18.6 C
Tomar

Provedor da Misericórdia desmente boato sobre Covid-19 no Intermarché de Tomar

Relacionadas

PCP manifesta “preocupação” e “repúdio” quanto ao encerramento nocturno das Urgências em Tomar e Torres Novas

A Direcção da Organização Regional de Santarém (DORSA) do PCP emitiu um comunicado onde manifesta a sua...

Tomar: Homens detidos por furto aguardam julgamento em liberdade

Apresentados a Tribunal na tarde de ontem, quinta-feira, 2 de abril, os dois...

Renovação do Estado de Emergência – O que muda

PERÍODO DA PÁSCOA 1. LIMITAÇÃO À CIRCULAÇÃO DE PESSOAS 1.1. Limitação

Autarcas do Médio Tejo desaconselham o recurso aos testes rápidos da Covid-19

Os autarcas do Médio Tejo, reunidos, ontem, por videoconferência, mostram a sua preocupação quanto aos Testes Rápidos,...

Tomar com dez casos de Covid-19

Em Tomar, ontem, dia 2 de abril, confirmou-se mais um caso de Covid-19, são agora dez os...

O Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Tomar (SCMT), António Alexandre, contactou o Jornal e Rádio “Cidade de Tomar” na tarde desta quarta-feira, 18 de março, no sentido de travar um possível boato que venha a atingir o Intermarché de Tomar e que terá tido início numa reunião de trabalho entre si e um conjunto de funcionárias da SCMT que prestam apoio domiciliário. António Alexandre procurou sensibilizar as funcionárias para maior cuidado nas normas de protecção dos próprios, face à pandemia, e uma redobrada atenção aos utentes que visitam diariamente.

António Alexandre alertou as funcionárias para o facto de existir um caso de infecção declarada em Tomar e que a situação que actualmente atravessamos pode evoluir para mais casos, sendo que no âmbito desta sensibilização alertou-as para os casos suspeitos de que todos falam, tendo inadvertidamente afirmado que lhe tinha chegado a suspeita de dois ou três casos, um deles envolvendo uma funcionária do Intermarché de Tomar, o que não corresponde à verdade.

“Eu hoje de manhã ouvi, de uma pessoa ou duas, várias pessoas que estariam sobre suspeita. E, na preocupação que tenho tido na preparação do ambiente que agora vivemos, quis falar com as funcionárias do apoio domiciliário dizendo-lhes que já há notícia de um caso em Tomar e que esta manhã tinha sido abordado no sentido de existirem vários casos sobre suspeita. É verdade que dos casos que citei um deles referia-se a uma funcionária do Intermarché mas este tipo de notícias deve ser confirmado. Terminada a reunião, recebi um telefonema de alguém indignado com o boato que inadvertidamente dava conta de um caso no Intermarché, o que não é de todo verdade”, esclareceu.

“Percebi depois que foi uma das funcionárias da Santa Casa da Misericórdia, presente na reunião que telefonou para alguém do Intermarché referindo que eu, Provedor da Santa Casa, disse na reunião que uma funcionária daquela superfície comercial estava sob suspeita de ter contraído o vírus”, disse, lamentando que “é assim que se colocam em circulação boatos que podem atingir terceiros. “O COVID-19 é perigoso mas há outros vírus igualmente perigosos de má informação ou informação errada”, atestou.

1 COMENTÁRIO

  1. Infelizmente Tomar, como praticamente todo o país, tem gente que não guarda para si a reserva do ouvir e calar. Pessoa de boa formação intelectual e moral não espalha conversas privadas sem ter a absoluta confirmação do que lhe foi transmitido, que, sempre com reserva da comprovacao, lhe foi confidenciado. Felizmente um inquérito e processo disciplinar pode resolver essa falta grave .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

PCP manifesta “preocupação” e “repúdio” quanto ao encerramento nocturno das Urgências em Tomar e Torres Novas

A Direcção da Organização Regional de Santarém (DORSA) do PCP emitiu um comunicado onde manifesta a sua...

Tomar: Homens detidos por furto aguardam julgamento em liberdade

Apresentados a Tribunal na tarde de ontem, quinta-feira, 2 de abril, os dois...

Renovação do Estado de Emergência – O que muda

PERÍODO DA PÁSCOA 1. LIMITAÇÃO À CIRCULAÇÃO DE PESSOAS 1.1. Limitação Os cidadãos...

Autarcas do Médio Tejo desaconselham o recurso aos testes rápidos da Covid-19

Os autarcas do Médio Tejo, reunidos, ontem, por videoconferência, mostram a sua preocupação quanto aos Testes Rápidos, no âmbito da pandemia Covid-19,...

Tomar com dez casos de Covid-19

Em Tomar, ontem, dia 2 de abril, confirmou-se mais um caso de Covid-19, são agora dez os casos no nosso concelho.

Urgência dos hospitais de Tomar e Torres Novas encerram já a partir de domingo no período noturno

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) anunciou esse encerramento das urgências básicas de Tomar e Torres Novas com o título: "Novo...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -