fbpx
24.8 C
Tomar

Vila de Rei recebe ‘luz verde’ do Infarmed para cultivo de canábis

Relacionadas

Artistas ligados à tauromaquia querem regresso dos espetáculos

Os artistas ligados à tauromaquia concentraram-se, no início desta semana, junto ao Campo Pequeno, protestando o facto...

Abrantes, Alcanena, Entroncamento, Ourém e Torres Novas com novos casos de Covid-19

Depois de um dia sem novos casos, hoje, quarta feira, dia 3 de junho, há cinco novas...

Constância: aula de ioga com o ciclo de vida da borboleta assinala 7.º aniversário do Borboletário Tropical

Na próxima sexta feira, 5 de junho, o Borboletário Tropical, localizado no Parque Ambiental de Santa Margarida,...

Ministério da Agricultura avalia prejuízos de queda de granizo a 31 de maio

O Ministério da Agricultura está a avaliar no terreno os efeitos provocados pelo...

Posto de Turismo de Tomar certificado com selo “Clean & Safe”

O Posto de Turismo de Turismo de Tomar encontra-se aberto ao público diariamente, com a missão de,...

Vila de Rei  recebe ‘luz verde’ do Infarmed para cultivo de canábis

A farmacêutica internacional Cann10, que pretende instalar em Vila de Rei uma fábrica de produtos medicinais à base de canábis, recebeu um primeiro parecer favorável do Infarmed para cultivo, importação e exportação de canábis, anunciou presidente do município, Ricardo Aires.

O Infarmed “deu parecer positivo ao pedido para cultivo, importação e exportação de Cannabis Sativa L por parte da farmacêutica Cann10-Portugal, que pode assim avançar para a implementação de uma unidade fabril em Vila de Rei”, com vista à transformação e produção de produtos farmacêuticos, informou o município do distrito de Castelo Branco.

Segundo um comunicado da autarquia, o Infarmed vai dentro de seis meses realizar “vistorias às novas instalações da farmacêutica, a instalar no Lote 1 da Zona Industrial do Souto, de forma a garantir o cumprimento das Boas Práticas Agrícolas e de Colheita (GACP) e demais requisitos decorrentes da atividade, para a concessão da autorização para cultivo, importação e exportação da espécie vegetal Cannabis Sativa L”.

No âmbito deste processo, e ainda em análise pelo Infarmed, encontra-se o pedido para a transformação de canábis em produtos farmacêuticos, a implementar igualmente na unidade de Vila de Rei.

“Com este último parecer a ser também aceite, a Cann10-Portugal vai efetuar em Vila de Rei um investimento total na ordem dos 10 milhões de euros, com previsão de contratação de 100 trabalhadores, sendo a maioria qualificados com título académico superior, no prazo máximo de quatro anos”, informa a nota da autarquia.

O presidente do município, Ricardo Aires, citado no documento, disse que “este primeiro parecer positivo do Infarmed é um passo importantíssimo naquele que será um investimento com enorme peso no desenvolvimento económico, atração de mão-de-obra qualificada e fixação de população no interior” do país.

Em declarações à Lusa no final de 2018, Yair Sayag, presidente da Cann10-Portugal, disse que o investimento a efetuar em Vila de Rei iria permitir “executar os serviços de produção, importação, exportação e transformação de ‘medical cannabis sativa’ com vista ao fabrico de produtos fitofarmacêuticos” a partir da zona centro do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Artistas ligados à tauromaquia querem regresso dos espetáculos

Os artistas ligados à tauromaquia concentraram-se, no início desta semana, junto ao Campo Pequeno, protestando o facto...

Abrantes, Alcanena, Entroncamento, Ourém e Torres Novas com novos casos de Covid-19

Depois de um dia sem novos casos, hoje, quarta feira, dia 3 de junho, há cinco novas...

Constância: aula de ioga com o ciclo de vida da borboleta assinala 7.º aniversário do Borboletário Tropical

Na próxima sexta feira, 5 de junho, o Borboletário Tropical, localizado no Parque Ambiental de Santa Margarida, no concelho de Constância, comemora...

Ministério da Agricultura avalia prejuízos de queda de granizo a 31 de maio

O Ministério da Agricultura está a avaliar no terreno os efeitos provocados pelo temporal de domingo, dia 31...

Posto de Turismo de Tomar certificado com selo “Clean & Safe”

O Posto de Turismo de Turismo de Tomar encontra-se aberto ao público diariamente, com a missão de, nesta fase de adaptação às...

Covid-19: Médio Tejo sem novas infeções

Hoje, terça feira, não se registaram novas infeções de Covid-19 no Médio Tejo. Mantém-se, portanto, o total de 216 casos, sendo 102...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -