fbpx
21.3 C
Tomar

Contribuintes podem entregar IRS de 1 de abril até 30 de junho

Relacionadas

Vereadora Filipa Fernandes: “Tanto nos partidos como nas instituições, o importante são as equipas e as pessoas que as constituem”

Cidade Tomar - Em tempos de pandemia, quais têm sido as maiores dificuldades durante este mandato em...

Carta Arqueológica do Concelho é lançada domingo em Tomar

A Carta Arqueológica do Concelho, “As origens de Tomar”, da autoria de Carlos Batata e com edição...

CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar apresenta Ciclo de Exposições em Fotografia e Território

O CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar que resulta de uma parceria entre o...

Alunos do Agrupamento Nuno de Santa Maria agem hoje pelo futuro

“Agir Hoje… É Preparar o Futuro!” é o nome da iniciativa que o Agrupamento de Escolas Nuno...

RI15 promove Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército

O Regimento de Infantaria 15 promove o Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de...

Os contribuintes têm a partir de 1 de abril e até 30 de junho para entregar a declaração de IRS relativa aos rendimentos de 2019, sendo que cerca de três milhões podem usufruir do IRS automático.

Tal como acontece desde 2018, a entrega da declaração anual do IRS apenas pode ser feita por via eletrónica, e os três meses disponíveis para o fazer aplicam-se a todas as tipologias de rendimentos.

O IRS automático é, desde 2017, uma realidade para muitos contribuintes e o universo dos que são abrangidos por este automatismo tem vindo a aumentar, em consequência do alargamento dos perfis de rendimentos, benefícios fiscais e tipologia dos agregados que dele podem beneficiar.

Este ano, porém, os requisitos para se poder beneficiar do IRS automático mantiveram-se iguais aos que vigoraram no ano passado, pelo que o universo potencial de beneficiários ascende a três milhões.

Numa altura em que a necessidade de travar a evolução do surto de covid-19 desaconselha saídas não essenciais, o IRS automático poderá ser a solução mais imediata para alguns contribuintes mais idosos que apenas têm rendimentos de pensões e que não têm meios para aceder à internet, na medida em que a declaração automática que começa por ser provisória, converte-se em definitiva no final do prazo (30 de junho) e é considerada como entregue mesmo que o contribuinte nada faça.

Caso, mais tarde, se detete que a declaração automática continha dados que não estão corretos, é possível apresentar “uma declaração de substituição nos 30 dias seguintes à liquidação, sem qualquer penalidade”, tal como refere a informação disponível no Portal das Finanças.

Independentemente de se estar abrangido pelo IRS automático ou de se ter de entregar a declaração nos moldes habituais (submissão da Modelo 3 pela Internet) é necessário que os contribuintes casados e unidos de facto informem a Autoridade Tributária e Aduaneira se querem ser tributados em separado ou se optam pela tributação em conjunto, já que esta segunda opção é válida apenas para o ano em questão.

Os contribuintes com rendimentos de rendas (e que estão excluídos do IRS automático) vão este ano deparar-se com algumas alterações no Anexo F, já que este passou a contemplar um espaço onde podem identificar os contratos com direito a redução da taxa autónoma de 28% do IRS, por contemplarem prazos de pelo menos dois anos.

Os senhorios passam também a ter um campo para mencionar a data do início e do fim de cada contrato de arrendamento bem como a data do início e do fim de cada renovação.

No ano passado o prazo médio dos reembolsos, contado entre a data da entrega da declaração anual e a data em que o valor entrou na conta do contribuinte, foi de 16 dias – menos um que no ano anterior.

Aquele prazo médio compreende os 11 dias registados no IRS automático e os 18 dias das declarações normais. Para este ano não existe ainda indicação sobre o prazo médio dos reembolsos ainda que o facto de mais de metade dos funcionários da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) se encontrar em regime de teletrabalho possa vir a ter alguma influência.

No ano passado, foram entregues mais 224 mil declarações até às 17:00 horas do primeiro dia da entrega.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

Vereadora Filipa Fernandes: “Tanto nos partidos como nas instituições, o importante são as equipas e as pessoas que as constituem”

Cidade Tomar - Em tempos de pandemia, quais têm sido as maiores dificuldades durante este mandato em...

Carta Arqueológica do Concelho é lançada domingo em Tomar

A Carta Arqueológica do Concelho, “As origens de Tomar”, da autoria de Carlos Batata e com edição...

CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar apresenta Ciclo de Exposições em Fotografia e Território

O CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar que resulta de uma parceria entre o Instituto Politécnico de Tomar (IPT)...

Alunos do Agrupamento Nuno de Santa Maria agem hoje pelo futuro

“Agir Hoje… É Preparar o Futuro!” é o nome da iniciativa que o Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria vai desenvolver...

RI15 promove Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército

O Regimento de Infantaria 15 promove o Exercício Final do 9.º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército na área...

Francisco Sousa em 11.º lugar na primeira prova da Taça de Portugal de Downhill 2021

Francisco Sousa (Team Ribeirense DH) classificou-se em 11.º lugar na primeira prova pontuável para a Taça de Portugal de Downhill 2021 -...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -