dia Mundial da Criança, vai marcar o arranque do serviço extraordinário...

Reabilitação do coreto da Várzea Pequena

Seguindo o conjunto de trabalhos de manutenção que tem ocorrido pelo centro histórico, particularmente de pintura de...

Entregues 250 máscaras e 125 viseiras aos Agrupamentos Escolares

Foram entregues, na quinta feira, dia 28, 250 máscaras comunitárias e 125 viseiras aos Agrupamentos de Escolas...

Dia Mundial da Criança celebrado virtualmente em Constância

Em tempo de Pandemia o Museu dos Rios e das Artes Marítimas, em Constância, continua a adaptar...

Hugo Costa, Deputado de Santarém, realizou a 13 de maio uma intervenção (via skipe) na audição da Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas (CPPME). Nesta intervenção, realizada no âmbito da Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação – Comissão de Orçamento e Finanças, Hugo Costa começou por dizer que “é justo reconhecer o esforço que os empresários portugueses fizessem para que a economia não parasse” salientando a importância que as micro e pequenas e médias empresas têm para a economia portuguesa porque são a esmagadora maioria das empresas portuguesas.


Em relação aos apoios, e reconhecendo que os recursos são escassos, referiu que os mesmos representam mais de 2 mil milhões de euros por mês. Quanto aos apoios aos sócios gerentes, os mesmos também foram alargados uma vez que estes foram equiparados a trabalhadores independentes. Quanto à matéria dos financiamentos, referiu que, segundo os dados da Sociedade de Garantia Mútua, mais de 5 mil milhões de euros dos 6 milhões disponíveis já foram aprovados, sendo  importante aferir onde está a dificuldade no acesso aos financiamentos. 


Questionou se a Confederação considera se o sistema é burocrático no pedido destes apoios ou se os bancos estão a dificultar, de alguma forma, o acesso aos mesmos, nomeadamente pedindo garantias pessoais. Em relação aos fundos comunitários, questionou se têm conhecimento que os mesmos estão ou não a ser acelerados – como deliberado pelo Governo –  e que opinião têm da medida de apoios até 5 mil euros a fundo perdido, anunciada na passada semana pelo Ministro do Planeamento, Nelson de Souza. 


“Sabemos que são necessários, além dos empréstimos, fundos a fundo perdido porque não se quer, e bem, colocar endividamento em cima de endividamento, acrescentando que o Grupo Parlamentar do PS vai continuar disponível para continuar a debater estas medidas. “É necessário que a economia não pare e as empresas são a base para garantir postos de trabalho e para garantir o desenvolvimento económico necessário”, disse. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Covid-19: Alcanena e Entroncamento com novos casos

Os últimos dias não têm sido animadores com novos casos de Covid-19 todos os dias no Médio...

Vila Nova da Barquinha assinala Dia da Criança com aquisição de livros e serviço de empréstimo domiciliário take away

O próximo dia 1 de junho, Dia Mundial da Criança, vai marcar o arranque do serviço extraordinário...

Reabilitação do coreto da Várzea Pequena

Seguindo o conjunto de trabalhos de manutenção que tem ocorrido pelo centro histórico, particularmente de pintura de candeeiros, gradeamentos e outras estruturas,...

Entregues 250 máscaras e 125 viseiras aos Agrupamentos Escolares

Foram entregues, na quinta feira, dia 28, 250 máscaras comunitárias e 125 viseiras aos Agrupamentos de Escolas Templários e Nuno de Santa...

Dia Mundial da Criança celebrado virtualmente em Constância

Em tempo de Pandemia o Museu dos Rios e das Artes Marítimas, em Constância, continua a adaptar as suas atividades a esta...

Covid-19: Médio Tejo com novo caso de infeção em Sardoal e menos um em Abrantes

O Médio Tejo tem, esta quinta feira, dia 28 de maio, mais uma infeção de Covid-19. Trata-se de uma pessoa que tem...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -