fbpx
23.7 C
Tomar

Novo leilão da fábrica de papel do Prado marcado para 12 de março

Relacionadas

PSD quer que se retire outdoor que anuncia o Tomar Check-in que terminou em setembro

O vereador Luís Francisco (PSD) questionou, na reunião do executivo, na segunda feira, acerca da permanência de...

Vereadora Filipa Fernandes ameaçada por alguns vendedores da feira semanal

A câmara está a proceder a uma reestruturação na feira semanal, pelo que a partir de sexta...

Já começaram as obras de requalificação da envolvente da biblioteca municipal

Teve início, no passado dia 12 de maio, a empreitada de requalificação dos espaços exteriores da Biblioteca...

Aguarelas de Joana Aaltonen revelam história de Tomar

“Ilustrações”, de Joana Trincão Aaltonen, foi inaugurada, no passado dia 13 de maio, na Galeria Maria de...

Novo parque de merendas em Ferreira Zêzere ao serviço dos residentes e turistas

No passado domingo, dia 15 de maio, o Município de Ferreira do Zêzere procedeu à inauguração da requalificação do...

Já há data para o novo leilão da Fábrica do Prado: dia 12 de março depois de o anterior – tal como noticiámos – ter sido suspenso devido a uma guerra entre leiloeiras. Vai ser a leiloeira LeiloSeabra a avançar novamente com o leilão, mantendo o valor base de 2
milhões e 750 mil euros, um valor mais baixo do que na primeira tentativa de venda, através da leiloeira Domus Legis, que era de 3 milhões e 60 mil euros. Até agora a proposta mais alta é
de 1 milhão e 770 mil euros.

O leilão, que abrange os bens imóveis e móveis distribuídos por 194 lotes, realiza-se pelas 15 horas na própria fábrica, situada a cerca de seis quilómetros de Tomar.

Os bens imóveis são compostos por uma parte urbana – edifícios destinados a fabricação, oficinas, armazéns, arrecadações, escritórios, refeitório, posto médico, capela, com área

coberta de 25.465,00 m2, e logradouro com área de 31.215 m2 – e a parte rústica composta por terra de pastagem, oliveiras, cultura arvense de regadio de terreno estéril, mato, mata,
pinhal, eucaliptal, cultura arvense, construções rurais, leito de curso de água, com área de 54.910 m2.


A fábrica de papel do Prado parou de laborar no dia 30 de junho de 2017, depois de mais de 200 anos de funcionamento. Deixou no desemprego mais de 70 trabalhadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Últimas

PSD quer que se retire outdoor que anuncia o Tomar Check-in que terminou em setembro

O vereador Luís Francisco (PSD) questionou, na reunião do executivo, na segunda feira, acerca da permanência de...

Vereadora Filipa Fernandes ameaçada por alguns vendedores da feira semanal

A câmara está a proceder a uma reestruturação na feira semanal, pelo que a partir de sexta...

Já começaram as obras de requalificação da envolvente da biblioteca municipal

Teve início, no passado dia 12 de maio, a empreitada de requalificação dos espaços exteriores da Biblioteca Municipal de Tomar. Os trabalhos...

Aguarelas de Joana Aaltonen revelam história de Tomar

“Ilustrações”, de Joana Trincão Aaltonen, foi inaugurada, no passado dia 13 de maio, na Galeria Maria de Lourdes de Mello e Castro,...

Novo parque de merendas em Ferreira Zêzere ao serviço dos residentes e turistas

No passado domingo, dia 15 de maio, o Município de Ferreira do Zêzere procedeu à inauguração da requalificação do Parque de Merendas (junto ao...

Dia Aberto na Escola EBI Santa Iria com muitas atividades para todos

Realizou-se, no passado sábado, dia 14 de maio, um Dia Aberto na Escola EBI Santa Iria, iniciativa aberta a toda a comunidade,...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -