fbpx
16.3 C
Tomar

IPT cria e oferece viseiras de proteção a profissionais de saúde e instituições

Relacionadas

Concurso “Dá-me uma tampa!” recolhe 1067 garrafões de tampinhas

A turma A do 11.º ano da ESSMO dinamizou um projeto ao longo do ano letivo que...

13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo

A 13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo, dia 26 de junho, numa organização...

Marco Marques continua no comando da equipa principal do U. Tomar

Marco Marques vai manter-se como treinador principal da equipa sénior de futebol do U. Tomar!

José Pedro e João Tarana: “Nós queremos é que os sócios, simpatizantes, conhecidos e desconhecidos venham à Gualdim Pais”

No próximo dia 9 de julho, sábado, pelas 22h00, na Praça de Touros, vai ter lugar um...

Município de Tomar recebe distinção “Turismo Militar Português 2021”

O Município de Tomar, a par de outros municípios nacionais, foi distinguido no passado dia 18 de...
Elsa Ribeiro Gonçalves
Nasceu em Tomar em 1976. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social do IP Lisboa. É jornalista desde 2005, sempre na imprensa regional. Mãe de uma menina, a escrita e as viagens são as suas outras grandes paixões.

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através do seu laboratório VITA.ipt, está a produzir viseiras de proteção, através de impressão 3D, para serem oferecidas aos hospitais da nossa região e outros que delas precisem. O Jornal “Cidade de Tomar” falou com o Eng. Pedro Neves (LEE-Lab.ipt), para ficar a conhecer mais sobre este projeto solidário em tempos de pandemia.

Elsa Ribeiro Gonçalves

1 – Em que consiste o projeto APT3D e como surge o IPT ligado ao mesmo?
Pedro Neves – Quando começaram a surgir os primeiros casos de Covid-19 e foi noticiada a falta de equipamento de proteção individual (EPI) para os profissionais de saúde, incluindo viseiras de proteção, iniciei a pesquisa de uma forma de as produzir usando as impressoras 3D que o Instituto Politécnico
de Tomar (IPT) possui nos seus laboratórios, nomeadamente no laboratório VITA.IPT. Nessas pesquisas surgiu com algum destaque o projeto APT3D, que consistia numa rede nacional de voluntários das mais diversas áreas do conhecimento, que se juntaram com o objetivo de partilhar com os seus conhecimentos relacionados com a impressão 3D de viseiras.
Decidi então juntar-me a esta rede de voluntários, tendo a ideia sido imediatamente bem acolhida e apoiada pela Presidência do Instituto Politécnico de Tomar. Deste modo, o IPT conseguiu uma forma de integrar a sua produção de viseiras numa estrutura de nível nacional ajudando a dar resposta aos muitos dos pedidos que iam surgindo de todo o país à APT3D. De momento a APT3D, que surgiu de um movimento de voluntários, já se encontra instituída como associação sem fins lucrativos para futuramente continuar a abraçar novas causas em que a impressão 3D possa ser um aliado.

2 – Quais os objetivos gerais do projeto e o que os motivou a aderir ao mesmo como voluntários?
A iniciativa APT3D surgiu no âmbito da iniciativa global “ProjectOpenAir”, de desenvolvimento de equipamentos de auxílio às equipas médicas da linha da frente no combate ao Covid-19, após se constatar a enorme falta de EPI’s. Para além das viseiras a rede da APT3D está de momento também a produzir pentes de suporte de máscaras, estando já à procura de outros equipamentos que sejam necessários e em que exista falta no mercado e possam ser impressos em 3D.

  • Leia a entrevista completa na edição que vai amanhã para as bancas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Concurso “Dá-me uma tampa!” recolhe 1067 garrafões de tampinhas

A turma A do 11.º ano da ESSMO dinamizou um projeto ao longo do ano letivo que...

13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo

A 13.ª Descida do Nabão em Jangadas Improvisadas é este domingo, dia 26 de junho, numa organização...

Marco Marques continua no comando da equipa principal do U. Tomar

Marco Marques vai manter-se como treinador principal da equipa sénior de futebol do U. Tomar! Confirmada a continuidade do...

José Pedro e João Tarana: “Nós queremos é que os sócios, simpatizantes, conhecidos e desconhecidos venham à Gualdim Pais”

No próximo dia 9 de julho, sábado, pelas 22h00, na Praça de Touros, vai ter lugar um espetáculo de Herman José com...

Município de Tomar recebe distinção “Turismo Militar Português 2021”

O Município de Tomar, a par de outros municípios nacionais, foi distinguido no passado dia 18 de junho, em Porto de Mós,...

CaminHaTA para os tomarenses

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de mil milhões de pessoas sofrem de Hipertensão Arterial (HTA), que é um dos...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -